Diretrizes do programa de governo de Lula-Alckmin será lançado nesta terça-feira
21/06/2022
Fiobyte: Serviços e acessórios de computadores em geral
21/06/2022

Bivar cumpre agenda com Miguel hoje e ainda estuda vice: Soraya ou Rosângela

Por Renata Bezerra de Melo/Folha de Pernambuco – A primeira agenda de Luciano Bivar na condição de pré-candidato à Presidência da República, como a coluna antecipara, se dará em Petrolina, nesta terça-feira (21), ao lado do ex-prefeito da cidade, Miguel Coelho. Filiado ao União Brasil, partido que Bivar preside nacionalmete, Miguel Coelho, pré-candidato ao Palácio das Princesas, vai encabeçar o palanque de Bivar no Estado.
A agenda terá seu ponto final no Pátio de Eventos da cidade, um dos polos juninos mais conhecidos do Estado, onde o presidenciável deve ser recebido também pelo prefeito Simão Durando, aliado de primeira hora do grupo dos Coelho. o roteiro de Bivar tem início às 12h, quando haverá um encontro com representantes da Associação dos Produtores e Exportadores de Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco. Às 16h, haverá ato político na Fundação Nilo Coelho e, às 17h, Bivar concederá entrevista coletiva antes de ser recebido em jantar na casa do senador Fernando Bezerra Coelho.
FBC é ex-líder do governo Bolsonaro. Recentemente, Bolsonaro se queixou, em entrevista à CBN Recife, de que o senador não citava mais seu nome no Estado, a despeito do volume de recursos que o Governo Federal teria destinado a Pernambuco. E foi pelo PSL, então presidido por Bivar, que Bolsonaro foi eleito para comandar o Planalto antes do desentendimento drástico que culminou com rompimento entre dois.
Bivar já declarou que não sobe em palanque de Bolsonaro de forma nenhuma porque é liberal “tanto na economia, como democraticamente”. Miguel, por sua vez, tem repisado que seu candidato é Luciano Bivar, o que o faz escapar da polarização Lula x Bolsonaro. Foi assim no dia em que foi instado a comentar as declarações do presidente sobre não vir sendo mais citado por seu grupo político.
Bivar ainda se debruça sobre a formação de sua chapa e, ao cumprir agenda recente, em Curitiba, ao lado do ex-juiz Sérgio Moro, declarou que ele e Rosângela Moro estariam no Congresso Nacional em 2023. À coluna, Bivar informa que, a despeito dessa projeção, a esposa de Moro ainda segue no radar para ser sua vice. “Estamos conversando se vai ser a senadora Soraya (Thronicke) ou Rosângela“, assinala Bivar. E explica: “Espero que ela e Moro estejam lá, no Congresso , se ela não estiver na vice. Então, vai ser candidata a deputada federal pelo Estado de São Paulo”. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.