Eleições 2018 – Propaganda Eleitoral…

A propaganda eleitoral para as eleições só será permitida a partir de 16 de agosto de 2018, dia seguinte ao prazo final para apresentados dos registros de candidaturas (15 de agosto). A propaganda Leia mais »

Uma eleição com cara de dois turnos…

A primeira rodada de pesquisas produzida pelo Ipespe para este Jornal aponta uma eleição em dois turnos na disputa pelo governo estadual. Os números indicam empate técnico entre Paulo Câmara e Armando Leia mais »

Governador institui Programa de Apoio para as Comunidades Terapêuticas do Estado…

O governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (16), no Palácio do Campo das Princesas, o decreto Nº 46.404, que cria o “Programa de Apoio às Comunidades Terapêuticas de Pernambuco”, visando qualificar e Leia mais »

Sociedade dos Criadores de Limoeiro anuncia programação da Exposição de Animais…

No período de 29 de agosto a 02 de setembro, a Sociedade dos Criadores de Limoeiro (SCL) realizará a 40ª Exposição Regional de Animais e 10ª Festa do Agronegócio. O parque Dr. Leia mais »

Nova diretoria da União dos Vereadores do Brasil-PE, tomou posse nessa quinta…

A diretoria da União dos Vereadores do Brasil, seccional Pernambuco, tomou posse na manhã desta quinta (16). A solenidade aconteceu no auditório Senador Nilo Coelho na Assembleia Legislativa de Pernambuco, e contou Leia mais »

Tag Archives: Copa 2018

“Brasil sabe como é ganhar”, diz técnico da Bélgica…

O técnico da Bélgica, Roberto Martínez, deu a sua opinião sobre Brasil e Bélgica, que se enfrentam nesta sexta-feira (6), em Kazan, pelas quartas de final da Copa do Mundo.

Para ele, o que diferencia as duas equipes são os cinco títulos mundiais da seleção brasileira.

“A diferença é clara. As duas equipes são semelhantes em termos de qualidade. Temos talentos na seleção, mas nunca ganhamos uma Copa do Mundo. É assim quando se entra em torneio que não tem o status de já tê-lo vencido. O Brasil sabe como é, ganharam mais que qualquer outro país e se livraram dessa barreira psicológica”, disse o treinador, natural da Catalunha.

“Respeitamos o Brasil pelo que conquistaram. Não significa que vamos aceitar o desafio, além da parte técnica e tática, eles sabem como vencer uma Copa do Mundo”, acrescentou Martínez.

Ele disse que apenas o fato de atuar contra o Brasil já é uma motivação para sua equipe, por conta do histórico do time sul-americano na competição. A seleção venceu em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002.

“Acho que em muitos jogos é preciso qualquer tipo de motivação, mas quando se está nas quartas de final de uma Copa enfrentando o Brasil não precisa de motivação extra. Sabemos nosso trabalho duro, a equipe está pronta e estamos confiantes, e o que importa agora é sermos nós mesmos em campo”, apontou o técnico. (Folhapress)

Neymar comanda vitória contra o México e Brasil vai às quartas da Copa do Mundo…

Graças ao talento de Neymar, autor de um gol e de uma assistência, o Brasil venceu o México por 2 a 0 e se classificou às quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, mandando o adversário para casa nas oitavas pela 7ª vez consecutiva. Diante de uma equipe mexicana perigosa e que ameaçava tomar conta da partida, Neymar apareceu para colocar o Brasil nos trilhos no segundo tempo, iniciando e finalizando a jogada do primeiro gol (51 minutos) e dando passe açucarado para Roberto Firmino selar a vitória brasileira (88).

Criticado por um início de Copa ruim, em que se mostrou irritadiço e individualista na estreia contra a Suíça (1-1) e na suada vitória contra a Costa Rica (2-0), pela fase de grupos, o camisa 10 da seleção mostrou porque é considerado o principal herdeiro de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi na luta pelo trono de melhor jogador do mundo.

Enquanto os monstros português e argentino não foram capazes de evitar eliminações precoces das respectivas seleções nas oitavas de final, Neymar assumiu a responsabilidade na hora do mata-mata e fez a diferença quando o Brasil precisou dele.

A partida também serviu para que Neymar retomasse o protagonismo dentro da própria Seleção de Philippe Coutinho, crucial com dois gols e uma assistência na fase de grupos, num momento em que o companheiro e amigo não conseguia corresponder às pesadas expectativas.

Já do lado mexicano, trata-se do oitavo Mundial consecutivo em que a seleção ‘Tri’ deu adeus nas oitavas de final, mantendo viva a maldição ‘del quinto juego’. Com Neymar na crescente, o próximo desafio do Brasil será nesta sexta-feira em Kazan, onde a Seleção enfrentará Bélgica ou Japão por uma vaga nas semifinais da Copa do Mundo. (AFP)

Desinteresse com a Copa bate recorde e atinge 53% no País…

O desinteresse dos brasileiros com a Copa do Mundo disparou às vésperas do início da disputa na Rússia, marcado para esta quinta-feira (14). O primeiro jogo do Brasil será domingo (17), contra a Suíça, às 15h (horário de Brasília).

Segundo pesquisa nacional do Datafolha realizada na semana passada, 53% dos brasileiros afirmam não ter nenhum interesse pelo Mundial, isso em um ano eleitoral, com a economia fraca e ainda na ressaca de uma manifestação de caminhoneiros que quase paralisou o país. No final de janeiro, o índice de desinteressados era de 42%.

 Segundo o Datafolha, a marca de agora é a pior às vésperas do torneio desde 1994, quando o instituto fez a pergunta pela primeira vez. O desinteresse pelo Mundial da Rússia se destaca entre as mulheres (61%), pessoas de 35 a 44 anos (57%), moradores da região Sul (59%) e aqueles com renda familiar de até dois salários mínimos (54%).

O Datafolha ouviu 2.824 pessoas em 174 municípios na quinta (7) e sexta-feira (8), e a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Nem a boa fase da seleção de Tite, com o topo das eliminatórias sul-americanas, a melhor sequência pré-Mundial desde 1970 e apontada como uma das favoritas ao título, parece empolgar os brasileiros.

Segundo o levantamento, apenas 18% dos entrevistados dizem ter grande interesse pela competição, a mesma fatia dos que afirmam ter médio interesse. Já os que se declaram com pouco interesse com o Mundial chegam a 9%.

A pior marca antes de um Mundial havia sido em 2014, quando 36% disseram não ter nenhum interesse pelo torneio que começaria no Brasil. O cenário, à época, era de gastos bilionários com estádios, muitos deles que depois se transformariam em elefantes brancos, e promessas em série não cumpridas de obras de mobilidade nos estados.

Em 1994, por exemplo, quando a seleção do então técnico Carlos Alberto Parreira chegava aos Estados Unidos pressionada por um jejum de 24 anos sem Copas, apenas 20% dos brasileiros declaravam não ter interesse pela Copa. Na ocasião, a seleção conquistou o tetracampeonato.

A pesquisa mostra ainda que 48% dos entrevistados apontam o Brasil como favorito ao título da Copa da Rússia. (Folhapress)

Fifa sorteia hoje, na Rússia, grupos da Copa do Mundo de 2018…

Nesta sexta-feira (1º), às 13h (horário de Brasília) começa, em Moscou, a solenidade que vai definir os oito grupos da primeira etapa da Copa do Mundo, a ser disputada na Rússia no ano que vem. As rádios Nacional de Brasília e Nacional do Rio vão transmitir os sorteios que serão realizados pela Federação Internacional de Futebol (Fifa).

Cada grupo terá quatro países. Em cada grupo, só podem ser sorteados no máximo dois países europeus e apenas um país de cada uma das confederações restantes. Os 32 países que irão disputar a Copa foram distribuídos em quatro potes com oito seleções em cada. A Rússia, como país-sede, se juntará aos sete melhores do ranking de outubro para formar o pote 1, com todos os cabeças-de-chave. Nesse pote, tem uma bolinha de cor vermelha e outras sete de outra cor. A bola vermelha será a primeira a ser sorteada e nela tem o nome da Rússia, que vai ser a cabeça-de-chave do grupo A.

Em seguida, as outras sete bolas vão sendo sorteadas formando os cabeças-de-chave dos grupos B, C, D, E, F, G, E H. Sempre nessa ordem.

Caso seja sorteada uma seleção que não possa ser colocada por causa das cláusulas previstas, de no máximo duas europeias e uma de cada confederação restante, a sorteada será deslocada para o grupo mais próximo até que atenda as exigências. Quando terminar o pote 1 passa-se para o pote 2 e assim por diante até o pote 4.

Brasil

No pote 2, há algumas restrições: Brasil e Argentina não podem receber em seus grupos Uruguai, Peru e Colômbia. Com isto, só restam cinco alternativas: México, Espanha, Inglaterra, Suíça e Croácia, velhos conhecidos de Copas anteriores.

O México fez parte do grupo do Brasil em 1950, 1954, 1962 e 2014. A Espanha nos anos de 1934, 1962, 1974 e 1986. A Inglaterra em 1958 e 1970. A Suíça em 1950. A Croácia, em 2006 e 2014.

O capitão do penta, Cafu, é um dos craques escolhidos para participar da cerimônia do sorteio das chaves. Cafu disputou quatro Copas, de 1994 a 2006, e é o único jogador a disputar três finais de Copa do Mundo, ganhando duas vezes. Fez 20 jogos de Copa, ganhando 16, empatando um e perdendo três.

Os outros craques do sorteio são o argentino Diego Maradona, os ingleses Gordon Banks e Gary Lineker, o espanhol Carles Puyol, o uruguaio Diego Forlan, o italiano Fabio Cannavaro, o francês Laurent Blanc, o russo Nikita Simonyan (91 anos). O alemão Miroslav Klose apresentará o Trofeu Fifa. (Magno Martins)

Uruguai perde no Peru e Brasil está classificado para a Copa de 2018 …

BByZbNy.img

msn/esportes

Oito vitórias seguidas nas Eliminatórias Sul-Americana e vaga na Copa do Mundo de 2018 garantida com quatro rodadas de antecedência. A Seleção Brasileira de Tite fez história na noite desta quarta-feira e contou com a ajuda do Peru para carimbar a vaga no Mundial do ano que vem. Após vencer o Paraguai por 3 a 0, o Brasil viu o Peru bater o Uruguai por 2 a 1, em Lima, e agora fará apenas “amistosos” nos últimos quatro jogos classificatórios.

Líder das Eliminatórias com 34 pontos, a Seleção não ficará mais abaixo da quarta posição, que garante vaga direta na Rússia – o quinto lugar, hoje ocupado pela Argentina (22 pontos), disputa a repescagem. Como o Uruguai (terceiro, 23 pontos) ainda enfrenta os argentinos, já na próxima rodada, tal confronto direto fará com que ao menos um deles não chegue a 34.

Assim, mesmo que perca para Equador (casa), Colômbia (fora), Bolívia (fora) e Chile (casa), o Brasil estará com um lugar assegurado na Copa do Mundo. Tite terá mais de um ano agora para usar os jogos apenas como preparação.

Após a 14ª rodada, Brasil, Colômbia, Uruguai e Chile estariam classificados e a Argentina estaria na repescagem. Equador, Paraguai e Peru ainda estão vivos na briga por uma vaga. Bolívia e Venezuela ficaram para trás. A Seleção Brasileira volta a jogar, contra o Equador, no dia 31 de agosto. As Eliminatórias terminam em 10 de outubro – o sorteio dos grupos acontece em dezembro.

Continua…

Brasil vence Peru por 2×0 e está matematicamente classificado para a Copa…

copa_0

Com uma vitória por 2 a 0 sobre o Peru nesta quarta-feira (16), a Seleção Brasileira de futebol encerrou o ano de 2016 com 100% de aproveitamento na era Tite e ficou muito perto de uma vaga na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Depois de um primeiro tempo equilibrado, o Brasil se soltou na etapa complementar e levou perigo à defesa peruana. Os dois gols foram marcados por Gabriel Jesus, aos 13 minutos, e Renato Augusto, aos 33.

Com o resultado, a Seleção Brasileira chegou a 27 pontos nas Eliminatórias da Copa e abriu quatro de vantagem sobre o vice-líder Uruguai e oito para a Argentina, quinta colocada. Para o técnico Tite, o Brasil está matematicamente classificado para o Mundial de 2018.

Desde que Tite assumiu o comando da seleção, foram seis jogos e seis vitórias, com 17 gols marcados e apenas um sofrido. A próxima partida da seleção será no dia 23 de março de 2017, fora de casa, contra o Uruguai. (Agência Brasil)

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo