Marília Arraes foi usada por Humberto Costa para atrair o PSB…

Na reta final das definições sobre as alianças políticas e o indicativo claro de que o PT rifará a candidatura de Marília Arraes para formalizar a aliança com Paulo Câmara, a situação fica mais clara de que desde o início, o senador Humberto Costa usou a pré-candidatura de Marília Arraes para atrair o PSB e garantir sua segurança eleitoral em 2018.

O senador Humberto Costa imaginava que os problemas pessoais envolvendo Marília e a cúpula do PSB seria uma forma de valorizar o seu passe para ser deputado federal na coligação da Frente Popular, mas não contabilizou que Marília seria um verdadeiro fenômeno nesta fase pré-eleitoral, o que naturalmente aumentaria o passe do PT para a equação eleitoral.

Hoje Humberto já não mais pensa em resolver sua eleição de deputado federal. A “mercadoria” Marília Arraes virou algo tão valioso que poderá representar a sua reeleição para o Senado na chapa de Paulo Câmara. Atrelado a isso, está o plano nacional, onde o PT e o PSB caminham para o entendimento em Minas Gerais e até mesmo na eleição presidencial.

No desfecho que está se desenhando, não há outra saída para o PT que não seja a rifada de Marília Arraes, cujo algoz é um velho conhecido do PT, que em 2012 pelo seu projeto pessoal implodiu João da Costa e acabou sendo implodido. Resta saber se, diferentemente de 2012 quando ficou em terceiro lugar para prefeito do Recife, o plano de Humberto terá um final feliz e ele conseguirá a reeleição para o Senado. (por Edmar Lyra)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo