15/08/2019

Armando volta jogando duro…

O ex-senador e ex-ministro Armando Monteiro Neto (PTB) fez, acertadamente, um mergulho providencial e necessário depois que perdeu, pela segunda vez, a eleição para governador. Com história no campo da esquerda, aliado de Lula em eleições marcantes, foi aconselhado, ao longo da campanha, a se aliar a Bolsonaro para tirar proveito do voo de brigadeiro do então candidato favorito e com isso por abaixo a hegemonia do PSB. Corriam pesquisas que se ele se identificasse com Bolsonaro comeria o cartão de Paulo Câmara. Resistiu, no entanto, a todo tipo de pressão, porque não tem viés oportunista nem ia trair à memória do pai, o ex-ministro Armando Filho. Passado a quarentena, Armando volta ao batente. E ontem, ao romper o silêncio no Frente a Frente, sinalizou que fará uma oposição aguerrida e responsável ao governador, a quem carimbou de populista e demagógico por abrir uma frente contra a reforma da Previdência. […]
14/08/2019

PSL dá exemplo de disciplina…

Cada partido tem um regimento interno próprio e por ele segue seus métodos de disciplinamento aplicando punições aos que desobedecem a instruções partidárias. O PSL, presidido em nível nacional pelo deputado pernambucano Luciano Bivar, expulsou, ontem, o deputado Alexandre Frota (SP), por este ter votado contra a reforma da Previdência. O PDT, tão rápido quanto o partido de Bolsonaro, deve dar cartão vermelho à deputada Tábata Amaral (SP), por ter contrariado orientação da liderança na Câmara votando a favor da Previdência. Já o PSB, segundo o presidente nacional Carlos Siqueira, com quem almocei, ontem, em Brasília, ainda não tem sequer a data que irá a julgamento os dez (eram 11, mas um resolveu votar contra no segundo turno e está longe da degola) parlamentares que deram às costas à legenda, que fechou questão contra a Previdência, votando fechados com o Governo. (Magno Martins)
12/08/2019

Marília Arraes pode disputar a prefeitura do Recife em 2020…

Desde a sua fundação em 1980 que o PT disputou absolutamente todas as eleições municipais do Recife. A primeira em 1985 com Bruno Martiniano, Humberto Costa foi o nome em 1988, 1992 e 2012, João Paulo foi em 1996, 2000, 2004 e 2016 e João da Costa em 2008. Se a aliança com o PSB prosperar em 2020 será a primeira vez na história que o PT não terá candidato próprio a prefeito do Recife. Apesar de a possibilidade de aliança entre PSB e PT existir para 2020, há um sentimento crescente no diretório nacional do partido que o processo de 2018 foi muito truculento com Marília Arraes para retirá-la do páreo, e agora não há argumento efetivo para tirá-la novamente de uma disputa majoritária. Num jantar em homenagem ao deputado federal Carlos Veras na capital federal, o sentimento de muitos integrantes da executiva nacional é o de que a […]
07/08/2019

Pauta agora é a reforma tributária …

Com a reforma da Previdência em vias de ser aprovada em segundo turno pela Câmara dos Deputados, que deverá ocorrer até o final da semana, para ser enviada ao Senado Federal, a Casa já se debruça em outro importante projeto para a retomada da economia e o ajuste da União e de seus entes federados, que é a reforma tributária. Diferentemente da reforma da Previdência que recebeu algum tipo de resistência, a reforma tributária tem tudo para passar pelo Congresso Nacional no sentido de redistribuir os recursos obtidos com os tributos e simplificar a cobrança deles. Hoje a carga tributária é significativamente elevada mas o maior problema é a complexidade de tributos e suas competências, além disso há uma concentração de recursos com a União que acabam prejudicando estados e municípios. O modelo de reforma tributária é que terá algum tipo de discussão pela Câmara, mas a necessidade da reforma […]
03/08/2019

STF dá sinal de reação contra autoritarismo presidencial…

Blog do Kennedy O presidente Jair Bolsonaro está desconstruindo o Brasil. As ações objetivam destruir políticas públicas construídas desde a redemocratização em 1985 e, especialmente, pela Constituição de 1988. Bolsonaro foi claro num jantar na nossa embaixada em Washington, em 17 de março, quando disse: “O Brasil não é um terreno aberto onde nós pretendemos construir coisas para o nosso povo. Nós temos é que desconstruir muita coisa. Desfazer muita coisa. Para depois nós começarmos a fazer. Que eu sirva para que, pelo menos, eu possa ser um ponto de inflexão, já estou muito feliz”. Ontem, o presidente da República atacou a Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos, criada por lei em 1995, substituindo 4 de seus 7 membros. Fez isso após mentir a respeito das conclusões da Comissão da Verdade e sobre um desaparecido de 64, Fernando Santa Cruz _pai do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. A estratégia […]
02/08/2019

Movimentos do PSB fortalecem manutenção de aliança em 2020…

Depois de rumores que PSD e MDB poderiam apostar em voos próprios em 2020, o PSB do governador Paulo Câmara e do prefeito Geraldo Julio criou uma força-tarefa no sentido de estreitar a relação com dois dos seus principais aliados. Primeiro, o governador Paulo Câmara, o prefeito Geraldo Julio e uma importante comitiva de secretários fizeram questão de prestigiar o senador Jarbas Vasconcelos em seu apartamento. O encontro serviu para fortalecer a relação que já dura quatro eleições, e manter a união da Frente Popular. Os jarbistas podem não ter ficado 100% satisfeitos, porém, o gesto serviu para quebrar o gelo entre o partido do governador e o do senador. Ontem foi a vez de André de Paula receber um afago pessoal de Geraldo Julio, que fez questão de ir pessoalmente ao PSD para prestigiar o encontro de Gilberto Kassab com os filiados do partido. A visita de Geraldo, apesar […]
30/07/2019

O País cansou de Bolsonaro…

Tem algo patológico que acomete o presidente Bolsonaro. Ontem, mais uma vez, ele perdeu o bom senso. Disse que sabia as razões do sumiço e da morte de Fernando Santa Cruz, pai do presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, no ápice da ditadura, em 1974. Cobrado a dar a dar explicações, afirmou, mais tarde, que Fernando fora vítima dos próprios integrantes do movimento de resistência ao golpe a que pertencia – a AP (Ação Popular). Ora, se ele tem tanta certeza de que não foi o DOI-Codi, caminho investigado pela Comissão de Verdade, e confirmado pela Aeronáutica, que apresente as provas. E pare, como disse Felipe, “de tratar a perda de um pai como se fosse assunto corriqueiro, debochando do assassinato de um jovem que teve sua vida ceifada aos 26 anos. Seu corpo permanece desaparecido até hoje, sem que seus restos mortais tenham sido entregues à família. O […]
29/07/2019

Candidaturas impostas são fadadas ao fracasso …

As eleições de 2020 estão cada vez mais próximas, e atualmente já se começam as especulações sobre quem irá disputar a prefeitura do Recife em 2020. Por se tratar da principal prefeitura de Pernambuco e responsável por projetar politicamente seus ocupantes, Recife é considerada a joia da coroa das eleições municipais e por isso existe uma série de aspirantes ao cargo que se movimentam neste sentido. Nas últimas eleições tivemos alguns episódios que corroboraram a tese de que para ser candidato a prefeito do Recife para apresentar alguma competitividade é preciso ter um projeto consistente, que signifique novidade mas também que tenha apoio político para se apresentar como alternativa viável. Foi o caso de João da Costa em 2008 e de Geraldo Julio em 2012, que mesmo sendo desconhecidos do grande eleitorado ganharam a eleição por terem apoios importantes. E foram exatamente nestas duas eleições que ficou provado que as […]
26/07/2019

Humberto Costa vira o exterminador do futuro das lideranças do PT …

No segundo mandato de senador, Humberto Costa reina absoluto no PT de Pernambuco desde a década de 80 quando chegou no estado. Para isso, ele tentou sem sucesso os cargos de prefeito do Recife, governador de Pernambuco e senador. Mas em alguns momentos ficou latente o seu egocentrismo no PT. Em 2000, por exemplo, ao ser derrotado para o Senado em 1998, abdicou de ser candidato a prefeito porque achava que era impossível derrotar Roberto Magalhães, cedeu espaço para João Paulo, que acabou vitorioso. Nas eleições de 2002 foi candidato a governador, e acabou igualmente derrotado. Em 2006 tentou pela segunda vez o governo, depois de passar pelo ministério da Saúde, e foi novamente derrotado na disputa que elegeu Eduardo Campos. Até que em 2010, pela primeira vez conquistou  uma vitória em disputa majoritária. Naquela ocasião não tinha como ele não ser eleito, ainda assim não foi o mais votado […]