Douglas Cintra anuncia apoio a Miguel Coelho e assume coordenação de pré-campanha no Agreste
09/04/2022
Fragmento Bíblico
09/04/2022

Aliança com Lula não pode ser boa para Alckmin, diz Temer

O presidente da República, Michel Temer, participa de almoço com empresários na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Avenida Paulista, região central.

Correio Braziliense – O ex-presidente Michel Temer (MDB) afirmou neste sábado (9/4) que a aliança entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSB) “não pode ser boa” para o ex-governador de São Paulo. “Para o ex-presidente Lula, foi muito boa uma aliança com o Geraldo Alckmin. Eu não sei se foi bom para o Alckmin, porque você sabe que vão estourar, como estão estourando, outros embates eleitorais que tiveram, com palavras, digamos assim, bastante agressivas em relação aos candidatos”, declarou.
Temer participou hoje da 8ª edição da Brazil Conference, em Boston, nos Estados Unidos, apoiada pelas universidades Harvard e MIT, em parceria com o jornal Estado de S. Paulo.
O ex-presidente destacou no evento que, se na democracia houve essa possibilidade de aliança entre pessoas que, em certo momento estiveram em lados opostos, “juridicamente, não há violação ao Estado Democrático de Direito”.
Questionado pela colunista do jornal O Globo Vera Magalhães sobre Alckmin ser para Lula o que Temer foi para Dilma Rousseff, o emedebista respondeu: “Eu acho que essa história de que o Geraldo Alckmin possa ser igual a mim, por mim, aqui toda a modéstia de lado, se for igual a mim, acho que o Lula vai ter uma grande vantagem”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.