Opinião: Baque na Frente Popular
03/05/2022
Chaparral fortalece aliança com o prefeito Janjão em Bom Jardim
03/05/2022

Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e Sarampo inicia segunda fase nesta terça (3)

Portal Folha de Pernambuco – Inicia, nesta terça-feira (3), a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e Sarampo. A meta de Pernambuco é imunizar pelo menos 95% dos grupos elegíveis para sarampo (862.895 pessoas) e 90% para influenza (3.366.854 pessoas).
Nesta nova fase, que segue até o dia 3 de junho, serão imunizadas contra as duas doenças crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (público de 603.525) e somente contra a influenza gestantes, puérperas, povos indígenas, professores das escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades ou deficiência permanente.
Também serão contemplados com a vacina contra influenza caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas (público-alvo de 1.854.842 pessoas no Estado).
Na primeira etapa da campanha, que iniciou no dia 4 de abril e segue até esta segunda (2), podem receber a vacina da influenza e do sarampo, de forma simultânea, os trabalhadores da saúde. Já idosos com mais de 60 anos recebem apenas a imunização contra a influenza. 
Ainda não há definição do Ministério da Saúde sobre a ampliação da vacinação para novos grupos.
A vacina trivalente contra a influenza, utilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), é produzida pelo Instituto Butantan e será eficaz contra as cepas H1N1, H3N2, incluindo a cepa Darwin, e tipo B.  Já a vacina utilizada contra o sarampo será a tríplice viral, que protege, também, contra a caxumba e rubéola. 

Vacinação contra a Covid-19

Como as campanhas de vacinação também coincidem com a realização da vacinação contra a Covid-19, a única exigência, no caso das crianças, é que seja respeitado um intervalo de 15 dias, antes ou depois, para a aplicação das vacinas no público infantil.
No caso das pessoas idosas, no momento da imunização, a recomendação é que seja verificado se há dose em atraso da Covid-19. Se houver, os profissionais podem realizar a administração da vacina da Covid-19 no mesmo dia da aplicação da vacina contra influenza.

Serviço:

Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e Sarampo
Etapa 1 –  de 4 de abril a 2 de maio:
– Trabalhadores da saúde (influenza + sarampo)
– Idosos com mais de 60 anos (influenza)
Etapa 2 – de 3 de maio a 3 de junho
– Crianças de 6 meses até cinco anos (influenza + sarampo)
– Gestantes e puérperas (influenza)
– Povos indígenas (influenza)
– Professores das escolas públicas e privadas (influenza)
– Pessoas com comorbidades e pessoas com deficiência permanente (influenza)
– Caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso (influenza)
– Trabalhadores portuários (influenza)
– Profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas (influenza)
– Funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade (influenza)
– Adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas (influenza).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.