Carpina-PE : Prefeitura abre inscrições gratuitas para 378 vagas

A Prefeitura de Carpina publica, na tarde de ontem quinta-feira (18), o edital para a seleção simplificada que vai preencher 378 vagas em 67 áreas. Os cargos são para os níveis fundamental, Leia mais »

Fernando Collor anuncia pré-candidatura à Presidência da República…

O ex-presidente e atual senador por Alagoas, Fernando Collor de Mello (PTC), anunciou, no início da tarde desta sexta-feira (19), a sua pré-candidatura à Presidência da República visando disputar as eleições de Leia mais »

Petrobras passa a alterar preço do gás de cozinha a cada 3 meses…

A Petrobras anunciou que vai alterar sua política de preços do gás de cozinha. Em vez de mudar os valores todo mês, a empresa passará a alterá-lo a cada três meses. O Leia mais »

Tribunal de Contas alerta gestores para prazos de envio de informações em Janeiro…

O Tribunal de Contas faz um alerta aos gestores que teve início o cumprimento dos prazos que dispõem sobre composição, seleção e formalização dos processos de admissão de pessoal dos órgãos públicos Leia mais »

Leia as 50 perguntas da PF e as respostas de Temer…

1. Quem foi coordenador financeiro ou arrecadador de recursos nas campanhas eleitorais que Vossa Excelência disputou nos anos de 2002/2006/2010 e 2014? Vossa Excelência também executava essas funções em suas campanhas eleitorais? Leia mais »

Tag Archives: Paraíba

Governadores de Pernambuco e Paraíba assinam licitação para construção da adutora do Capibaribe…

No início da tarde desta sexta-feira (12.01), os governadores Paulo Câmara e Ricardo Coutinho, ambos do PSB, assinaram, em Santa Cruz do Capibaribe, a autorização para licitação da Adutora do Alto Capibaribe, que, a partir do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco, vindo do Rio Paraíba, levará água para oito cidades pernambucanas, beneficiando 230 mil habitantes.

Para isso, serão investidos R$ 82 milhões. Mais cedo, o gestor estadual esteve no município de Barra de São Miguel, na Paraíba, onde assinou o convênio de cooperação técnica e administrativa com o Governo paraibano, que permitirá a capitação dessa água. A parceria também inclui o desenvolvimento de estudos para ações com vistas à melhoria de abastecimento das regiões de fronteira entre os dois Estados.

“Esperamos iniciar as obras da Adutora do Alto Capibaribe nos próximos três meses. A partir disso, temos a possibilidade de, no inicio do ano de 2019, fazer com que as oito cidades sejam abastecidas, e isso é um fato fundamental porque já são sete anos de seca. Por isso, tivemos que fazer alternativas e trazer água a partir da Adutora do Alto Capibaribe do eixo da Transposição vindo da Paraíba. Foi a solução mais rápida e barata e que, ao mesmo tempo, beneficiará tanto o Estado de Pernambuco quanto o da Paraíba”, afirmou o governador Paulo Câmara, assegurando que o dinheiro para as obras já esta garantido.

Continua…

Padre quer sacrificar cadelinha que assiste missa, no interior da Paraíba…

cadelinha

A cadelinha Adelaíde, que comoveu as redes sociais no ano passado após ser queimada com água quente, agora volta a ser motivo de polêmica na cidade de Monte Horebe, região de Cajazeiras.

Adelaíde é uma assídua frequentadora da Igreja Matriz da cidade, da escola, da Praça, em fim, uma moradora da rua, mas há quatro anos é alimentada, cuidada e medicada pela jovem vendedora Jéssica Dias. A cadela gosta de ficar na Igreja e já é conhecida na cidade.

Ela entrou em contato com a imprensa, para confidenciar que o novo administrador paroquial, Francisco Mendes (Padre Mendes) não aceita a presença da cachorra na Igreja e já lhe pediu uma solução imediata.

De acordo com Jéssica, o padre alega que a cadelinha, que não perde uma só missa, fica com as “pernas abertas no altar”, além de ser um local para seres racionais, a cachorra é “fedorenta”.

Continua…

Aos 13 anos e ainda sem ensino médio, garoto é aprovado na UFPB…

3937668_x360

Com apenas 13 anos, o morador de Barreiras, oeste baiano, Felipe Mota dos Santos, passou no curso de Engenharia da Computação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ele conquistou 669,32 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), maior que a nota de corte determinada pela universidade. Agora, o menino que ainda nem começou a cursar o ensino médio busca na Justiça o direito de garantir a vaga no ensino superior, conquistada após inscrição da nota no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

“O caso dele é uma situação excepcional, no qual vamos pedir uma autorização, para que ele possa conseguir realizar o supletivo. E, em sendo aprovado no supletivo, consiga ingressar na universidade”, disse o advogado Delbo Corado. “Queremos assegurar essa vaga até o segundo semestre e aí tentar, via judicial, que ele faça o CPA [CPA-Supletivo], e no segundo semestre, a gente dê posse do certificado do Ensino Médio dele para conseguir a matrícula”, acrescenta a defesa.

O adolescente afirma que o interesse em fazer a prova do Enem surgiu quanto tinha 12 anos, quando viu a propaganda da avaliação, em 2013. Os planos foram adiados, no entanto, para 2014.

“Acabei pensando que não poderia me inscrever. Comentei com minha mãe que eu só faria Enem quando estivesse no ensino médio. Daí ela me deu a opção de fazer já no ensino fundamnetal. Na época, eu estava na sétima série e ela deu a sugestão de eu fazer em 2014. Em 2014, já sabia que eu iria fazer o Enem desde o início do ano. Mas só comecei a estudar, de fato, em meados de junho de 2014, quando a inscrição já tinha sido feita. Como o Enem é uma prova muito extensa, eu só queria fazer quando não precisasse de tanto empenho para o colégio”, explicou ao G1, na tarde desta terça-feira (3).

No dia da prova, ele lembra que estava “um pouco nervoso”. “Se deparar com 90 questões no primeiro dia, não foi fácil”, afirmou. Do total, ele conseguiu acertar 44 questões. Pensou então que precisaria recuperar os pontos perdidos no dia seguinte e resolveu focar o esforço na prova de matemática, como conta. “É uma matéria que gosto e para recuperar os pontos perdidos no primeiro dia. Acertei 35, das 45 questões. Em português, fiz uma boa nota e, na redação, tenho facilidade e para mim foi fácil”, relatou o garoto.

Ele comenta que considera positivo o tempo para a construção da redação. “Eu consigo criar uma boa base ágil. Tem pessoas que, em uma hora, não acham suficiente. Para mim, isso é mais que suficiente. Quando leio o tema e os textos bases, já tenho a noção do que farei na redação. Isso contribuiu para eu tirar a nota de 760 na redação. Essa foi minha preparação”, comenta.

Felipe já planeja a vida na universidade e imagina a convivência com colegas mais velhos. “Eu acho que vão me considerar super gênio ou coisa assim, mas quero que eles me vejam como uma pessoa normal, igual a todos, e com um mesmo objetivo, que é o de crescer. Não gosto de pensar no futuro, não de uma maneira detalhada. Nunca imaginei que estaria nessa fase. Eu estou indo para a Paraíba não sei quando”, comenta. O adolescente se considera participativo e sociável no colégio. “Desde a alfabetização, eu comecei a aprender coisas mais complexas e pulei do infantil 1 para a alfabetização. Nunca parei. Sempre estudei, me dediquei, sou muito focado”, conta. (G1)

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo