04/07/2019

Os deputados aspirantes a prefeito em 2020…

Historicamente os deputados federais e estaduais no meio de seus respectivos mandatos tentam dar o salto para comandar uma prefeitura. De olho na caneta do executivo, os parlamentares entram no jogo porque não há nenhum risco. Se perder, continua na Assembleia Legislativa de Pernambuco ou na Câmara dos Deputados, se vencer, renuncia ao cargo para assumir prefeituras que mesmo com seus problemas dão um nível de poder ainda maior para o parlamentar. Nas eleições de 2020 não haverá diferença, pois teremos deputados que serão candidatos a prefeito. Mesmo com um ano de distância para as oficializações de candidaturas, alguns nomes já são lembrados para a disputa municipal, porém, só o tempo irá dizer se eles serão efetivamente candidatos. Na bancada federal temos de olho numa possível postulação a prefeito do Recife João Campos, Marília Arraes, André de Paula, Felipe Carreras, André Ferreira, Daniel Coelho, Silvio Costa Filho, Tulio Gadelha e […]
24/06/2019

Jarbas reforça pacificação do MDB de Pernambuco …

Durante sua passagem pelo São João de Caruaru, o senador Jarbas Vasconcelos reforçou o sentimento de unidade no MDB com o colega senador Fernando Bezerra Coelho e o deputado federal Raul Henry, presidente estadual da sigla. Após uma dura briga na justiça com vitória do grupo liderado por Jarbas, o ex-governador fez rasgados elogios ao colega de partido e de Senado, Fernando Bezerra Coelho e sinalizou para um processo de unidade no partido com vistas a 2020, onde a sigla tentará ampliar o número de prefeitos em Pernambuco. Questionado sobre o senador petrolinense, Jarbas afirmou que Fernando é um líder pernambucano, bem articulado, inteligente e que irá andar todo o estado, numa evidência de que estão sintonizados dentro do partido e fora dele. As declarações de Jarbas Vasconcelos, que elegeu-se na chapa de reeleição de Paulo Câmara, trazem um novo cenário em Pernambuco, pois alimenta rumores de um eventual afastamento […]
24/06/2019

Sementes sagradas do afeto…

A morte do conselheiro João Henrique Carneiro Campos, de apenas 49 anos, abalou a sociedade pernambucana. Discreto e reservado, João nasceu numa família de intelectuais: seus pais Renato e Pompeia, o avô Doutor Albino, grande psiquiatra-antropólogo, irmão do lendário jornalista Aníbal Fernandes, o tio escritor Maximiano, as irmãs Malu e Vanja e o cunhado-irmão Roberto Viana. Mas foi da avó materna não intelectual, Dona Luizinha, a quem mais puxou: o temperamento a um só tempo doce e forte, com devoção fundamentalista à família. Joãozinho, como era chamado, foi marido apaixonado pela esposa, a procuradora Rosana, e pai de extrema dedicação aos filhos Luiza, João Pedro e José Henrique. Na política, participou exclusivamente por conta do seu primo-irmão, o compadre Eduardo Campos. Deixa um legado que vai continuar vivo nos corações em que plantou as sementes sagradas do afeto. O economista Roberto Viana era uma das pessoas mais ligadas a João […]
21/06/2019

A chance de Nadegi se projetar para 2020…

Após o afastamento e prisão do prefeito Demóstenes Meira (PTB), a vice-prefeita Dra. Nadegi Queiroz (DC) assumiu ontem o comando da cidade de Camaragibe por no mínimo seis meses, prazo estabelecido pela Justiça. O prazo de 180 dias posto pela Justiça servirá como test drive para que todos vejam e avalie seu jeito de governar. Melhor que qualquer discurso, promessa ou articulação, estar com a caneta de prefeita possibilitará à Nadegi uma experiência e uma projeção grande para a eleição do próximo ano. O sucesso disso tudo só dependerá dela! Está no comando da gestão não é fácil e eleitoralmente é uma faca de dois gumes. Se decolar, ninguém segura seu nome para a eleição de 20. Mas, se o contrário acontecer, é melhor ela pensar em fazer outra coisa e deixar a política de vez. Nesse momento, ela terá que reunir em torno de si uma força política. (Elielson Lima)
19/06/2019

Oposição fecha questão e projeto majoritário também pesa no PSB…

A reunião na qual os partidos de esquerda oficializaram, ontem, voto contra o relatório da Reforma da Previdência ocorreu na sede do PSB. Os socialistas fazem parte de um bloco de oposição ao governo Bolsonaro que inclui PT, PDT, PSOL e PCdoB. Além do trabalho que vem sendo desenvolvido de forma integrada, o que gera uma dificuldade política para socialistas tomarem posição isolada, três pontos se somam nessa conta para fazer com que a maior parte da bancada não mude de ideia em relação ao texto. Do ponto de vista nacional, há resistência, segundo avaliações internas, do presidente, Carlos Siqueira que, de forma contundente, vem contestando a reforma. De outro lado, a bancada segue dividida e parte expressiva está disposta a votar contra. Do ponto de vista local, o PSB possui um projeto majoritário para 2020 que tem o deputado João Campos como protagonista e, até o momento, João não […]
19/06/2019

Vazamentos ilegais não inviabilizaram Sergio Moro…

A série de vazamentos de supostas conversas envolvendo o então juiz da operação Lava-Jato, Sérgio Moro, e o procurador da operação, Deltan Dallagnol, até agora não trouxe nada que considerasse suficiente para derrubar o ministro Sergio Moro do ministério da Justiça, muito pelo contrário, elas confirmaram a sua disposição em combater a corrupção. É importante lembrar que o então juiz Sérgio Moro não prendeu somente o ex-presidente Lula, tivemos uma infinidade de nomes como Antônio Palocci, Eduardo Cunha, Nestor Cerveró, Léo Pinheiro e outros envolvidos no maior esquema de corrupção, mas somente as supostas conversas envolvendo a prisão de Lula que são seletivamente vazadas no sentido de tentar comprometer a condenação do ex-presidente. Vale salientar que a condenação de Lula não se deu exclusivamente na primeira instância, na 13ª vara federal de Curitiba, ela foi confirmada por instâncias superiores, evidenciando que as investigações da Lava-Jato funcionaram corretamente, pois se não […]
18/06/2019

A importância de estados e municípios entrarem na reforma da Previdência …

O governo federal conseguiu avançar bastante na formatação da reforma da Previdência, onde apesar de uma natural desidratação, a economia se manteve significativa para ajudar nas contas públicas e consequentemente contribuir para a retomada da economia do país, com um valor próximo de R$ 900 bilhões. Apesar disso, o relatório aponta para uma reforma única e exclusivamente na Previdência federal, ajudando somente o governo federal a resolver o problema, deixando para estados e municípios a obrigação de resolver a sua seguridade social. Ocorre que temos 5.570 municípios e 27 unidades federativas. Cerca de 2 mil municípios possuem fundos próprios de previdência, onde a maioria está com sérios problemas de caixa para cumprir com suas obrigações. Em relação aos estados, o quadro não é diferente, muitos deles precisam fazer aportes financeiros para cobrir o rombo da Previdência porque há graves distorções. Se porventura a reforma incluir estados e municípios, eles poderão […]
18/06/2019

Caça às bruxas…

Apenas por inexistência de palavra mais precisa chama-se de fritura o processo a que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem submetido auxiliares como Joaquim Levy, recém-saído da chefia do BNDES. No jargão brasiliense, o termo descreve métodos menos explícitos de desgastar um subordinado e induzi-lo a deixar o cargo, em geral por meio de manifestações indiretas ou anônimas que se acumulam ao longo de dias ou semanas. O que Bolsonaro fez com Levy foi um ataque público, grosseiro e espontâneo, dado que o tema nem sequer estava em pauta. O presidente informou ao país que o executivo estava “com a cabeça a prêmio”, alegadamente por pretender indicar um diretor com passagem pela administração petista. Ao atacado não restava alternativa além de pedir as contas —mesmo porque o ministro Paulo Guedes, da Economia, tratou de endossar os vitupérios de Bolsonaro. O que suscita inquietação no episódio não é a troca de nomes ou o futuro do […]
15/06/2019

Candidatura própria do MDB começa a ganhar força …

O MDB de Pernambuco conquistou protagonismo na política estadual quando governou o Recife e depois chegou ao Palácio do Campo das Princesas com Jarbas Vasconcelos, mas desde a sua saída do governo que o partido foi ficando periférico na política estadual, não vencendo nenhuma eleição para o executivo tanto na capital quanto no estado. O MDB teve duas tentativas, uma com Raul Henry em 2008 pela prefeitura do Recife, e outra com Jarbas Vasconcelos para o governo de Pernambuco. Em ambas as ocasiões, o partido foi derrotado. A partir de então formalizou uma aliança com o PSB na eleição de 2012 que perdurou até 2018, quando Jarbas Vasconcelos foi eleito na chapa de Paulo Câmara para o Senado.  Apesar de integrar a Frente Popular, o partido não tem se sentido totalmente contemplado nas gestões do PSB, quando viu seus espaços serem reduzidos e ocupados por pessoas que não representam o […]