Petrobras anuncia novo aumento para o diesel e a gasolina…

Os preços do diesel e da gasolina voltam a subir nas refinarias a partir desta terça-feira (22). Segundo informações do site da Petrobras, a gasolina subirá 0,9% e o diesel 0,97%. Com Leia mais »

Nicolás Maduro é reeleito na Venezuela…

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, foi reeleito para um novo mandato de seis anos com 67,7% dos votos válidos, um total de 5.823.728 votos, informou a presidente do Conselho Nacional Eleitoral, Tibisay Lucena, quando a apuração contabilizava Leia mais »

Petistas se reúnem no Recife e pedem oficialização de Marília Arraes ao Governo…

Milhares de petistas se reuniram no Clube Internacional do Recife, na Zona Norte da cidade, para reforçar o coro que pede a liberdade do ex-presidente Lula – preso desde 7 de abril pelo caso do triplex Leia mais »

PSDB deve ficar com vice de Armando Monteiro …

Com a definição de que Armando Monteiro será o nome oposicionista para disputar o governo de Pernambuco e que Mendonça Filho será o nome do DEM para a primeira vaga de senador, Leia mais »

Venha pra TiConnect….

    Leia mais »

Tag Archives: Centrais Sindicais

Temer pela Previdência: R$ 500 milhões para centrais…

Em meio às negociações para a aprovação da reforma da Previdência, o Planalto fez um aceno às centrais sindicais que se opõem às mudanças. Michel Temer garantiu que baixará portaria semana que vem para liberar o pagamento de cerca de R$ 500 milhões em verbas do imposto sindical que estavam retidas na União. O dinheiro é fruto de um acordo entre as entidades, o MP, a Caixa e o governo. O ministro Ronaldo Nogueira (Trabalho) vai assinar o texto.

 Os R$ 500 milhões foram bloqueados por falhas no preenchimento de dados obrigatórios para o pagamento.

A baixa adesão do PSD à reforma da Previdência fez do ministro Gilberto Kassab (Comunicações) alvo de forte pressão. Os entusiastas do texto dizem que se ele não fechar questão “para valer”, ameaçando cortar verbas de quem não apoiar o governo, só entregará 15 votos.

PMDB e PP são os partidos com maior adesão ao texto. O PSDB, em vez de avançar na discussão, refluiu. A maioria da bancada de deputados boicotou reunião que discutiu a reforma e mandou avisar que nem sequer quer declarar voto no plenário. A disposição é a de não dar quorum. (Painel – Folha de S.Paulo)

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo