02/05/2015

Cerveja mais carra…

Um decreto presidencial publicado no “Diário Oficial da União” de quinta-feira (30) regulamenta o novo modelo de tributação do setor de bebidas frias – que engloba cervejas, refrigerantes, águas, energéticos e isotônicos – com validade a partir de maio. A lei 13.097, que trouxe essas alterações, foi publicada em janeiro de 2015. De acordo com a Receita Federal, haverá um aumento médio da tributação dos produtos em cerca de 10% a partir de maio. O Fisco explicou que a decisão de repassar essa alta dos tributos para os preços depende dos fabricantes. A expectativa do governo é de arrecadar R$ 868 milhões a mais neste ano, R$ 2,05 bilhões em 2016, R$ 2,31 bilhoes em 2017 e R$ 3,26 bilhões em 2018 com o novo modelo de tributação. A Receita Federal informou que as alíquotas atuais, que subirão a partir de maio, estavam paradas há anos e que a sistemática anterior […]
29/04/2015

Ajuste anual do Fundeb 2014 é creditado nas contas Municipais; CNM dá orientações…

Nesta quarta-feira, 29 de abril, os Municípios recebem os valores do ajuste anual da distribuição dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A complementação será no valor total de R$ 1,872 bilhão. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) explica que esses recursos dizem respeito à receita do Fundeb realizada no ano anterior. A cada ano no mês de abril é feito o ajuste da complementação da União decorrente da consolidação da receita dos Estados, Distrito Federal e Municípios disponibilizada ao Fundeb no ano anterior. Essa complementação é feita por débito ou crédito nas contas correntes específicas dos Fundos dos Estados e seus Municípios. No ano passado, receberam os Estados de: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. Integralização do piso Junto com o ajuste, os entes federados também são beneficiados com […]
29/04/2015

Detran realiza leilão de veículos apreendidos…

O 3º Grande Leilão de Veículos apreendidos pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) ocorre nesta quinta-feira (30). O evento acontecerá a partir das 9h, no pátio da empresa Coliseum Leilões, localizada em Vitoria de Santo Antão, na Mata Sul do Estado. Serão disponibilizados 425 veículos, entre automóveis e motocicletas. A visitação prévia para conhecer o que será ofertado pode ser feita até esta quarta-feira (29), das 8h às 16h, ou antes do começo do leilão. O edital contendo as informações gerais sobre o evento, a exemplo das normas, documentação exigida e taxas de administração a serem pagas pelos arrematantes, pode ser acessado nos sites do Detran e da Coliseum. Estarão disponíveis veículos que podem voltar a circular nas ruas e aqueles que, após vistoria do órgão, foram considerados irrecuperáveis, mas podem ter suas peças reaproveitadas. Até o fim do ano, está prevista a realização de 12 leilões, um por mês. Os […]
28/04/2015

Goiana: uma cidade transformada…

Tirando a feira livre diária, que vende de calcinhas penduradas a inhame, mudou quase tudo em Goiana nos últimos quatro anos. Para o bem e para o mal, a cidade e seus moradores estão aprendendo a lidar com o progresso. Hoje Goiana tem casa no Centro à venda com preço de apartamento na Avenida Boa Viagem, R$ 2 milhões. Com fachada de aparência modesta, essa fica defronte ao carrinho de churros do comércio informal da Rua da Misericórdia, já chegando à Avenida Benjamin Constant. Os proprietários explicam que são 7 metros de frente por 32 metros de fundo e primeiro andar. “Oxe, nunca pensei ver isso”, disse o mototaxista João Severino Gomes, de 31 anos, que apontou para o imóvel como exemplo das transformações recentes. “É só para você ter uma ideia de como estão as coisas aqui”. O trânsito, que João enfrenta sob sol intenso, cresceu muito; e é […]
27/04/2015

Celpe divulga orientações sobre como economizar na conta de luz…

Um dia após a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) anunciar que teve a autorização de reajustar o valor da conta de luz, a concessionária divulgou várias dicas para ajudar a economizar, adotando novos hábitos de evitando o desperdício. O objetivo da Celpe é o de orientar sobre o que pode ser feito para obter o melhor desempenho dos equipamentos. Segundo a companhia, os aparelhos que mais consomem energia nas residências são os de refrigeração, como no caso de geladeiras e ar-condicionados; e os de aquecimento, como no exemplo de chuveiro elétrico e ferro de passar roupa. A orientação é de que é preciso evitar que esses equipamentos fiquem muito tempo ligados. Uma das dicas é ajustar o condicionador de ar para temperatura confortável (cerca de 23° C). A utilização do timer (temporizador) para evitar o funcionamento desnecessário do condicionador de ar ajuda na economia. Após a refrigeração do cômodo, o […]
24/04/2015

Após três meses em queda, criação de empregos volta a crescer, mostra Caged…

Depois de três meses consecutivos em queda, a geração de empregos formais no país voltou a crescer em março com a criação de 19.282 postos de trabalho formal. O dado representa um crescimento de 0,05% em relação ao mês anterior, quando havia sido registrado fechamento de 2.415 vagas. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgado ontem (23) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. No acumulado do ano o resultado ficou negativo (-0,12%) com queda de 50.354. No acumulado dos últimos 12 meses, o Caged registrou a redução de 48.678 postos de trabalho formal. O resultado do mês de março de 2015 é melhor do que o obtido no mesmo mês do ano passado (13.117). O resultado positivo para o mês de março deste ano decorre da diferença entre o total de trabalhadores admitidos (1.719.219) e o total de demitidos (1.699.937). No ano, foram admitidos 5.088.689 trabalhadores […]
31/03/2015

Aneel mantém bandeira vermelha e contas de luz mais altas em abril…

As contas de luz dos brasileiros continuarão com bandeira vermelha em abril – e vão, assim, continuar mais altas. A decisão foi tomada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na sexta-feira (27). As bandeiras estão vermelhas desde janeiro, indicando que o custo da produção de energia no país segue muito alto e, por isso, a população deve economizá-la. Esse sistema estabelece a cobrança de uma taxa extra de R$ 5,50 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) de energia usados. Os recursos arrecadados pelas distribuidoras vão servir para financiar a produção de energia mais cara, devido principalmente ao uso mais intenso das termelétricas. A medida vale para todo o país, exceto os estados do Amazonas, Amapá e Roraima, que não estão ligados ao sistema nacional de transmissão de energia e são atendidos isoladamente por termelétricas. Em vigor desde 1º de janeiro, as bandeiras tarifárias permitem o repasse mensal aos consumidores de […]
30/03/2015

Preço dos remédios pode subir até 7,7% a partir do dia 31. Confira lista…

A partir do dia 31 de março, o preço dos remédios vendidos no Brasil poderá sofrer um reajuste de 5% a 7,7%, segundo definiu a Câmara de Regulação de Medicamentos (CMED) nesta quinta-feira. Os porcentuais estão bem acima do que os autorizados no ano passado, quando o reajuste foi de 1,02% a 5,68%. O governo deverá anunciar nos próximos dias as taxas oficiais de aumento, mas dificilmente haverá mudança em relação aos cálculos do CMED. As regras valem para cerca de 20.000 itens comercializados.A  A variação no preço dos medicamentos dependerá da classificação de cada um – se nível 1, 2 ou 3. As três faixas são determinadas pela CMED de acordo com a concorrência enfrentada pelo produto no mercado. Quanto maior a concorrência, maior o reajuste. Para remédios do nível 1, o reajuste permitido será de, no máximo, 7,7%. Nesta categoria estão incluídas drogas como omeprazol, a metformina, a […]
14/03/2015

Pãozinho francês vai subir outra vez…

Depois de sofrer um aumento no final de fevereiro, um dos principais itens do café da manhã do brasileiro está prestes a ser reajustado novamente. Além da alta do dólar, que ultrapassa os R$ 3, o valor do pão francês também sofre influências do aumento do preço da energia elétrica e do óleo diesel. Para alguns proprietários de panificadoras ainda não é hora de promover mais uma mudança no valor do quilo do pão, mas sim de aguardar modificações no cenário econômico. Segundo o proprietário da Pandoçura, Décio Couto, poucos foram os clientes que reclamaram do primeiro reajuste. “Satisfeito, ninguém fica. Ainda assim, a clientela nota que precisamos repassar o aumento dos nossos custos de produção”, pontua. Apesar da nova perspectiva de aumento de preço, profissionais da área demonstram confiança no momento de instabilidade econômica e apostam na criatividade para driblar as dificuldades financeiras. O presidente do Sindipão, Paulo Pereira, […]