Miguel-Fernando-Bezerra-Coelho-Filho-Fernando-Bezerra-Coelho

Contra reformas de Temer, PSB põe cargos à disposição…

Folha de S.Paulo – Daniel Carvalho O PSB decidiu na noite de ontem (24) se posicionar contra as reformas da Previdência, trabalhista e o principal ponto da política. Com isso, o partido caminha para se Leia mais »

18110756_1109095782570627_1147952184_n

Palmeirinha entra em situação de alerta e municípios sofrem com racionamento …

O longo período de estiagem que atinge a região do Agreste Setentrional contribuiu para que a Barragem de Palmeirinha, que fica no Sítio Pedra Fina, zona rural de Bom Jardim, entrasse em Leia mais »

16054519

Santana confirma: Dilma sabia de caixa 2 na campanha…

Veja Online – Laryssa Borges Marqueteiro das campanhas presidenciais dos petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, o publicitário João Santana afirmou ontem, em depoimento à Justiça Eleitoral, que a Leia mais »

tucanos-ebc

Cartas embaralhadas…

Carlos Chagas Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra não penduraram as chuteiras, mas estão fora de campo. É possível que se componham, mas não mais em torno da candidatura de um Leia mais »

17124694_774517226046094_1963223324_n

1ª Corrida de João Alfredo…

Leia mais »

Tag Archives: Projeto conhecido como “Cura gay”

Projeto conhecido como “Cura gay” gera nova polêmica na Alepe…

203472,930,80,0,0,930,522,0,0,0,0

203472,930,80,0,0,930,522,0,0,0,0

A audiência pública na Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), ontem (19), com o Conselho Regional de Psicologia de Pernambuco (CRP-PE) para debater o projeto de lei, que ficou conhecido como “Cura Gay”, do deputado federal Pastor Eurico (PHS-PE), teve reverberação no plenário da Casa. O projeto visa sustar a resolução 01/99 do Conselho Federal de Psicologia (CFP) que proíbe a atuação do psicólogo em relação à orientação sexual. 

Na tribuna, o deputado estadual Cleiton Collins (PP) disse que foi alvo de “intolerância religiosa” e criticou a condução do colegiado pelo deputado estadual Edilson Silva (PSOL), que estava ausente no momento da crítica. O pepista afirmou que o profissional de Psicologia tinha de ter liberdade para atuar porque “pessoas precisam de ajuda” e cobrou audiência com Pastor Eurico. “Não sei qual é a farofa que o deputado Edilson quer fazer daquela comissão. Quer jogar essa Casa contra o povo. A bancada evangélica não vai aceitar isso”.

Continua…

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo