21/01/2020

Encontro de Marília com Lula ressalta divergências

A possibilidade da deputada federal Marília Arraes (PT) se reunir com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para articular a sua candidatura à Prefeitura do Recife repercutiu entre lideranças do partido no Recife. Os correligionários da parlamentar argumentam que os diálogos sobre projetos na Capital deveriam ser feitos nas instâncias locais e não por intervenção nacional. O encontro entre Lula e Marília acontece após a reunião dos principais dirigentes e lideranças da sigla em São Paulo, na última sexta-feira. Marília tenta evitar que o seu nome seja mais uma vez rifado pelo partido, como aconteceu na eleição de 2018, quando o PT se aliou ao PSB na composição da Frente Popular. O presidente do PT no Recife, Cirilo Mota diz que a posição do PT municipal deve ser considerada. “É legítimo ela fazer o movimento e tentar conversar com Lula, mas a decisão local do PT Recife vai […]
21/01/2020

Pré-candidatura de Patrícia Domingos ganha força no Recife 

Delegada da extinta Decasp, muito provavelmente Patrícia Domingos jamais tinha pensado em ingressar na política, haja vista que a atuação dela era estritamente técnica. Apesar de ser uma função diferente, uma vez que ela exercia um papel de policial, há uma associação muito grande do seu nome com o trabalho desempenhado pelo juiz Sérgio Moro à frente da 13ª vara federal de Curitiba, responsável pela Lava-Jato. Patrícia atuou diretamente no combate à corrupção em Pernambuco com o desbaratamento de quadrilhas que chegaram a atuar em prefeituras do interior e isso fez com que ela ganhasse notoriedade junto a setores da sociedade, virando uma espécie de símbolo no combate à corrupção em Pernambuco. À medida que foi tomando o conhecimento da população, Patrícia ganhou a simpatia de um eleitorado que está ávido por renovação e virou uma febre nas redes sociais. A delegada é atualmente o nome mais comentado entre eventuais […]
18/01/2020

João Campos é o nome do PSB e tem boas chances de vencer a disputa pela prefeitura do Recife

O dia de ontem foi marcado por uma fake news de que João Campos poderia ser substituído por Tadeu Alencar na disputa pela prefeitura do Recife, alegando que as pesquisas apontavam para uma derrota de João por ser muito novo. Pois bem, se as eleições fossem pautadas por pesquisa a nove meses do pleito não teríamos motivos para realizar eleição. Até agora todas as pesquisas divulgadas apontam João na liderança ou em condição de empate técnico com os que aparecem na primeira colocação. E a eleição, como todos sabem, ainda não está na pauta do povo. João Campos é um jovem deputado federal, que realmente não tem experiência dos políticos tradicionais como alguns querem dizer, assim como João que nunca governou nada, estão no mesmo rol Daniel Coelho e Priscila Krause, que além de não terem experiência no executivo só estão na política porque são herdeiros de famílias tradicionais. Mendonça […]
16/01/2020

A importância da eleição do Recife para a política pernambucana

A prefeitura do Recife tem um grande peso na equação política estadual, além de historicamente ser a única que projetou políticos para alcançar o cargo de governador, vide Jarbas Vasconcelos e Joaquim Francisco,   ela pode fortalecer ou inviabilizar um grupo político.  Na eleição de 2000 por exemplo, a derrota de Roberto Magalhães para João Paulo trincou a União por Pernambuco e tirou de Roberto a condição de ser o sucessor de Jarbas Vasconcelos nas eleições de 2006. Em 2012 ao perder a prefeitura do Recife, o PT nunca mais se encontrou no estado. A eleição de 2020 terá efeito importante para a conjuntura política de 2022. Atual prefeito do Recife, Geraldo Julio tentará fazer o sucessor, se lograr êxito será favoritíssimo a suceder Paulo Câmara, enquanto no cenário de o candidato do PSB ser derrotado, Geraldo chegará menos fortalecido em 2022, correndo o risco de até ter que reavaliar […]
16/01/2020

A quem interessa tirar Marília Arraes da disputa pela prefeitura do Recife?

Apesar de ser novata no Partido dos Trabalhadores, com apenas 3 anos e 10 meses de filiada, a deputada Federal Marília Arraes conquistou neste curto espaço de tempo um protagonismo surpreendente dentro da sigla. Em 2016 se reelegeu como a sexta vereadora mais votada do Recife, inclusive com votação bem superior a outros filiados históricos do PT. Já no ano de 2017 e 2018 percorreu todo o estado e consegui tornar competitiva a sua pré-candidatura à governadora do Estado. Porém, na a véspera da eleição, em agosto de 2018, a Executiva Nacional do Partido, contrariando o desejo majoritário da militância petista no estado e atendendo a um desejo do senador Humberto Costa, decidiu retirar a candidatura dela para se unir ao PSB. Na época, no meio político pernambucano não se falava em outra coisa senão na grande possibilidade de Marília ter ganho a disputa. Preterida de concorrer ao Governo do Estado […]
08/01/2020

Inocêncio Oliveira, um legado de trabalho

José Adalberto Ribeiro, jornalista             Figura lendária da política pernambucana detentor de 10 mandatos parlamentares a partir de 1974 e presença relevante no Congresso Nacional, atualmente cumprindo o “repouso do guerreiro”, o ex-deputado Inocêncio Oliveira mantém-se fiel às origens sertanejas em Serra Talhada e apresenta seu legado de obras ao longo de cinco décadas como inspiração para os conterrâneos e co-estaduanos na construção de um novo tempo. ‘           Centro dinâmico educacional no Semiárido nordestino com 4 faculdades, quarto polo médico do Estado com hospital de referência regional em psiquiatria, matriz de laboratórios de pesquisas e extensão em caprino ovinocultura, a visão moderna da Serra Talhada desde a década de 1970, se descortina como “antes e depois” de Inocêncio Oliveira.             O polo médico de Serra Talhada compreende o Hospital Agamenon Magalhães, Maternida Clotilde Souto Maior, Pronto Socorro São José e Casa de Saúde São Vicente, atual Hospital São Vicente, fundado por […]
04/01/2020

Declaração de Raul Henry sobre disputar prefeitura divide opiniões 

Após muita especulação nos bastidores sobre uma eventual pré-candidatura do deputado federal Raul Henry, o emedebista fez pela primeira vez um aceno positivo e mais incisivo quanto à possibilidade de ser novamente candidato a prefeito do Recife nas eleições deste ano. Apesar da declaração do parlamentar ao programa Cidade em Foco do radialista Alberes Xavier, a eventual pré-candidatura de Henry divide opiniões. Alguns governistas rechaçam a possibilidade, afirmando que a palavra final quanto ao destino do MDB em 2020 cabe ao senador Jarbas Vasconcelos e este já teria sinalizado apoio à postulação de João Campos. Outros, mais ligados ao MDB, contestam a aliança com o PSB afirmando que Jarbas acatará a decisão de Raul Henry, que se for candidato a prefeito do Recife terá seu apoio irrestrito, pois é seu correligionário e configura-se no seu mais proeminente herdeiro político. O fato é que o destino do MDB em outubro poderá […]
01/01/2020

João Carlos Paes Mendonça: É preciso acreditar no nosso futuro

Por João Carlos Paes Mendonça* “Nós somos um só Brasil. Um povo único, uma única Nação e que, embora ainda apreensivo, estou confiante de que, neste novo ano que se inicia, pouco a pouco, todos os brasileiros estarão novamente juntos na construção de uma sociedade mais tolerante e propositiva, em nome de nossa história de convivência fraterna, do nosso próprio futuro e do futuro do nosso país. E por que faço essa reflexão já no início desta mensagem que, a cada primeiro dia do ano, dirijo ao povo pernambucano? Porque temos, hoje, uma Nação dividida, marcada por atos de intolerância, incompreensão, longe dos conceitos de “um país cordial”, como o Brasil foi sociologicamente rotulado por tantos anos. Precisamos de paz. Precisamos de harmonia interna para enfrentar os muitos problemas que ainda reverberam – cujas soluções demandam tempo, planejamento, persistência e coragem para mudar. O presidente da República estreou no Poder […]
23/12/2019

Polarização de PT e PSB em pesquisas acende alerta na oposição

Faltando uma semana para o fim do ano de 2019 e início de 2020, há um forte indicativo de que as pré-candidaturas de João Campos e Marília Arraes deverão polarizar a disputa pela prefeitura do Recife. Em levantamentos internos e externos fica latente a dificuldade dos candidatos oposicionistas em quebrar o favoritismo dos herdeiros políticos do ex-governador Miguel Arraes. A eleição de 2016 serve como base para 2020, quando Geraldo Julio e João Paulo tiveram juntos 73,10% dos votos válidos no primeiro turno e ainda assim havia uma elevadíssima rejeição ao PT naquela ocasião, fato que mostra a falta de competitividade dos nomes oposicionistas à época, Daniel Coelho e Priscila Krause. Pelo que está se desenhando para a oposição, além de seus nomes tradicionais não apresentarem nenhuma novidade no processo eleitoral de 2020, o sentimento é o de que apostar em nomes já rejeitados em pleitos anteriores colocará a oposição […]