Petrobras deve anunciar nesta segunda-feira queda nos preços da gasolina e diesel…
04/04/2016
Arquivo Fotográfico
04/04/2016

A partir de hoje, até o dia 8 de abril, as ações acontecem na cidade de Goiana, na Mata Norte, em parceria com o Procon …

20160403162938902924e

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) anunciou, ontem, que retorna ao Interior de Pernambuco com mutirões de negociação de débitos para os clientes que se encontram com contas de energia em aberto e não conseguiram aproveitar os acordos oferecidos no ano passado.

Segundo a companhia, o objetivo é facilitar o acesso às condições de negociação especiais oferecidas nessas ocasiões, permitindo que os clientes voltem a situação de regularidade com a empresa. Ao longo do ano passado, a Celpe fechou mais de 5 mil acordos com propostas diferenciadas, recuperando quase R$ 11 milhões de dívidas com a concessionária.

Continua…

A vantagem de aproveitar essas ocasiões, é que companhia oferece condições diferenciadas, como a retirada de juros e multas no consumo das faturas de energia negociadas. Além disso, a Celpe flexibiliza o número de parcelas para pagamento. Cada caso é avaliado individualmente, levando em consideração o valor da dívida e o histórico do cliente.

A partir de hoje, até o dia 8 de abril, as ações acontecem na cidade de Goiana, na Mata Norte, em parceria com o Procon. O gerente de recuperação de crédito da Celpe, Luiz Paulo Marinho, explica que algumas ações acontecerão integrando a proposta do Procon, que reúne diversas empresas e promove mutirões. “São verdadeiros feirões que permitem ao consumidor negociar dívidas com mais de um credor”, observa.

Em outras situações, a iniciativa é exclusiva da concessionária. Nesse modelo, acontecerá o mutirão que a Celpe promoverá em Caruaru, na semana seguinte, de 11 a 15 de abril. De acordo com Marinho, outros mutirões de negociação devem acontecer. “Iremos anunciar o calendário em cada cidade, à medida em que os feirões se aproximem”, garantiu.

Os interessados em negociar débito com a concessionária devem ficar atentos à documentação que deve ser levada ao local. Apenas o titular da conta, munido de identidade e CPF, pode realizar a negociação. Quem não for o titular, mas residir na unidade consumidora que possui débito, deve apresentar o contrato de locação ou compra do imóvel, além dos dois documentos de identificação. Neste caso, a equipe da Celpe promove a mudança de titularidade antes de iniciar a negociação. (Celpe)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.