Festejos Juninos 2017 em Limoeiro – PE…

Leia mais »

Mulher de Eduardo Cunha é absolvida por Sergio Moro…

O juiz Sergio Moro inocentou hoje a jornalista Cláudia Cruz, mulher do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB­RJ), dos crimes de lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas. Na sentença publicada às Leia mais »

Governo tem superávit de 12,57 bilhões…

Do Portal G1 As contas do governo federal registraram superávit primário de R$ 12,57 bilhões em abril deste ano, informou ontem (25) a Secretaria do Tesouro Nacional. Trata-se do melhor resultado para Leia mais »

Conheça as regras para adotar uma criança no Brasil…

Aguardando no corredor frio, sentado num banco de cimento, Jefferson Seidler, de 42 anos, sentia as mãos suadas de ansiedade. Eram seus filhos, esperados por tanto tempo, que estavam chegando. A voz Leia mais »

Mais de 1 bilhão de muçulmanos no mundo iniciam o jejum do Ramadã…

Mais de 1,5 bilhão de muçulmanos em todo o mundo (quase a quarta parte da população mundialo) iniciam neste sábado (27) o mês de jejum do Ramadã, o mais importante do calendário Leia mais »

Tag Archives: eleições diretas

Marina diz que Temer ‘sabotou a República’ e pede eleições diretas…

207246,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0

A ex-senadora Marina Silva (Rede) afirmou à reportagem que o presidente Michel Temer “sabotou a República” e não tem mais legitimidade para permanecer no cargo.
Ela defendeu a renúncia de Temer e a realização de eleições diretas para presidente.
“Temer não tem credibilidade, não tem legitimidade e vai para zero de popularidade”, disse Marina, na noite de ontem (17).

“A renúncia é a única coisa que resta ao presidente, se ele não quiser preservar por apenas alguns dias o foro privilegiado”, afirmou.  Marina ressaltou que a sociedade não pode cruzar os braços caso Temer não tome a decisão voluntária de sair. “A renúncia é um ato unilateral. Mas não podemos ficar esperando a consciência dele. Temos que apelar às instituições”, afirmou.A ex-senadora disse que Temer “sabotou a República” ao dar aval ao pagamento de propina a Eduardo Cunha, segundo gravação feita pelo empresário Joesley Batista. Ela disse que a ex-presidente Dilma Rousseff fez o mesmo ao avisar Mônica Moura que ele seria presa, de acordo com a delação da marqueteira.

“PT e PMDB são irmãos siameses. Os dois partidos praticaram os mesmos crimes. Os dois presidentes sabotaram a República”, afirmou.

A ex-senadora disse ver três saídas legais para Temer. “Uma saída é a renúncia. As outras são o impeachment e a cassação no TSE”.

Ela defendeu uma mudança na Constituição para permitir eleições diretas. Para Marina, o Congresso não tem legitimidade para fazer uma eleição indireta, como prevê a regra atual.

Continua…

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo