Hoje:
24/01/2018
População não vacinada contra febre amarela no País é ‘alto risco’, diz OMS
24/01/2018

“Advogados competentes já provaram minha inocência”, diz Lula em Porto Alegre…

Via  G1

Diante de milhares de manifestantes, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou no Centro de Porto Alegre na noite de ontem (23), um dia antes do julgamento do recurso de sua defesa no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), também na capital gaúcha. O presidente afirmou que já teve a inocência no processo do triplex em Guarujá provada pelos advogados.

O ato foi organizado por movimentos sociais e centrais sindicais e contou com a presença de políticos de outros partidos, como os senadores Roberto Requião (MDB-PR) e João Capiberibe (PSDB-AP), a deputada estadual Manuela D`Ávila (PCdoB), pré-candidata à Presidência da República, e Guilherme Boulos, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), que pode ser candidato ao Planalto pelo PSOL.

PRESENÇAS – Do PT participam do ato, entre outros, a ex-presidente Dilma Rousseff, a senadora Gleisi Hoffmann (presidente do partido), o ex-ministro Alexandre Padilha, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, os ex-governadores do Rio Grande do Sul Tarso Genro e Olívio Dutra e os líderes do partido na Câmara e no Senado, Paulo Pimenta e Lindbergh Farias, além de outros senadores e deputados.

“Não vou falar do meu processo, não vou falar da Justiça, primeiro porque eu tenho advogados competentes que já provaram minha inocência, segundo porque acredito que aqueles que vão votar deverão se ater aos autos do processo, e não convicções políticas de cada um. E terceiro, porque estou na luta há 40 anos e vocês sabem da minha essência”, discursou o ex-presidente, que também fez críticas à imprensa.

Continua…

FAVOR E CONTRA – Lula fez o discurso de cima de um palanque montado na Esquina Democrática, cruzamento entre a Avenida Borges de Medeiros e a Rua dos Andradas, conhecido na cidade como ponto de manifestações políticas. Segundo os organizadores do ato, havia cerca de 70 mil pessoas assistindo – mas a Brigada Militar não informou estimativa.

Também foi realizado um ato contrário ao ex-presidente no Parque Moinhos de Vento, na Zona Norte da capital gaúcha. Conforme os organizadores, cerca de 500 pessoas estiveram no local. A Brigada Militar não informou estimativa de público. Os manifestantes exibiam bandeiras do Brasil e cartazes de apoio ao juiz Sergio Moro. De manhã, houve uma supercarreata, com grande número de caminhoneiros, que praticamente pararam o trânsito em grande parte da capital.

1 Comment

  1. zevalter disse:

    OS ADVOGADOS DE LULADRÃO SÃO MUITO COMPETENTES MESMO!!! Apresentaram recibos(falsificados) de pagamento de aluguel de imóveis com
    datas de 31 de junho e 30 de fevereiro…muito competentes mesmo!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.