Evangélicos e “candidatos de prefeituras” deverão representar maioria dos novatos na Alepe …

Faltando menos de quatro meses e com um quadro dificílimo para a viabilização de recursos para a campanha eleitoral devido a proibição do financiamento privado de campanha, as vagas que representarão a renovação na Assembleia Legislativa de Pernambuco deverão ser compostas em sua maioria por nomes que chegam amparados pelo segmento evangélico ou por conta do apoio estrutural de importantes prefeituras.

O caso emblemático é o do ex-deputado Manoel Ferreira (PSC), que está há oito anos distante da Assembleia Legislativa de Pernambuco. Manoel será candidato com o aval do segmento evangélico que lhe dá uma significativa partida, e também contará com a retaguarda da prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, comandada por Anderson Ferreira, seu filho. Todos apostam que ele não só será eleito como também contará com uma expressiva votação e possui cadeira cativa na Alepe.

Na vizinha Cabo de Santo Agostinho, o prefeito Lula Cabral, que é bem-avaliado e governa a cidade pela terceira vez, colocou a publicitária Fabiola Cabral para tentar um mandato na Casa Joaquim Nabuco. Ela tem todas as condições de ser a segunda mais votada do PP, perdendo apenas para Cleiton Collins, que tem tudo para ser novamente o mais votado do pleito e consequentemente do seu partido.

Em Olinda não é diferente, o prefeito Professor Lupercio que foi deputado estadual e está realizando uma gestão bem-avaliada na Marim dos Caetés, decidiu lançar Claudia de Lupercio, a primeira-dama do município, pelo Solidariedade. Se em 2014 ele foi eleito com menos de 25 mil votos, há quem diga que Claudia poderá alcançar uma votação ainda melhor, uma vez que o prefeito faz uma gestão infinitamente melhor que seus antecessores e será um importante cabo eleitoral na cidade.

Além dos já citados, existem os nomes de Antonio Coelho (DEM), que será apoiado pelo irmão e prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, e tem todas as condições de ser um dos mais votados da oposição, de Aglailson Victor (PSB), que será apoiado pelo pai Aglailson Junior, prefeito de Vitória de Santo Antão, Alessandra Vieira (PSDB), primeira-dama de Santa Cruz do Capibaribe, deverá chegar a um mandato na Alepe sem sustos, e Romero Sales (PTB) que terá o apoio da prefeita de Ipojuca e sua esposa Célia Sales, também é uma das apostas da oposição para chegar a um mandato na Alepe. (Edmar Lyra)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo