Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 4 de novembro, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização das 8h)
04/11/2020
João Alfredo – Boletim covid-19/ 04 de novembro de 2020
04/11/2020

Biden bate recorde com 70 milhões de votos; campanha de Trump diz que vai pedir recontagem em Wisconsin

G1

As projeções confirmam vitória do candidato democrata Joe Biden em Wisconsin, considerado um dos estados cruciais para definir as eleições. O estado tem 10 votos eleitorais em jogo que, segundo dados da AP, já estão garantidos para Biden. Às 16h20 o percentual do democrata era de 49,57% dos votos, contra 48,95% para Donald Trump.

Para garantir a vitória, um candidato precisa obter pelo menos 270 dos 538 dos votos dos delegados que compõem o Colégio Eleitoral. Com a vitória em Wisconsin, Biden chega a 248 delegados. Faltam os resultados de seis estados, dos quais três serão decisivos para definir quem vai ocupar a Casa Branca pelos próximos quatro anos: Pensilvânia, Michigan e Geórgia.

O diretor de campanha de Trump, Bill Stepien, informou que o republicano irá pedir recontagem dos votos no estado de Wisconsin “imediatamente”.

O candidato republicano Donald Trump tem projeção de vitória em 1 dos 4 distritos do Maine, estado no nordeste dos EUA. Além do Maine, há apenas um outro estado, o Nebraska, que divide os votos de seus distritos. Em todos os outros, o candidato que obtém a maioria dos votos populares leva todos os delegados do estado. Neste caso, a projeção é a de que Biden saia vitorioso no voto popular no Maine, mas leve apenas 3 dos 4 colégios eleitorais do estado.

“Com base em nossos dados, Joe Biden vai: ter mais votos que qualquer outro candidato na história; obter muito mais que 50% dos votos; ganhar em três estados que foram Republicanos em 2016; ter margem maior sobre o adversário em Wisconsin, Pensilvânia e Michigan do que Trump teve em 2016; vencer a eleição”, afirma a postagem.

O post termina com a mensagem “mantenha a fé”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.