Festa em Lagoa Comprida (Bom Jardim-PE)…

Leia mais »

Hemope lança campanha para doação de sangue no período de Carnaval…

Para atrair mais doações para o período de carnaval, a Fundação Hemope lança a campanha “Compartilhe Cultura e Solidariedade, faça a diferença, doe sangue no Hemope” onde doadores poderão participar da ação Leia mais »

Governo anuncia R$ 406 milhões para escolas em tempo integral…

O presidente Michel Temer e o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciaram ontem (17) a liberação de R$ 406 milhões para o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. O Leia mais »

Levantamento aponta honestidade como fator prioritário para 72% dos eleitores…

Henrique Gomes Batista / O Globo Uma pesquisa inédita feito pela Ideia Big Data para o Brazil Institute do Wilson Center, aponta um descrédito da população brasileira com o Congresso, a falta Leia mais »

Retiro de Carnaval – João Alfredo…

Leia mais »

Category Archives: Mensagem

A lição da águia…

Há uma narração que conta como a águia vive e se desenvolve que eu gostaria de compartilhar hoje com vocês. Em várias fontes que pesquisei consta apenas como sendo o autor anônimo. Provavelmente é uma dessas histórias que vira tradição entre os povos.

Creio ser oportuno trazer para uma reflexão pois praticamente ainda estamos no início de um novo ano e pode ser proveitoso para nos trazer ou firmar princípios e valores para nos acompanhar daqui para frente.

A Águia com seu perfil austero, olhar focado para frente, sem deixar de ver o que está ao seu lado, atinge sempre seus objetivos e metas.

A Águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. Vive cerca de 70 anos. Porém, para chegar a essa idade, aos 40 anos, ela precisa tomar uma séria e difícil decisão.

Aos 40 anos de idade, suas unhas estão compridas e flexíveis e já não conseguem mais agarrar as presas das quais se alimenta.

O bico, alongado e pontiagudo se curva, suas asas tornam-se pesadas em função da grossura de suas penas, estão envelhecidas pelo tempo.

Já se passaram 40 anos do dia em que a jovem águia lançou voo pela primeira vez. Hoje, para a experiente águia, voar já é bem difícil!

Nessa situação a águia só tem duas alternativas:

Deixar-se morrer ou enfrentar um doloroso processo de renovação que irão durar 150 dias.

Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e lá se recolher em um ninho que esteja próximo a um paredão.

Um local Seguro de outros predadores e de onde, para retornar, ela necessite dar um voo firme e pleno.

Ao encontrar esse lugar, a águia começa a bater o seu bico contra a parede até conseguir arrancá-lo, enfrentando, corajosamente, a dor que essa atitude acarreta. Pacientemente, espera o nascer de um novo bico, com o qual irá arrancar as suas velhas unhas.

Com as novas unhas ela passa a arrancar as velhas penas.

Após cinco meses, “esta renascida”, sai para o famoso voo de renovação, certa da vitória e de estar preparada para viver, então, por mais 30 anos.

Muitas vezes, em nossas vidas, temos que parar e refletir por algum tempo, e dar início a um processo de renovação.

Devemos nos desprender dos preconceitos, dos maus costumes, de tudo aquilo que não é mais útil ou importante, para continuarmos a voar. Um voo de vitória.

Somente Quando livres das barreiras e pesos do passado, poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz. Destrua o bico do ressentimento, arranque as unhas do medo, retire as velhas penas de suas asas, permitindo o fluir de novos pensamentos.

Alce um lindo voo para uma nova vida de sonhos e realizações.

Tenha sempre uma meta: “Voe alto e seja Feliz”

Reflexão do dia…

Mensagem da tarde…

Reflexão do Dia

Charles Chaplin – “Vida”

Reflexão do Dia

Padre Fábio de Melo – “Pense nisso”…

Ainda bem que o tempo passa! Já imaginou o desespero que tomaria conta de nós se tivéssemos que suportar uma segunda feira eterna?

A beleza de cada dia só existe porque não é duradoura. Tudo o que é belo não pode ser aprisionado, porque aprisionar a beleza é uma forma de desintegrar a sua essência. Dizem que havia uma menina que se maravilhava todas as manhãs com a presença de um pássaro encantado. Ele pousava em sua janela e a presenteava com um canto que não durava mais que cinco minutos. A beleza era tão intensa que o canto a alimentava pelo resto do dia. Certa vez, ela resolveu armar uma armadilha para o pássaro encantado. Quando ele chegou, ela o capturou e o deixou preso na gaiola para que pudesse ouvir por mais tempo o seu canto.

O grande problema é que a gaiola o entristeceu, e triste, deixou de cantar.
Foi então que a menina descobriu que, o canto do pássaro só existia, porque ele era livre. O encanto estava justamente no fato de não o possuir. Livre, ele conseguia derramar na janela do quarto, a parcela de encanto que seria necessário, para que a menina pudesse suportar a vida. O encanto alivia a existência…Aprisionado, ela o possuía, mas não recebia dele o que ela considerava ser a sua maior riqueza: o canto!
Fico pensando que nem sempre sabemos recolher só encanto… Por vezes, insistimos em capturar o encantador, e então o matamos de tristeza.

Amar talvez seja isso: Ficar ao lado, mas sem possuir. Viver também.
Precisamos descobrir, que há um encanto nosso de cada dia que só poderá ser descoberto, à medida em que nos empenharmos em não reter a vida.
Viver é exercício de desprendimento. É aventura de deixar que o tempo leve o que é dele, e que fique só o necessário para continuarmos as novas descobertas.
Há uma beleza escondida nas passagens… Vida antiga que se desdobra em novidades. Coisas velhas que se revestem de frescor. Basta que retiremos os obstáculos da passagem. Deixar a vida seguir. Não há tristeza que mereça ser eterna. Nem felicidade. Talvez seja por isso que o verbo dividir nos ajude tanto no momento em que precisamos entender o sentimento da tristeza e da alegria. Eles só são suportáveis à medida em que os dividimos…

E enquanto dividimos, eles passam, assim como tudo precisa passar.
Não se prenda ao acontecimento que agora parece ser definitivo. O tempo está passando… Uma redenção está sendo nutrida nessa hora…
Abra os olhos. Há encantos escondidos por toda parte. Presta atenção. São miúdos, mas constantes. Olhe para a janela de sua vida e perceba o pássaro encantado na sua história. Escute o que ele canta, mas não caia na tentação de querê-lo o tempo todo só pra você. Ele só é encantado porque você não o possui.
E nisto consiste a beleza desse instante: o tempo está passando, mas o encanto que você pode recolher será o suficiente para esperar até amanhã, quando o pássaro encantado, quando você menos imaginar, voltar a pousar na sua janela.

Padre Fábio de Melo

O preço da atenção…

pai e filho

Filho: “Pai, posso fazer uma pergunta?”

Pai: “Sim, claro, o que é?”

Filho: “Pai, quanto você ganha em uma hora?”

Pai: “Isso não é da sua conta, por que você pergunta uma coisa dessas?”

Filho: “Eu só quero saber – Por favor me diga, quanto você ganha em uma hora?”

Pai: “Se você quer saber, eu ganho R$100 por hora.”

Com a cabeça baixa, o filho pergunta: “Pai, posso pedir por favor R$50 ?”

O pai se enfurece e responde: “Então a única razão pela qual você perguntou é essa , para conseguir algum dinheiro e comprar mais um brinquedo ou alguma outra coisa sem sentido? Vá direto para o seu quarto, para sua cama e pense no quanto você está sendo egoísta. Eu trabalhando duro todos os dias para ver tal comportamento infantil seu”.

O menino foi calado para o seu quarto e fechou a porta. O homem sentou e começou a ficar ainda mais nervoso sobre as questões do menino. Como ele ousa fazer tais perguntas só para conseguir algum dinheiro? Pensou o pai. Depois de cerca de uma hora, o homem tinha se acalmado e começou a imaginar: Talvez houvesse algo que ele realmente precisasse comprar com esses R$50, afinal ele não pede dinheiro com muita frequência.

O homem foi até a porta do quarto do menino e abriu a porta.

Pai: “Você está dormindo, meu filho?”

Filho: “Não pai, estou acordado”.

Pai: “Eu estive pensando, talvez eu tenha sido muito duro com você antes. Tive um longo dia , e não deveria ter descontado meu stress em você. Aqui estão os R$50 que você pediu…”

O menino se levantou sorrindo e disse: “Oh, obrigado pai!” Então, chegando em seu travesseiro ele puxou alguns trocados amassados. O homem viu que o menino já tinha algum dinheiro, começou a se enfurecer novamente. O menino lentamente contou o seu dinheiro, e em seguida olhou para seu pai. O pai perguntou-lhe: “Por que você quer mais dinheiro se você já tem?”

Filho: “Porque eu não tinha o suficiente, mas agora eu tenho. Papai, eu tenho R$100 agora. Posso comprar uma hora do seu tempo? Por favor, venha para casa uma hora mais cedo amanhã. Gostaria de jantar com você.”

O pai foi esmagado. Ele colocou os braços em volta de seu filho, e pediu o seu perdão.

Isto é apenas uma pequena lembrança a todos vocês que trabalham arduamente na vida. Não devemos deixar o tempo passar através dos nossos olhos sem ter passado algum tempo com aqueles que realmente importam para nós, os perto de nossos corações.

Se morrermos amanhã, a empresa que estamos trabalhando poderá facilmente substituir-nos em uma questão de dias. Mas a família e amigos que deixamos para trás irão sentir essa perda para o resto de suas vidas.

Pense nisso! Muitas vezes nos doamos mais ao trabalho do que a nossa família.

Não se esqueça de compartilhar, mesmo que custe R$100 de seu tempo. (autor desconhecido)

Reflexão do Dia

Reflexão do Dia

Reflexão do dia

Realidade…

"Aprendemos a voar...

Aprendemos a voar como os pássaros,

a nadar como os peixes;

mas não aprendemos a simples arte

de vivermos juntos como irmãos”.

(Martin Luther King)

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo