Lula dispara: “Marisa morreu triste por conta da canalhice que fizeram com ela”…

lula

lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu defender a sua imagem e a da ex-primeira-dama Marisa Letícia, em meio a acusações de corrupção levantadas pelas investigações da Operação Lava Jato. Na quadra do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), onde foi realizado o velório de Marisa, Lula se emocionou ao lembrar da história de sua mulher, com quem esteve por 43 anos, e afirmou que não tem medo de ser preso.

“Marisa morreu triste, por conta da canalhice e da maldade do que fizeram com ela”, disse Lula. Sem citar a força-tarefa da Lava Jato ou o juiz Sergio Moro, responsável pela maior parte dos casos em que ele e Marisa são investigados, Lula disse que vai lutar para que “os facínoras tenham um dia a humildade de pedir desculpas”.

Em dezembro, Marisa Letícia se tornou ré, ao lado de Lula, em uma investigação da Lava Jato. Como tem feito desde o início das acusações, Lula reafirmou sua inocência. “Se alguém neste país tem medo de ser preso, este que está enterrando sua mulher hoje não tem”, afirmou o ex-presidente. “Tenho a consciência tranquila e não sou eu que tenho que provar que sou inocente. Eles que precisam provar que as mentiras que estão contando são verdadeiras”.

Continua…

Em sua última declaração, em meio às lágrimas, Lula falou diretamente com Marisa Letícia. “Companheira, descanse em paz. O seu Lulinha paz e amor vai continuar lutando muito para defender sua honra e sua imagem”, afirmou. Na sequência, o local do velório foi tomado pela comoção e por gritos de “Olê, olê, olá, Lula, Lula” e “Marisa, Marisa”.

Antes, Lula o simbolismo do Sindicato dos Metalúrgicos, local onde conheceu Marisa. “Aqui eu aprendi a falar, perdi o medo do microfone, aqui decidimos combater a ditadura, criamos o novo sindicalismo, pensamos em criar a CUT, criar o PT, e todas as greves que foram feitas”, disse.

Lula lembrou o passado humilde de Marisa, que começou a trabalhar aos 11 anos como empregada doméstica, e agradeceu o apoio dela em sua trajetória. “A Marisa sustentou a barra para que eu me transformasse no que me transformei”, disse Lula.

“Sou o resultado da consciência política dos trabalhadores brasileiros. Sou resultado das greves, mas também de uma menina que parecia frágil, mas que me deu a segurança que eu podia viajar pra apoiar candidatos, para apoiar greves, criar sindicatos, que ela seguraria a barra”.

Lula relembrou as histórias de nascimento de seus três filhos e contou que não acompanhou nenhum dos partos por conta dos compromissos políticos. “Nunca estive presente, por causa do PT, da CUT, das greves”, disse. “Às vezes sinto culpa, mas às vezes acho que é assim mesmo”.

O ex-presidente disse que pensou em nomear Marisa como ministra, mas que sempre desistiu da ideia. Ainda assim, afirmou ele, “ela tinha muito mais importância que os ministros”. “Ela sempre me dizia: Lula, não esqueça nunca de onde você veio e pra onde você vai voltar’”, afirmou. (Fonte: Edenevaldo Alves)

5 Responses to Lula dispara: “Marisa morreu triste por conta da canalhice que fizeram com ela”…

  1. Jeová Ferreira disse:

    O Lula, poderoso chefão é um grande cara de pau. Haja Peroba.

  2. Brunno Sobral disse:

    Eu conheço apenas dois bandidos que tiveram coragem de aproveitar um momento de tragédia familiar para tentar levar vantagem política. O Severino Cavalcanti quando um dia após enterrar seu filho Junior fez um evento numa churrascaria em em Recife para lançar a filha Ana candidata a deputada, e o Lula que fez um comício no enterro da mulher.

  3. zevalter disse:

    CARA DE PAU, HIPÓCRITA, DISSIMULADO E MENTIROSO…Em suma, um grande filho da puta!!!

  4. Jeová Ferreira disse:

    Bruno Sobral = Você mesmo deu-lhes o merecido adjetivo = BANDIDOS
    Sem mais comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo