16/06/2019

São João: origem remonta a nórdicos, gregos e romanos…

Por: João Vitor Pascoal /Folha de Pernambuco Fogos para chamar o “dono” da festa, fogueira para anunciar um nascimento e até dança inspirada na aristocracia europeia. Os festejos juninos celebrados massivamente pelos pernambucanos têm origens curiosas que fogem do conhecimento de muitos, apesar de completamente inseridas no cotidiano de quem espera ansioso pelo mês de junho. Voltando várias centenas de anos, chegamos aos nórdicos, gregos e romanos, responsáveis pelo começo das celebrações. A origem da festa, no entanto, é pagã e celebrava o solstício, dia mais longo do ano, que marca o início do verão no hemisfério norte e também a época de colheitas. Fogueiras eram acesas para espantar os maus espíritos e saudar a mudança da estação. O catolicismo, então, vendo a força dessas celebrações, resolveu se apropriar da festa já tradicional, dando um contorno religioso, adicionando os festejos ao calendário litúrgico. Em artigo publicado pela Universidade Católica de Pernambuco, o […]
16/06/2019

Marido da deputada e cantora gospel Flordelis é assassinado em Niterói…

Estado de Minas O marido da deputada federal Flordelis (PSD) foi morto a tiros na madrugada deste domingo, 16, em Niterói, região metropolitana do Rio. Segundo a Polícia Militar, o pastor Anderson do Carmo de Souza, de 42 anos, foi executado por volta das 4h, com diversos tiros, após chegar em sua residência no bairro Pendotiba. De acordo com a PM, Souza chegou a ser socorrido para o Hospital Niterói D’Or, no bairro Santa Rosa, mas não resistiu aos ferimentos. Por volta das 9h30, uma equipe da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) realizou perícia no local do crime. Em nota divulgada nas redes sociais da deputada, que também é cantora góspel, a assessoria informa que Flordelis está muito abalada e ainda não tem como se pronunciar. “O Pastor Anderson estava cumprindo um ministério maravilhoso de redenção de almas, em uma luta diária para evitar que […]
16/06/2019

Demissão: ameaça de Bolsonaro, alvo amanhece demitido…

William Castanho – Folha de S.Paulo O advogado Marcos Barbosa Pinto apresentou ontem (15) uma carta de renúncia. Ele ocuparia, a convite de Joaquim Levy, a Diretoria de Mercado de Capitais do banco de fomento. Mais cedo, Bolsonaro disse que demitiria Levy na segunda-feira (17) se a nomeação fosse mantida. Bolsonaro ficou incomodado com o fato de Barbosa ter atuado em gestão petista. Levy também atuou em governos do PT —no de Lula como secretário do Tesouro e no do Dilma como ministro da Fazenda. A Folha teve acesso à carta de Barbosa Pinto a Levy. Ele tentou falar com Levy ao longo do dia, mas não obteve retorno. “É com pesar que entrego esta carta, logo após ter tomado posse, mas não quero continuar no cargo diante do descontentamento manifestado pelo presidente da República”, escreveu o advogado. Ele tomou posse na quarta-feira (12) e começaria a trabalhar na diretoria nesta segunda. “Tenho muito orgulho da carreira […]
16/06/2019

Acesso a Moro em Curitiba era para poucos…

Daniela Lima – Painel – Folha de S.Paulo Aos inimigos, a lei –  Oito advogados que atuaram em dezenas de casos relevantes para a força-tarefa da Lava Jato de Curitiba relatam um modelo de relação com o ex-juiz Sergio Moro muito diferente do que aparece nas mensagens entre ele e o procurador Deltan Dallagnol, segundo o The Intercept. Nenhum desses defensores jamais teve o telefone do então magistrado —por óbvio, tampouco trocou mensagens com ele. Despachos só previamente agendados por escrito com a Secretaria da 13ª Vara O Painel consultou advogados de renome, ligados a réus ou delatores, com significativa atuação na 13ª Vara. A coluna fez a eles as mesmas perguntas, sob garantia de anonimato —há casos ainda pendentes. Um dos ouvidos fez defesa da atuação de Moro. Disse que manteve por anos relação impessoal com o ex-juiz e que considerava o trabalho dele sério. No fim, emendou: “Agora, que houve erro na […]
16/06/2019

Bolsonaro rebaixa os superministros…

Era uma vez um governo que teria dois superministros, Paulo Guedes (Economia) e Sergio Moro (Justiça). Entraram por uma porta, saíram por outra. São príncipes transformados em plebeus da Esplanada dos Ministérios pelo caldeirão da política de Jair Bolsonaro, que tem intestinos envenenados, filé de serpente, pelo de morcego, língua de cão e múmias de feiticeiras, como o cozido das bruxas de Macbeth, mas não tem coalizão parlamentar. Fim. Os superministros foram rebaixados porque o quase governo do Congresso independente poda suas capas heroicas. Porque Bolsonaro não tem um programa que respalde na prática os projetos de Guedes e Moro. Porque o presidente implicou com Moro, que não incorporou o bolsonarismo “raiz”, como no caso menor do decreto faroeste. Pior, o ministro da Justiça se tornou suspeito de querer a cadeira presidencial em 2022, assunto cada vez mais frequente de Bolsonaro, diz seu entorno. Moro se torna um retrato na parede, mofado pela umidade da […]
16/06/2019

Em PE, ensino integral melhora índices de alunos no ensino superior…

 Folha Press Os pernambucanos Liniker Rodrigues, 25, e Warlley Santana, 25, são os primeiros de suas famílias a cursar uma universidade. Eles dividem outra coisa em comum: se formaram no ensino médio em uma escola integral da rede pública estadual. Depois do colégio na periferia do Recife, Liniker se formou em enfermagem, fez especialização em obstetrícia e ginecologia pela UPE (Universidade de Pernambuco) e outras duas pós-graduações: em saúde da família e em saúde mental, álcool e drogas. Agora, faz a segunda residência e é professor universitário e pesquisador da área. Da escola na cidadezinha de Sairé, a 100 km da capital, Warlley foi parar na lista dos aprovados em psicologia da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco). E, junto com a pós em psicologia organizacional, ele dá início a uma segunda graduação na federal, em administração. Os dois não são casos isolados em Pernambuco. Os alunos da rede pública do […]
16/06/2019

Neste domingo (16) em João Alfredo…

16/06/2019

Liturgia Católica…

Primeira Leitura (Pr 8,22-31) Leitura do Livro dos Provérbios: Assim fala a Sabedoria de Deus: 22“O Senhor me possuiu como primícia de seus caminhos, antes de suas obras mais antigas; 23desde a eternidade fui constituída, desde o princípio, antes das origens da terra. 24Fui gerada quando não existiam os abismos, quando não havia os mananciais das águas, 25antes que fossem estabelecidas as montanhas, antes das colinas fui gerada. 26Ele ainda não havia feito as terras e os campos, nem os primeiros vestígios de terra do mundo. 27Quando preparava os céus, ali estava eu, quando traçava a abóbada sobre o abismo, 28quando firmava as nuvens lá no alto e reprimia as fontes do abismo, 29quando fixava ao mar os seus limites — de modo que as águas não ultrapassassem suas bordas — e lançava os fundamentos da terra, 30eu estava ao seu lado como mestre-de-obras; eu era seu encanto, dia após dia, brincando, todo o tempo, em sua presença, 31brincando […]
16/06/2019

Filho é filho…

Coluna de Carlos Brickmann Mas, mesmo escapando (ao menos até agora) da tentativa de demolição de Moro, Bolsonaro não resistiu a gerar uma nova crise: a demissão de um amigo de quase 50 anos, o general Santos Cruz, da Secretaria do Governo. O imperdoável erro de Santos Cruz foi não se alinhar aos filhos do presidente e ao escritor Olavo de Carvalho, que fizeram campanha contra ele por achar que não usou direito a comunicação do Governo. No lugar de Santos Cruz, outro general, este da ativa: o até agora comandante militar do Sudeste, Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira. Santos Cruz declarou sua admiração por Bolsonaro e os dois dizem que a reunião entre eles foi amigável.