Fernando Bezerra Coelho comanda audiência pública no Recife…

Nesta sexta-feira (27/04) o presidente da Comissão Temporária para a Reforma do Código Comercial, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), irá coordenar uma audiência pública para discutir a atualização e sistematização das normas Leia mais »

Mesmo com pesquisa em mãos, oposição ainda não definiu nomes da majoritária…

Por Inaldo Sampaio Ficou pronta a pesquisa encomendada pelas oposições para embasar a definição dos seus candidatos a governador, vice e senadores. Ela foi apresentada aos senadores Armando Monteiro e Fernando Bezerra, Leia mais »

Barragem de Pedra Fina começa a transbordar…

A barragem de Pedra Fina localizada na zona rural do município do Bom Jardim, agreste pernambucano, está próxima de ultrapassar a sua capacidade máxima de armazenamento e começar a transbordar. A Barragem de Pedra Leia mais »

Armando participa do Congresso de vereadores na sexta…

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) participa, nesta sexta-feira, da solenidade de abertura do Congresso de Vereadores e Servidores de Câmaras Municipais e Prefeituras. O evento, organizado pela União dos Vereadores de Pernambuco Leia mais »

Sílvio Borba é eleito presidente da Câmara de Vereadores de Machados…

Na quarta reunião ordinária da Câmara Municipal de Machados, que aconteceu nessa terça-feira (24), foi realizada a eleição para a mesa diretora, referente ao biênio 2019/2020. De acordo com o setor administrativo Leia mais »

Tag Archives: 2018

Oposição pode apostar em nomes novos para o governo …

Nas eleições de 2014 o então governador Eduardo Campos optou para a sua sucessão por um nome que na ótica dele envelheceria a candidatura de Armando Monteiro, que era o virtual adversário do PSB naquele pleito, que acabou se consumando como candidato. A opção por Paulo Câmara estava sendo feita na esteira de uma tese defendida por ele próprio de apresentar o novo, mas evidentemente Eduardo estava amparado em pesquisas qualitativas que sinalizavam não só o desejo de continuidade como um nome que representasse uma nova forma de fazer política.

Nas eleições deste ano, o desejo pelo novo fica mais latente, uma vez que a população está saturada dos chamados políticos profissionais. Por este motivo o nome de Marília Arraes vem se constituindo na grande novidade do pleito. Marília é neta de Arraes, prima de Eduardo, petista, lulista e principalmente jovem, o que tem impulsionado seu projeto em todas as camadas sociais.

Com Paulo Câmara que ainda tem uma imagem jovem e Marília Arraes que tem representado a novidade neste pleito, não resta outro caminho para a oposição do que apresentar uma chapa jovem para o pleito. O nome do deputado federal Fernando Filho, que teve uma exitosa passagem pelo ministério de Minas e Energia, para o governo de Pernambuco poderia significar um nome novo em relação a Armando, FBC e o próprio Mendonça Filho, e teria a garantia do empenho do senador Fernando Bezerra Coelho para o projeto oposicionista.

Para contrabalancear a chapa, a oposição poderia indicar o deputado estadual Silvio Costa Filho, que é um nome metropolitano, está no terceiro mandato na Alepe, e assim como Fernando Filho possui uma imagem jovem para vender ao eleitor. Para o Senado, como o cargo requer uma maior experiência, inclusive a idade mínima para a disputa é 35 anos, os nomes de Armando Monteiro e Mendonça Filho surgiriam como o complemento a um projeto jovem que estaria sendo apresentado pela oposição.

Evidentemente que essa chapa correria riscos, mas ainda que saísse derrotada por Paulo Câmara, a oposição estaria forjando dois nomes para pleitos majoritários com chances reais de vitória no pós-PSB. Na eventualidade de uma vitória, o que não estaria completamente descartada, haveria a quebra de um ciclo do PSB e o início de um projeto que poderia dar espaço a nomes como Priscila Krause, Daniel Coelho, Bruno Araújo e outras lideranças políticas que representariam uma renovação na política estadual.

Inferno – Em Brasília muitos parlamentares ficaram perplexos com o inferno astral que o PSDB está enfrentando. Diferentemente do PT que tem lastro social e um líder para apontar um caminho, que é o ex-presidente Lula, as principais lideranças tucanas seguem patinando desde que houve o impeachment de Dilma Rousseff. (Por Edmar Lyra)

Prazo estipulado pela oposição será prorrogado…

Por Edmar Lyra

No penúltimo evento da oposição realizado em Caruaru em março, a oposição formada pelos senadores Armando Monteiro e Fernando Bezerra Coelho e pelos ex-ministros Bruno Araújo, Fernando Filho e Mendonça Filho, anunciou que seria apenas uma candidatura a governador e que o nome seria anunciado no dia 20 de abril. Passados quase dois meses do ato em Caruaru e duas semanas do realizado em Ipojuca, a oposição está longe de ter definido quem será o seu candidato a governador em outubro.

Os nomes se afunilaram para Mendonça Filho, Armando Monteiro, Fernando Filho e ainda Fernando Bezerra Coelho, que segue na disputa pelo MDB. Porém Mendonça, Armando e Fernandinho em sendo candidatos a governador estarão arriscando mandato, o que tem deixado todos os possíveis nomes com muito receio, uma vez que não há indicativo de que a oposição será favorita na disputa. Só quem não teria absolutamente nada a perder mesmo se fosse derrotado é o senador Fernando Bezerra Coelho, que está no meio do seu mandato e em caso de derrota voltaria para o Senado, já o os demais ficariam sem mandato, o que naturalmente poderia significar fim de carreira para alguns destes nomes.

A oposição, diante do exposto, mesmo sem oficializar publicamente, decidiu postergar a escolha, pois ela seria anunciada amanhã se de fato houvesse uma definição. Como não há nenhuma movimentação no sentido do anúncio, há uma avaliação generalizada que o prazo poderá ficar para o mês de maio. Essa indefinição não necessariamente significa sinal de fraqueza, afinal o prazo formal da oposição e até mesmo do governo é agosto, quando encerram as convenções partidárias. Além do prazo elástico, desobrigando a oposição de ter pressa, o grupo tem que entender que a eleição não está na pauta do povo, o que deixa essa definição neste momento completamente desnecessária.

Oficializar o nome do pré-candidato num quadro tão incerto no plano estadual e principalmente no nacional, poderia inclusive ser um erro de avaliação, uma vez que na composição da majoritária da Frente Popular pode sobrar algum insatisfeito que teria chances de migrar para o projeto da oposição. Também há possibilidade de alguma posição a respeito do MDB, que se for favorável a FBC, o deixará na condição de ser candidato governador e facilitaria uma composição com Mendonça e Armando senadores.  Portanto, a prorrogação do prazo, ou até mesmo a não estipulação de uma nova data, é o melhor caminho a ser adotado pela oposição para as eleições deste ano.

Neta de Arraes tenta viabilizar candidatura…

Vinicius Torres Freire – Folha de S.Paulo

Marília Arraes investiu no PT quando o petismo entrava em baixa acelerada. Rompeu com o PSB em 2014, filiou-se ao novo partido em 2016 e em fevereiro deste ano marcava 20% nas pesquisas para o governo de Pernambuco, atrás apenas do governador, Paulo Câmara (PSB).

Marília, 34, vereadora do Recife, é uma rara novidade no Partido dos Trabalhadores. Ainda assim, se fez pré-candidata ao custo de embates duros na cúpula local do partido, que tendia a se aliar ao governador.

O PSB foi o partido do final da vida de Miguel Arraes (1916-2005), avô de Marília, governador de Pernambuco por três vezes, a primeira em 1963-1964, quando foi cassado e preso pela ditadura. Foi o partido de Eduardo Campos, seu primo e também neto de Arraes, morto em acidente de avião quando candidato a presidente, em 2014.

Marília desentendeu-se de vez com o PSB em meados de 2014. Comentaristas da política pernambucana dizem que Campos escanteava a prima, privilegiava seu ramo da família e sabotou candidatura dela a deputada federal. Depois do rompimento, foi vítima de ataques sórdidos.

A vereadora evita citar o nome do primo e atribui sua saída a vários conflitos políticos e ideológicos. “Sou muito uma pessoa de partido”, “socialista”, diz, “e o PSB derivava à direita, entre muitos outros problemas”.

Na carta pública em que comunicava seu desligamento, dizia que o PSB teria aparelhado os três Poderes no Estado, que a cúpula do partido era autoritária e bajulava a família Campos.

Em 2014, o PSB local aliou-se ao que Marília chama de “partidos reacionários” (DEM, PSDB, MDB e PPS) e ao PSDB de Aécio Neves e “à curriola da direita”. No estado, fez campanha pelo candidato apoiado pelo PT, o senador Armando Monteiro (PTB), ex-ministro de Dilma Rousseff, ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria e um seu provável adversário em 2018.

Marília parece petista de raiz. Critica o “linchamento midiático” de Lula da Silva, “condenado sem provas por Sergio Moro”, parte de uma campanha para barrar nova vitória do ex-presidente, promover uma agenda “antipovo” e destruir as “conquistas” dos anos petistas.

O programa antipovo são as reformas da Previdência e trabalhista, o teto de gastos públicos, a privatização da Eletrobras. Marília é contra a venda das companhias estaduais de água e gás, cogitada pelo governo atual, diz.

Continua…

Os candidatos que tentarão o salto eleitoral em 2018…

Na disputa pelo Senado, Pernambuco poderá ter os deputados federais Jarbas Vasconcelos, Mendonça Filho, Eduardo da Fonte e Silvio Costa, bem como o deputado estadual André Ferreira. Para o governo, além dos senadores Armando Monteiro e Fernando Bezerra Coelho, os nomes de Mendonça Filho e de Fernando Filho estão sendo lembrados para a empreitada. Apenas Humberto Costa deverá fazer caminho inverso, quando abdicará de ser senador para tentar um mandato de federal.

No plano municipal do Recife, muitos vereadores de mandato estão avaliando disputar mandato esse ano. Davi Muniz, Aline Mariano, Antonio Luiz Neto, Wanderson Florêncio, Jayme Asfora, Marco Aurélio e Romero Albuquerque tentarão mandatos na Alepe. Já a vereadora Marília Arraes sonha com o Palácio do Campo das Princesas, mas não descarta ser candidata a deputada federal. Outro que tentará mandato em Brasília é André Regis.

Da bancada estadual que saltará para a Câmara dos Deputados, teremos Silvio Costa Filho e Ossesio Silva, Eriberto Medeiros e Henrique Queiroz, que considera tentar mandato em Brasília, os demais serão candidatos a reeleição porque não se sentem seguros para dar o salto este ano. O caso mais emblemático foi o de Lucas Ramos, que cogitava tentar mandato em Brasília mas terminou recuando.

A tentativa nem sempre é garantida neste salto, e precisa ser feita com bastante solidez. Em 2014 por exemplo, somente André Ferreira e Priscila Krause lograram êxito na empreitada de sair da Câmara Municipal para a Alepe, já para federal apenas João Fernando Coutinho, Adalberto Cavalcanti, Daniel Coelho e Betinho Gomes conseguiram dar o salto. Portanto, muitos que estão sonhando em mudar de ares precisam estar atentos que não é nada fácil fazer esse movimento sem estar preparado para a empreitada.  (por Edmar Lyra)

Consulta ao lote residual do Imposto de Renda abre nesta segunda…

A Receita Federal abre nesta segunda-feira (9) a consulta ao lote residual de restituição do Imposto sobre a Renda Pessoa Física (IRPF), referente aos exercícios de 2008 a 2017.

O crédito bancário para 78 mil e 500 contribuintes será feito no dia 16 de abril, totalizando R$ 180 milhões. Desse total, mais de R$ 86 milhões são para contribuintes com preferência no recebimento: idosos e pessoas com alguma deficiência física, mental ou doença grave.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone, no 146. Na consulta à página da Receita Federal é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento.

Nessa hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a declaração retificadora. A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá solicitar pela internet.

Segundo a Receita, caso o valor não seja creditado, é preciso ir pessoalmente a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, pelo telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

A espera acabou! Náutico é campeão pernambucano 2018; veja fotos…

A espera acabou. Após 13 anos de ansiedade, o Náutico voltou a soltar o grito que estava preso na garganta. Na temporada em que busca uma reconstrução dentro e fora dos gramados após o trauma do rebaixamento à Série C, os alvirrubros deram um passo importante para voltar ao protagonismo no Estado. 

O título do Campeonato Pernambucano 2018 veio em um jogo com polêmicas de arbitragem e tensão até o último segundo. Foi no sufoco, mas o triunfo por 2×1, diante do Central, neste domingo (8), na Arena de Pernambuco, fez os torcedores extravasarem toda a emoção que estava guardada desde 2004. O Timbu é campeão.

Empurrado pelos alvirrubros, os mandantes quase abriram o placar aos quatro minutos. Wallace Pernambucano cobrou falta na medida, a bola bateu na trave e por pouco não morreu nas redes. Após o susto, a Patativa superou o adversário nas ações ofensivas, chegando principalmente em cruzamentos na área.

Ficha técnica:

Náutico 2

Bruno; Thiago Ennes, Camacho, Camutanga e Kevyn; Negretti, Wallace Pernambucano (Jobson) e Júnior Timbó (Clebinho); Rafael 
Assis (Wendel), Robinho e Ortigoza. 
Técnico: Roberto Fernandes

Central 1
França; Gago, Danilo Quipapá, Vitão e Charles; Douglas Carioca (Itacaré), Eduardo Erê, Fernando Pires e Júnior Lemos (Issa); Leandro Costa e Gildo (Lucas Silva). 

Técnico: Mauro Fernandes

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Árbitro: Nielson Nogueira. 
Assistentes: Clóvis Amaral e Cleberson Nascimento
Gols: Ortigoza (aos 43 do 1ºT), Jobson (aos 12 do 2ºT) e Leandro Costa (aos 26 do 2ºT)
Cartões amarelos: Gago, Eduardo Erê(C); Camacho, Jobson, Ortigoza, Kevyn (N)
Publico: 42.350 pagantes
Renda: R$ 956.695,00

(Folha de Pernambuco)

Baile de Páscoa 2018, em João Alfredo…

21

 

Armando Monteiro atende pré-requisitos que são cobrados pela sociedade …

O senador Armando Monteiro está cada vez mais decidido a disputar pela segunda vez o governo de Pernambuco este ano. Com uma trajetória essencialmente vitoriosa, Armando conquistou três mandatos de deputado federal e um de senador, tendo sofrido apenas uma derrota em sua breve vida pública, que foi a disputa passada pelo governo de Pernambuco.

Armando goza de credibilidade e prestígio tanto no meio político quanto no meio empresarial, tem um partido para chamar de seu e lidera um grupo representativo de deputados e prefeitos. Já foi presidente da Fiepe e da Confederação Nacional da Indústria, bem como exerceu por um ano o cargo de ministro do Desnvolvimento, Indústria e Comércio.

Mesmo tendo participado ativamente da política nacional nos últimos vinte anos, quando tivemos escândalos do Mensalão e agora do Petrolão, em nenhum momento o nome do senador figurou em qualquer lista que pudesse desabonar sua conduta. Isso faz de Armando um político diferenciado e sintonizado com a população que vem cobrando ética na política nas redes sociais e no dia a dia.

Faltando sete meses para a disputa pelo Palácio do Campo das Princesas, Armando Monteiro pode representar nas eleições deste ano não somente uma mudança de comando em nosso estado, mas alguém que se preparou a vida inteira para exercer o cargo que já foi ocupado pelo seu avô Agamenon Magalhães.

Se Armando souber enfatizar as suas credenciais durante a campanha eleitoral será um adversário difícil de ser batido porque poderá chamar o eleitorado a razão e pedir-lhe a oportunidade que foi negada em 2014 de ser governador de Pernambuco, mas que agora poderia ser dada por tudo o que ele representa para Pernambuco, que é o de alguém que primou pela ética e pela dedicação ao estado durante toda sua vida pública. (Edmar Lyra)

Armando não tem como abrir pra FBC, nem o contrário…

Agora que Armando Monteiro e Fernando Bezerra Coelho têm seus respectivos partidos, e ambos desejam chegar ao Palácio do Campo das Princesas, a oposição está num dilema muito grande para ver quem será o candidato a governador numa eventual candidatura única. Armando é líder nas pesquisas, possui um grupo formado por quatro partidos e não tem motivo nenhum para abdicar do seu projeto de ser governador para qualquer outro candidato. Já o outro senador, FBC, conquistou o MDB no argumento de que seria candidato a governador. Não tem sentido o MDB deixar de ser linha auxiliar do PSB em Pernambuco para ser linha auxiliar do PTB.

Além do mais, Fernando mesmo em baixa nas pesquisas não tem o que perder sendo candidato a governador. Na pior das hipóteses, ele construirá seu nome em Pernambuco, visto que ainda é muito desconhecido do eleitor pernambucano. Está no meio do mandato de senador e tem vontade de ser governador acalentando esse desejo há anos. Se abrisse para qualquer candidato estaria cometendo um erro histórico. Quem acompanha os bastidores da política sabe que a oposição dificilmente chegará ao consenso de lançar uma candidatura. Os dois nomes deverão ser colocados no cardápio eleitoral para que a população possa fazer sua escolha em outubro. (Edmar Lyra)

Receita recebeu mais de 500 mil declarações do IR em dois dias…

A Receita Federal recebeu 522.576 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) até as 17h de nesta sexta-feira (2), segundo dia de entrega. O total equivale a 1,8% dos 28,8 milhões de documentos esperados para este ano. O programa de preenchimento da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2018, ano-base 2017, está disponível no site da Receita. O prazo para a entrega da declaração vai até as 23h59min59s de 30 de abril.

Está obrigado a declarar quem recebeu, no ano passado, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70. No caso da atividade rural, deve declarar quem teve receita bruta acima R$ 142.798,50. A declaração poderá ser preenchida por meio do programa baixado no computador ou do aplicativo Meu Imposto de Renda para tablets e celulares. Por meio do aplicativo, é possível ainda fazer retificações depois do envio da declaração.

Outra opção é mediante acesso ao serviço Meu Imposto de Renda, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), no site da Receita, com uso de certificado digital. Também estão obrigadas a declarar as pessoas físicas residentes no Brasil que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil; que obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens e direitos, sujeito à incidência do imposto ou que fizeram operações em bolsas de valores; que pretendem compensar prejuízos com a atividade rural; que tiveram, em 31 de dezembro de 2017, a posse ou a propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; que passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e assim se encontravam em 31 de dezembro; ou que optaram pela isenção do IR incidente sobre o ganho de capital com a venda de imóveis residenciais para a compra de outro imóvel no país, no prazo de 180 dias contados do contrato de venda.

Continua…

Eleições 2018: PP e Força no palanque presidencial de Rodrigo Maia…

Os comandantes do PP, Ciro Nogueira (PI), e do Solidariedade, Paulinho da Força (SP), vão à convenção do Democratas prestigiar o lançamento de Rodrigo Maia(DEM-RJ) ao Planalto. Nenhum dos dois foi à reunião do PSDB que elegeu Geraldo Alckmin presidente do partido, no ano passado.

A convenção do DEM será na próxima semana. Em maio, Paulinho quer levar o presidente da Câmara à festa do Dia do Trabalho de sua central em São Paulo.

Paulinho pretende colocar Maia no palco da Força Sindical ao lado de outros pré-candidatos ao Planalto, entre os quais o ex-presidente Lula. (Agência de Notícias)

Hoje (18) tem Carnaval em Surubim…

Domingo (18)
Trios elétricos – Cortejo Cultural
8h – Bloco Levanta Defunto
10h – Bloco “As Bonecas”
14h – Maracatu Leão Formoso
15h às 20h – Blocos Líricos

Polo Capiba
22h15 – Geraldinho Lins

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo