Ciro critica Bolsonaro: “Nazista fdp”…

Bruno Góes – O Globo O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, discursou ontem, em Goiânia (GO), contra o “militarismo”, “o radicalismo” e a “cultura do ódio”. Terminou sua fala xingando o Leia mais »

Militância de Alckmin contra Bolsonaro no Recife:”Ele não!”…

Em sua chegada para uma palestra sobre pessoas com deficiência, numa faculdade particular do Recife, o candidato a presidente da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, a militância que o aguardava endossou o discurso Leia mais »

Após empate nas pesquisas, Paulo e Armando trocam farpas…

O governador e candidato à reeleição pelo PSB, Paulo Câmara, e o senador e candidato ao Governo de Pernambuco pelo PTB, Armando Monteiro Neto, trocaram diversas farpas, hoje, através de notas enviadas Leia mais »

Bolsonaro “promete salvação”, mas “ameaça o Brasil e a América Latina”, diz The Economist…

A revista inglesa The Economist, referência em todo o mundo, dedica a capa desta semana ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), “a mais recente ameaça da América Latina”. No editorial que repete a manchete, acrescenta o Leia mais »

Um fim de semana para Alckmin, Haddad e Ciro em PE…

Na pesquisa Datafolha, divulgada ontem, Geraldo Alckmin (9%), aparece tecnicamente empatado com Ciro Gomes (13%), que, por sua vez, empata na margem de erro com Fernando Haddad (16%). Os três presidenciáveis estarão Leia mais »

Arquivo Fotográfico

1979jm - CópiaEquipe de handebol da Escola Jarina Maia, no ano de 1979. Quem escala este time?

images100695th - CópiaO jovem Tarcísio Helder Chaves ladeado pelos frades Luiz e Aquino, no dia 06 de junho de 1995, em João Alfredo. 

Reflexão do dia

970433_628048680560213_2081606475_n

Fragmento Bíblico

10177937_840259549343141_1970279300253447172_n

Nos últimos dias, três casos de nudismo foram registrados no RS….

fup20141109400

Uma nova moda parece ganhar as ruas de Porto Alegre: ficar pelado em público. Após dois casos de nudez registrados no intervalo de uma semana, uma terceira mulher foi flagrada correndo completamente nua neste domingo (9) no centro da capital.

A foto foi feita em uma rua nas imediações do Palácio Piratini, a sede do governo gaúcho. Sem nenhuma roupa, a mulher corria apenas com tênis de corrida, boné e óculos escuros para se proteger do sol forte. A temperatura máxima chegou a 30,5ºC neste domingo na cidade.(Do Portal G1)

Você sabe o que é um PALÍNDROMO ?


Um palíndromo é uma palavra ou um número que se lê da mesma maneira nos dois sentidos, normalmente, da esquerda para a direita e ao contrário.

Exemplos: OVO, OSSO, RADAR.

O mesmo se aplica às frases, embora a coincidência seja tanto mais difícil de conseguir quanto maior a frase; é o caso do conhecido:
SOCORRAM-ME, SUBI NO ONIBUS EM MARROCOS

Diante do interesse pelo assunto (confesse, já leu a frase ao contrário), tomei a liberdade de selecionar alguns dos melhores palíndromos da língua de Camões…

ANOTARAM A DATA DA MARATONA

ASSIM A AIA IA A MISSA

A DIVA EM ARGEL ALEGRA-ME A VIDA

A DROGA DA GORDA

A MALA NADA NA LAMA

A TORRE DA DERROTA

LUZA ROCELINA, A NAMORADA DO MANUEL, LEU NA MODA DA ROMANA: ANIL É COR AZUL

O CÉU SUECO

O GALO AMA O LAGO

O LOBO AMA O BOLO

O ROMANO ACATA AMORES A DAMAS AMADAS E ROMA ATACA O NAMORO

RIR, O BREVE VERBO RIR

A CARA RAJADA DA JARARACA

SAIRAM O TIO E OITO MARIAS

ZÉ DE LIMA RUA LAURA MIL E DEZ

 

Pádua Campos

Gasolina mais cara…

Hoje:

10 de novembro:
Dia do Ruralismo.
Dia do Balconista.
São Leão I
Dia do Trigo
 
cursos-cpt-dia-do-ruralismo
Nesta data em:

1549- É convocado o conclave que escolheria o Papa Júlio III.
1937 – É instaurado o Estado Novo no Brasil.
2006 – O Sport Lisboa e Benfica entra para o livro Guiness World Records por ser o clube com mais sócios no mundo.

Nasceram neste dia…

1683 – Jorge II, R ei da Grã-Bretanha (m. 1760).
1759 – Friedrich Schiller, poeta, filósofo e historiador alemão (m. 1805).
1919 – Mikhail Kalashnikov, armeiro russo.

Morreram neste dia…

1891 – Arthur Rimbaud, poeta francês (n. 1854).
1938 – Kemal Atatürk, o “pai” da Turquia moderna (n. 1881).
1990 – Mário Schenberg, físico, crítico e escritor brasileiro (n. 1914).

2006 – Jack Palance, ator de cinema norte-americano (n.1919).

2009 – Ken Wlaschin, escritor e historiador norte-americano, especializado em cinema e ópera (n. 1934).

Arquivo Fotográfico

171011abSessão Solene em comemoração à passagem do 76 aniversário de emancipação política de João Alfredo, na Assembleia Legislativa de Pernambuco, realizada no dia 17 de outubro de 2011. A Mesa foi composta, da esquerda para a direita, por Dimas Santos (vice-prefeito de João Alfredo), Severino Cavalcanti (prefeito de João Alfredo) Oséssio Silva (deputado estadual), Ana Cavalcanti (secretária estadual dos Esportes), Wilson França (pres. da Câmara Municipal de João Alfredo) e Hamilton Arruda (gerente de agência da Caixa em Recife)

171011aNo final da sessão, o prefeito Severino Cavalcanti recebeu uma placa em homenagem ao município de João Alfredo. Na foto, da esquerda para a direita: Dimas Santos (vice-prefeito), Zé Maurício (deputado estadual), Severino Cavalcanti (prefeito), Oséssio Silva (deputado estadual) e Ana Cavalcanti (secretária estadual dos Esportes).

João Alfredo: “Adorai”…

img356

Alemanha celebra 25 anos da queda do Muro de Berlim…

7nov2014---pedestres-passam-por-suportes-com-baloes-brancos-colocados-no-tracado-do-muro-de-berlim-na-capital-alema-a-instalacao-lichtgrenze-muro-de-luz-faz-parte-das-celebracoes-de-25-anos-da-1415363601440_956x500

Mais de 2 milhões de pessoas, de várias partes da Alemanha e de diferentes países, participaram ontem (9) da grande festa em homenagem aos 25 anos da queda do Muro de Berlim. As ruas que circundam o Portão de Brandemburgo, onde um grande palco foi montado para abrigar apresentações artísticas durante todo o dia, foram tomadas pela multidão, que aguardava com ansiedade o lançamento aos céus dos 8 mil balões que recriaram o trajeto do muro durante o fim de semana.

Pouco depois das 19h (16h da tarde em Brasília), com a presença do presidente Joachim Gauck, da chanceler alemã, Angela Merkel, e do ex-líder soviético, Mikhail Gorbachev, os pontos de luz ganharam os céus, relembrando a derrubada do muro e emocionando a multidão. Pessoas se apertavam em busca do melhor ângulo para registrar com suas câmeras o momento histórico. Alguns aplaudiam. Outros, se abraçavam. O alemão Uli Hochstadt, que em 9 de novembro de 1989 viu o Muro de Berlim ser derrubado pelo povo, não tinha palavras pra expressar o que sentia. “É um momento muito importante pra mim. Mal consigo falar, tamanha a emoção”, disse ele.

A festa, que começou cedo e avançou pela noite, contou com várias apresentações, entre elas a do cantor britânico Peter Gabriel, que encantou com uma versão da música Heroes, de David Bowie, acompanhado pela Ópera Estatal de Berlim. Um minuto de silêncio foi feito em honra aos que morreram tentando atravessar o muro. O brasileiro Luiz Alberto, que viu a barreira de concreto de perto quando era criança, em uma viagem à capital alemã, estava fascinado. “Eu vim aqui só pra acompanhar esse evento. É super emocionante, estou vendo a história acontecer”, disse ele.

Ao subir ao palco, Gorbachev, que é reconhecido pela sua importante contribuição para a abertura da ex-União Soviética, foi aclamado pela multidão, mas não discursou. No dia de intensas comemorações, Angela Merkel fez um único discurso durante um evento pela manhã, no Memorial do Muro de Berlim. Ela afirmou que o dia de comemoração da queda do Muro é também um dia para pensar nos que morreram com sede de liberdade. “A queda do Muro nos mostrou que é possível realizar sonhos e que nem tudo deve ficar como está. Esse pensamento, nós queremos dividir com nossos parceiros em todo o mundo”, conclui a chanceler. (Agência Brasil)

“Mandatada”: de onde saiu esta palavra?

dilma-politica-20141105-35-size-598

A presidente Dilma Rousseff não pode ser acusada de deixar comentaristas linguísticos sem assunto. O verbo “mandatar”, que pipocou semana passada em seu discurso sob a forma do particípio “mandatada”, rendeu burburinho nas redes sociais por ser uma palavra ausente não só de todos os dicionários brasileiros, mas também, tudo indica, da língua que as pessoas falam de fato por aqui.

Quer dizer que Dilma inventou um verbo, lançou um neologismo? Não: apenas o importou de Portugal. Embora comece a ganhar suas primeiras e tímidas aplicações no Brasil, “mandatar” – que significa “atribuir mandato ou procuração a” – já tem presença razoavelmente vigorosa no português falado do lado de lá do Atlântico. Vocábulo emergente, não aparece ainda em todos os dicionários lusos: o da Academia das Ciências de Lisboa o ignora, mas o da editora Porto e o Priberam o registram.

“A atitude do ganhador não pode ser nem de soberba, nem de pretensão de ser o último grito em matéria de visão política”, discursou a presidente na quarta-feira 5, ao receber no Palácio do Planalto a cúpula do PSD. “Não pode de maneira nenhuma ter uma visão pretensamentemandatada por um processo qualquer que faz com que não seja necessário nem o diálogo, nem a construção de consensos e pontes.”

Estilo palavroso à parte, o que Dilma disse tem parentesco com uma notícia saída no “Público”, o principal jornal português, em julho do ano passado (além da coincidência engraçada na sigla dos partidos em questão): “O CDS mandatou o líder do partido, Paulo Portas, para renegociar o acordo de coligação com o PSD”.

Em espanhol ocorre algo semelhante: o neologismo mandatar, de idêntico significado, ainda não frequenta os dicionários tradicionais, mas já é reconhecido por lexicógrafos mais inquietos e tem circulação crescente.

Nos dois idiomas o verbo é formado, evidentemente, por mandato + -ar. O curioso é que as prováveis influências para sua recente adoção na Península Ibérica existem há um bocado de tempo: o inglês mandate nasceu no século XVII com o sentido de “ordenar” (o de “delegar autoridade” é de meados do século XX); o francês mandater, “investir alguém de um mandato”, nasceu em 1902.

Por que será que só agora o português e o espanhol – línguas em que nunca estiveram em falta herdeiros do latim mandatum, como “mandato” e “mandatário” – estão indo atrás? E será que Dilma conseguirá mandatar esse novo ente vocabular entre nós? Aguardemos os próximos capítulos. (Veja)

Reflexão do dia

1014004_212850798904429_58821231_n

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo