Promessa Danilo Cabral afirma que saúde será uma prioridade de sua gestão caso eleito governador de Pernambuco
25/04/2022
“PSB debocha da população ao falar em pacto pela água depois de 16 anos no poder”, dispara Miguel Coelho
25/04/2022

“A nossa relação com João Campos é delicada”, disse Eduardo da Fonte que não descarta romper com o PSB no Recife e a nível estadual

Em entrevista à rádio Folha nesta segunda-feira (25/04) o deputado federal e presidente do Progressistas, Eduardo da Fonte, afirmou que a relação do partido com a gestão de João Campos no Recife é delicada. De acordo com Da Fonte, ele anda recebendo queixas de vereadores do partido em relação ao tratamento e atenção. Por conta deste problema o presidente estadual do Progressistas revelou que a executiva do partido irá deliberar se permanece ou não na base de João Campos. Na segunda quinzena de maio vamos discutir com os vereadores se o partido desembarca do governo João Campos”, destacou.
Já em relação a permanência do PP na Frente Popular a nível estadual, Eduardo também se posicionou. “A estadual nós vamos aguardar mais um pouco. Vamos começar pela reunião da executiva para deliberar a cidade do Recife, que é onde eu tenho recebido mais críticas”, disse.
Da Fonte não descartou a possibilidade de marchar com outro candidato ao Governo fora da Frente Popular “As convenções para a escolha do governador é em agosto. Nós vamos escutar com calma, com cautela, todos os candidatos”, pontuou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.