Apaixona Bom Jardim…

Leia mais »

Deputado Zé Maurício esclarece incidente em audiência pública realizada na Alepe…

Em virtude da situação inesperada de desentendimento com o deputado Joel da Harpa, ocorrida após a Audiência Pública sobre o Pacto pela Vida (PPV) ontem (19), no auditório Sérgio Guerra da Assembleia Leia mais »

II Festa Retrô Entre Amigos – João Alfredo-PE…

Leia mais »

Segundo FPM do mês será 14,05% menor que do ano passado…

O segundo repasse do Fundo de participação dos Municípios (FPM) do mês será 14,05% menor do que o valor repassado em 2016, considerando os efeitos da inflação. A estimativa de redução é Leia mais »

Tasso diz a aliados que deixa presidência do PSDB se Aécio não renunciar…

O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), disse a aliados que vai deixar o comando do partido caso Aécio Neves (PSDB-MG) não renuncie definitivamente ao posto na semana que vem. Em conversas reservadas Leia mais »

Amigos e familiares dão último adeus ao médico Fernando Calixto…

Foi sepultado na manhã deste sábado (16), no Cemitério Memorial Vale da Saudade, em Igarassu, Região Metropolitana do Recife, o corpo do médico Fernando Calixto. Ele faleceu por volta das 10h desta sexta-feira (15), no Hospital da Beneficência Portuguesa, na capital pernambucana, onde estava internado tratando um câncer na garganta e na boca.

Dr. Fernando Calixto, como era conhecido, ia completar 66 anos em 4 de outubro próximo. Por muitos anos, ele atendeu nas especialidades de ginecologia e obstetrícia no Hospital São Luiz, em Surubim, nas unidades básicas de saúde em João Alfredo e na Unidade Mista Joana Amélia Cavalcanti, também localizada naquele município. O médico era irmão da ex-secretária de Saúde de João Alfredo, Conceição Calixto. Ele também atuou na Unidade Mista Cecília Leal de Miranda (UMCLM), na cidade de Casinhas.

O velório aconteceu das 19h da sexta-feira até às 10h deste sábado, no próprio Hospital da Beneficência Portuguesa, de onde o féretro foi levado para o sepultamento. Funcionários do Hospital São Luiz se reuniram em um ônibus e seguiram até Recife para a despedida do profissional. (Blog Mais Casinhas)

Aos 104 anos, homem perde aposentadoria após ser dado como morto…

Belarmino Alves dos Santos, de 104 anos, perdeu o direito à aposentadoria após descobrir que havia uma certidão de óbito no nome dele, no município baiano de Alagoinhas. O documento foi emitido em 2008 e encontrado quando a esposa dele tentou fazer uma nova identidade para o marido. “No cartório, disseram que não tinham como liberar a identidade dele porque ele estava morto. Deram o atestado de óbito”, contou a esposa, Maria da Conceição, de 51 anos, ao portal de notícias do G1.

O aposentado estaria morto desde 2003, mas atualmente ele se encontra muito saudável e precisa do dinheiro para sustentar a mulher e os dois filhos. A aposentadoria era a única fonte de renda da família e agora o aluguel da casa está atrasado e o dono do imóvel já pediu que eles saíssem do local.

Para se alimentar, a família de Belarmino está contando com a ajuda dos vizinhos e qualquer outra pessoa que se solidarize com a situação. A geladeira da casa contém apenas água e algumas verduras, enquanto no armário só se encontra 1 kg de feijão e 1 kg de farinha. Ao descobrir a respeito da certidão de óbito, ele ficou preocupado. “Eu bati o coração. Você é doido? Estou vivo. Olha eu aqui. Que brincadeira? Só sei que eu estou vivo”, contou.

O casal procurou a Defensoria Pública da Bahia e está tentando agilizar o processo para regularizar a situação da família. Em nota, a Defensoria informou que um ofício foi enviado à agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Alagoinhas, explicando o que houve; no entanto, a aposentadoria de Belarmino continua suspensa. (Diário de Pernambuco)

TiConnect com você…

 

Entrevista: Temer decide responder denúncia de Janot…

O presidente Michel Temer fará neste sábado (16) um pronunciamento para rebater a segunda denúncia apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Ele tomou a decisão depois de conversar com seu advogado, Antonio Cláudio Mariz, nesta tarde, em São Paulo.

Segundo a Folha apurou, Temer falará a jornalistas no Palácio do Planalto, provavelmente à tarde.

A ideia do pronunciamento, cujo texto ainda não foi fechado, é rebater a denúncia de organização criminosa e obstrução de Justiça, apresentada por Janot na quinta-feira (14) e ir para um confronto direto contra ele, que fica no cargo somente até domingo (17).

Após a denúncia, o Palácio do Planalto rebateu a acusação em nota, segundo a qual a peça da Procuradoria-Geral da República está “recheada de absurdos” e Janot “continua sua marcha irresponsável”.

O pronunciamento deve seguir a mesma linha.

O entorno do presidente tem qualificado a nova denúncia como frágil, sem novidades e sem provas. (Folha de S.Paulo – Daniel Carvalho)

Le Monde: Brasil tem overdose de escândalos políticos…

Matéria publicada ontem (15) pelo Le Monde fala sobre as novas acusações do  procurador-geral da República Rodrigo contra o presidente Michel Temer.

O diário salienta: “Janot lançou sua última flecha ha alguns dias de deixar o cargo”. 

Monde descreve Rodrigo Janot como “importante figura na luta contra a corrupção e um feroz caçador de políticos, além de lembrar que seu mandato expira dia 17.

Na acusação contra Michel Temer ao Supremo Tribunal, o procurador acusou o presidente de “participação em uma organização criminosa” e “obstrução da justiça”.

Monde destaca a iniciativa de Janot como “histórica que, em um Brasil transformado em um vaudeville* onde os casos de dinheiro sujo se tornaram tão frequentes que acabaram parecendo algo normal”.

Esta é a segunda denúncia apresentada em menos de dois meses contra o presidente e pode levar à sua demissão. A primeiro, por “corrupção passiva”, foi bloqueada pelo Congresso, lembra o periódico. Graças ao apoio de um terço dos deputados, o chefe de Estado escapou de ir a julgamento.

Mandato tampão pode dar visibilidade à candidatura Meirelles…

José Antônio Severo – Blog Os Divergentes

O ministro da Fazenda Henrique Meirelles emerge de forma inevitável no cenário sucessório. Ele administra o único caso de êxito visível do binômio Dilma/Temer, desde que a dupla reassumiu seus mandatos em 2015 e, em sequência, um depois do outro, dão sua colaboração para a História do Brasil.

A trajetória de Fernando Henrique autoriza esta formulação. Além disso, quando o nome do ministro apareceu em 2015 como tábua de salvação para Dilma Rousseff, no mercado duvidava-se que ele se dispusesse a receber ordens daquela presidente. A única explicação para sua concordância seria que seu mentor, o ex-presidente Lula, prometera-lhe o comando do governo como um primeiro ministro virtual e a posterior candidatura à sucessão. Não deu certo. Dilma rechaçou e foi o que se viu.

Com Temer, Meirelles voltou. Como se comandasse um governo paralelo, imune às tropelias, ele pilota a economia em céu de brigadeiro, embora à frente já se avistem alguma nuvens de trovoada. A dúvida é saber até quando o setor privado conseguirá sustentar, sozinho, a estabilidade, enquanto o setor público afunda-se incontrolavelmente. Desafio para o mago Meirelles, que mantém a nave voando só na confiança dos passageiros. É uma proeza moral e política. Credencia-se.

A dúvida é saber como Meirelles poderá ganhar visibilidade para ser um candidato numa democracia de massa, com quase 150 milhões de cabeças, cada qual com sua sentença.

Seu ministério é e não é uma boa vitrine. No dia a dia um ministro da Fazenda fala de assuntos pouco compreensíveis, não só para o povo em geral, mas até para segmentos aparentemente letrados. Câmbio, base monetária, regulamentos, são temas áridos. Entretanto, quando fala ao bolso da cidadania é logo entendido. Haja vista a popularidade de outros ministros que fizeram milagres: Dilson Funaro, com seu Plano Cruzado, não fosse a gulodice do PMDB, seria imbatível nas eleições de 1989. Fernando Henrique, com o Real, acertou em cheio. Se Meirelles tirar o Brasil do buraco terá muitas possibilidades de empolgar.

Isto explica a sofreguidão do PSD de colocar seu nome na pauta. Mas não é tudo. Pode ter mais por baixo da linha d’água. Uma delas: Temer cassado deve haver eleição indireta; Temer desincompatibilizando-se para concorrer ao legislativo, também deve-se eleger outro presidente para um brevíssimo mandato “tampinha”. Meireles seria o candidato.

Então aí vem aquele incômodo no Palácio do Planalto revelado por Helena Chagas. Meirelles presidente por alguns poucos meses, dois ou três, contando-se os prazos em caso de afastamento voluntário do atual presidente. Ele ganha a visibilidade necessária para concorrer com força à reeleição. Este sim seria um fato novo de grande relevância eleitoral num quadro de nomes fracos ou muito desconhecidos.

Há alguns obstáculos, mas nada que não possa ser superado, tal como a manutenção dos diretos políticos da presidente “empichada”. Uma coisa é certa: há mais um ator no palco.

Janot se emociona e chora ao finalizar uma era no MPF…

Blog do Matheus Leitão

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chorou e se emocionou ao completar 61 anos, ontem, justamente no seu último dia à frente do Ministério Público Federal. Alvo de críticas, acusações e infortúnios recentes, como as suspeitas envolvendo a delação dos executivos da JBS, Janot viveu um voo turbulento, como previsto neste espaço há dois anos, ocasião em que ele assumiu seu segundo mandato.

A saída de Janot da chefia do Ministério Público Federal não é somente o fim de uma gestão. É também o ponto final de uma Era dentro do órgão investigador. O procurador-geral é o último integrante dos “tuiuiús”, apelido dado a um grupo que, na década de 90, assim como a ave pantaneira, tinha dificuldade em levantar voo.

Os tuiuiús assumiram a liderança com Claudio Fonteles, mas também com Antonio Fernando de Souza e Roberto Gurgel, que comandaram a investigação no mensalão do PT. Na década de 1990, eles – Janot, Fonteles, Souza e Gurgel – eram a oposição a Geraldo Brindeiro, o procurador geral dos oito anos do governo Fernando Henrique Cardoso. Não assumiram cargos importantes.

Mais jovem daquele grupo, coube a Janot fazer o arremate final dos 14 anos dos tuiuiús à frente do MPF. Mais do que isso: sob a batuta dele a Operação Lava Jato, a mais importante do Brasil, atingiu lideranças históricas do país, sacudindo as estruturas do poder. Ao longo desses últimos quatro anos, Janot colecionou desafetos no mundo político e jurídico por seu estilo combativo. Entre os inimigos poderosos acumulados, destacam-se, além do presidente Michel Temer, os senadores Fernando Collor (PTC-AL) e Renan Calheiros (PMDB-AL) e o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes. O ex-presidente Lula o criticou em áudio captado pela operação que acabou se tornando público.

Continua…

Mota debate fortalecimento da produção de frutas…

O secretário de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco, Nilton Mota, foi, quinta-feira (14), ao município de São Vicente Férrer, no Agreste, debater com o prefeito Flávio Régis questões produtivas do município, com o objetivo de impulsionar a produção de frutas na região. Também participaram do encontro o presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (Ipa), Gabriel Maciel, o presidente da Câmara Municipal, Senar, além de vereadores, secretários da prefeitura e técnicos.

O primeiro ponto debatido foi a instalação de uma unidade demonstrativa de Bouveria, que envolve a produção de banana. O segundo ponto foi a readequação da Agroindústria local para fabricação de polpa e sucos. São Vicente Férrer dispõe de quatro mil hectares de plantação de banana, 500 hectares de uva e outros 150 de goiaba; sendo uma área com a produção já caracterizada.

Continua…

Hoje:

16 de setembro é o 259.º dia do ano no calendário gregoriano (260.º em anos bissextos). Faltam 106 para acabar o ano.

  • 1620 – Com 27 m de comprimento, o barco Mayflower parte de Southampton, levando 102 peregrinos, para dar início à colonização da Nova Inglaterra, na América do Norte.

  • 1721 – Fundação do Arquivo Público do Estado de São Paulo, a mais antiga repartição pública da capital paulista.

  • 1732 – Explosão do paiol de pólvora do castelo de Campo Maior devido a uma tempestade, matando grande parte da população local.

  • 1765 – Em Portugal, criam-se as fábricas de serralharia.

  • 1769 – Sebastião José de Carvalho e Melo recebe o título de Marquês de Pombal pelo rei José I de Portugal.

  • 1782 – O Brasão de Armas dos Estados Unidos da América é usado pela primeira vez.

  • 1810 – Início da Guerra da Independência do México.

    Continua…

Reflexão do dia…

Fragmento Bíblico…

ONU condena novo teste balístico da Coreia do Norte…

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, qualificou nesta sexta-feira (15) como “manifesta violação” das resoluções do Conselho de Segurança o novo teste balístico feito pela Coreia do Norte. A informação é da Agência EFE.

O lançamento foi feito na noite de ontem (14), do aeroporto de Pyongyang, a capital norte-coreana. O míssil sobrevoou a ilha japonesa de Hokkaido e caiu 20 minutos depois em águas do oceano Pacífico, a cerca de 2 mil quilômetros do território nipônico. Por meio do seu porta-voz, Guterres condenou o lançamento e pediu aos líderes do regime norte-coreano que parem com essas práticas.

“Esta manifesta violação das resoluções do Conselho de Segurança se produz dias depois que a Coreia do Norte fez seu sexto teste nuclear”, lembra o comunicado.

Na nota, Guterres faz um apelo ao regime de Pyongyang para que aceite “o reatamento de um diálogo sincero sobre a desnuclearização” na região.

O comunicado informa que o tema será analisado por Guterres durante as reuniões que ocorrerão nas Nações Unidas na próxima semana, por ocasião do debate anual de alto nível da Assembleia Geral.

Pouco após saber do novo lançamento, o Conselho de Segurança anunciou a convocação de uma reunião de urgência para hoje, com o objetivo de fazer consultas a portas fechadas.

O novo desafio norte-coreano ocorreu depois que, na segunda-feira passada (11), o conselho aprovou novo pacote de sanções econômicas contra o regime, pelo teste nuclear do último dia 3 de setembro. (Fonte: Agência Brasil)

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo