Crise dos municípios provoca demissões em massa…

Blog da Folha

A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) convocou uma coletiva para falar sobre a crise financeira que afeta os municípios e as medidas drásticas que serão tomadas pelos gestores, como demissão de pessoal e redução dos serviços prestados à população.

De acordo com o presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, a contenção de gastos irá comprometer diversos serviços, mas ainda não se tem os números definitivos. “Sobre as demissões ainda estamos apurando de quanto pode ser. Vai atingir muitas pautas”, afirmou.

Ainda de acordo com o presidente, o governo federal não sinalizou o envio de recursos e o Governo do Estado não teria condições de contribuir. “O Estado também não tem, já recorremos ao Federal”. As dificuldades financeiras já vinham sendo admitidas por Patriota desde outubro deste ano. A solução emergencial precisa ser tomada o mais rápido possível, uma vez que já estão às vésperas de se pagar o 13º aos servidores.

Entre os mais atingidos estão os municípios de Afrânio, Sertão do Estado, e Palmerina, Agreste. Que são os municípios onde pode haver cortes de pastas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo