Gleisi sinaliza para Marília e vai à mesa com Siqueira…

O encontro do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, com a dirigente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, ficou agendado, segundo lideranças socialistas, para a próxima terça-feira. Em paralelo, o grupo de Marília Arraes, pré-candidata ao Governo de Pernambuco, estaria aguardando um chamado de Gleisi para breve. Uma sinalização já fora dada pela dirigente nesse sentido. A vereadora tem agenda no interior no final de semana, mas, caso seja solicitada, pode até embarcar para Brasília. Nas coxias do PT, o que circula é que o PSB esticou a corda demais para decidir. Em paralelo, membros do PSB avaliam, em Pernambuco, que o PT está “baratinado”.

Lideranças nacionais socialistas também demonstram impaciência. “A verdade é que eles (petistas) estão com muitos dirigentes batendo cabeça”, observa um deputado federal. Faz-se uma leitura, no PSB, de que o PT executou movimentos na direção dos dois estados mais importantes para a legenda: São Paulo e Pernambuco. “Mas nem um nem outro ficaram amarrados. Se conversa com uma pessoa e ela diz uma coisa, você vai conversar com outra e ela fala outra coisa”, assinala um parlamentar, referindo-se a um desecontro de informações dentro do PT. Ontem, após visita ao ex-presidente Lula, o líder do MST, João Pedro Stedile e o ex-presidente do PT, Rui Falcão, deram recado à militância do PT-PE : “Se eu estivesse no PT de Pernambuco, já estaria em campanha pela Marília Arraes”. Após passar a informação, Stedile pede que Rui Falcão a repita. O vídeo animou a ala que defende candidatura própria em Pernambuco e a sinalização dada por Gleisi deixou no ar que uma definição do cenário está próxima. (Por Renata Bezerra de Melo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo