Eleições 2018 – Propaganda Eleitoral…

A propaganda eleitoral para as eleições só será permitida a partir de 16 de agosto de 2018, dia seguinte ao prazo final para apresentados dos registros de candidaturas (15 de agosto). A propaganda Leia mais »

Uma eleição com cara de dois turnos…

A primeira rodada de pesquisas produzida pelo Ipespe para este Jornal aponta uma eleição em dois turnos na disputa pelo governo estadual. Os números indicam empate técnico entre Paulo Câmara e Armando Leia mais »

Governador institui Programa de Apoio para as Comunidades Terapêuticas do Estado…

O governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (16), no Palácio do Campo das Princesas, o decreto Nº 46.404, que cria o “Programa de Apoio às Comunidades Terapêuticas de Pernambuco”, visando qualificar e Leia mais »

Sociedade dos Criadores de Limoeiro anuncia programação da Exposição de Animais…

No período de 29 de agosto a 02 de setembro, a Sociedade dos Criadores de Limoeiro (SCL) realizará a 40ª Exposição Regional de Animais e 10ª Festa do Agronegócio. O parque Dr. Leia mais »

Nova diretoria da União dos Vereadores do Brasil-PE, tomou posse nessa quinta…

A diretoria da União dos Vereadores do Brasil, seccional Pernambuco, tomou posse na manhã desta quinta (16). A solenidade aconteceu no auditório Senador Nilo Coelho na Assembleia Legislativa de Pernambuco, e contou Leia mais »

Category Archives: Mensagem

Reflexão do dia

Reflexão do dia

Reflexão do dia

Reflexão do dia

Segure a língua: A arte do silêncio

Certa vez, um homem tanto falou que seu vizinho era ladrão, que o vizinho acabou sendo preso.

Algum tempo depois descobriram que era inocente. O rapaz foi solto, após muito sofrimento e humilhação, e processou o homem.

No tribunal, o homem disse ao juiz:

– Comentários não causam tanto mal…

E o juiz respondeu:

– Escreva os comentários que você fez sobre ele num papel. Depois pique o papel e jogue os pedaços pelo caminho de casa. Amanhã, volte para ouvir sentença!

O homem obedeceu e voltou no dia seguinte, quando o juiz disse: – Antes da sentença, terá que catar os pedaços de papel que espalhou ontem!

– Não posso fazer isso, meritíssimo! – respondeu o homem – O vento deve tê-los espalhado por tudo quanto é lugar e já não sei onde estão!

Ao que o juiz respondeu:

– Da mesma maneira, um simples comentário que pode destruir a honra de um homem, espalha-se a ponto de não podermos mais consertar o mal causado. Se não se pode falar bem de uma pessoa, é melhor que não se diga nada!

MORAL DA HISTÓRIA:

Sejamos senhores de nossa língua, para não sermos escravos de nossas palavras.

(Autor Desconhecido)

Reflexão do dia

Pense bem…

 

O segredo da vida não é ter tudo que você quer, mas amar tudo que você tem. Valorize o que você tem, dê valor as pessoas que realmente gostam de você. Dê mais ênfase as coisas alegres, minimize a tristeza.

“A dor é inevitável, sofrimento é opcional”. Não sofra por aquilo que ainda nem aconteceu, talvez o problema nem seja tão grande quanto pensamos.

E se grande ele for, tenha a humildade de admitir que precisa de ajuda. Desabafe, escute o que outras pessoas tem a lhe dizer, peça um abraço. Perdemos muito tempo nos preocupando com fatos que, muitas vezes só existem em nossa mente.

Não dê tanta importância a coisas tão banais. Brigue menos, discuta menos, evite estresses. Tudo, tudo é passageiro, nada vai permanecer para sempre. Não tente entender as pessoas ou que elas fazem, apenas as aceitem da maneira que são.

Ninguém é perfeito. Entenda que assim como você, os outros também possuem defeitos e estão passivos a erros.

É possivel: “A vida é mais simples do que a gente pensa; basta aceitar o impossível, dispensar o indispensável e suportar o intolerável.”

(Espaço Web)

Reflexão do dia

Minutos de sabedoria…

Tenho abusado da paciência de uns e outros divulgando mensagens tiradas do livro mais vendido no Brasil nas últimas décadas: Minutos de Sabedoria, do professor Carlos Juliano Torres Pastorino.

Fui chefe de redação do Correio Braziliense na década de 80. Um dia, recebi a visita de Elza Soares Pereira, viúva do professor Pastorino, que havia morrido justamente em 1980. Ela me apresentou ao livro Minutos de Sabedoria, que naquela época já havia vendido mais de um milhão de exemplares.

É uma brochura de 12cm, 290 pg, hoje à venda em diversos sites e lançada pela Editora Vozes. Elza me contou que surgiram diversos outros livretos plagiando a criação genial de Pastorino. Fiz, então, intensa campanha a favor do autor já falecido. Ele viveu grandes momentos em Brasília, onde faleceu, no Hospital das Forças Armadas.

O Correio já era poderoso e minha campanha gerou bons resultados. Um dia, Dona Elza entrou na redação acompanhada de um homem forte que carregava pesada caixa. Depositaram o material numa mesa central e foram embora. Foi a última vez que vi esta interessante mulher. Acho que hoje já foram vendidos alguns milhões da publicação mirim, que custa somente R$ 12,00.

Dentro da caixa, havia mais de 500 exemplares do Minutos de Sabedoria, que costumo chamar de Minutos de Utopia. “Meu Deus, o que vou fazer deste presente?”, me perguntei. Inspirado, escrevi num papel: “Podem pegar quantos livros quiserem”.

Não deu outra. Todos os setores do jornal faziam peregrinação na redação em busca do livreto. Em dois dias, o estoque acabou, mas consegui desviar uns dez exemplares (hoje, só um).

Assim, passo mais um capítulo do livro Minutos de Sabedoria para vocês (desculpem o incômodo, mas faltam ainda 282).

MINUTO DE SABEDORIA

Resolva seu problema.

Há muito tempo, você se propõe reformar sua vida, melhorar seus atos, cessar definitivamente suas fraquezas.

Vamos, então, começar a partir deste momento!

Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje…

De certo você não há de resolvê-lo do dia para a noite.

Mas comece já!

E, se cair de novo, não desanime: saiba recomeçar quantas vezes for preciso!

 

(Blog Renato Riella)

Reflexão do dia

Reflexão do dia

A Escola dos bichos…

Profª Flor

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo