Hoje:
22/11/2020
Liturgia Católica
22/11/2020

Agricultores protestam contra o sacrifício de 17 milhões de animais na Dinamarca

AFP

Centenas de agricultores e criadores de visões se manifestaram ontem (21) em Copenhague em tratores para protestar contra a decisão do governo de sacrificar milhões desses animais para combater uma mutação problemática do coronavírus.

Mais de 500 tratores decorados com bandeiras dinamarquesas atravessaram a capital, passando principalmente pela sede do governo e do Parlamento de Christiansborg, antes de se reunirem no porto, constatou uma jornalista da AFP.

O governo da primeira-ministra Mette Frederiksen reconheceu que sua decisão de sacrificar aproximadamente 17 milhões de visões, criados para o uso de sua pele, não tinha uma base legal em relação aos animais não infectados pelo coronavírus, provocando a indignação dos criadores.

O executivo se desculpou e o ministro da Agricultura renunciou na quarta-feira.

Mas o plano continua sendo o de sacrificar todos os visões por precaução sanitária, através de um projeto de lei que proíbe sua criação até janeiro de 2022.

Uma manifestação semelhante, de cerca de 400 tratores, ocorreu este sábado em Aarhus, a segunda maior cidade do país em Jutlandia (oeste), segundo os organizadores.

Nesta região se concentra a maior parte das explorações de gado na Dinamarca, que conta com três vezes mais visões que habitantes.

Este pequeno país escandinavo de 5,8 milhões de habitantes é há décadas o primeiro exportador mundial de peles de visão, destinadas ao mercado da pele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.