Busca por aposentadoria cresce em meio a debate da reforma…

Em uma típica corrida para escapar da reforma da Previdência, 775,6 mil segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) pediram aposentadorias por tempo de contribuição no primeiro semestre deste ano. O número é Leia mais »

Ministra de Bolsonaro: ações ligadas a Joesley e Wesley…

Rubens Valente e Catia Seabra – Folha de S.Paulo A futura ministra da Agricultura do governo Jair Bolsonaro (PSL), Tereza Cristina (DEM-MS), concedeu incentivos fiscais ao grupo JBS na mesma época em que manteve uma “parceria pecuária” com a Leia mais »

A reunião da irresponsabilidade fiscal…

No mesmo dia em que anunciou um “momento de regeneração”, Jair Bolsonaro foi a uma esquisita reunião de governadores eleitos copatrocinada pelo paulista João Doria. Nada havia sido combinado com sua equipe. O que muitos governadores Leia mais »

Novembro Azul…

Leia mais »

Venha pra TiConnect….

    Leia mais »

Category Archives: Policial

Susto benéfico: Bolsonaro não tem cheque em branco…

O Globo – Por Merval Pereira

A manutenção de distância confortável do candidato Jair Bolsonaro a quatro dias da eleição presidencial mostra como os votos cristalizados dos dois candidatos praticamente impedem uma reviravolta na reta final, a não ser que algo inacreditável aconteça. Em vez de uma bala de prata, o PT gastou várias, e nenhuma acertou o alvo.

Mas balançaram a antes inabalável situação de Bolsonaro: o número de pessoas que não votariam nele aumentou, superando os que votarão com certeza. E diminuiu a rejeição ao candidato petista. Embora a diferença esteja na margem de erro, é uma boa nova para Haddad, oferecida pelo próprio adversário e os seus, que continuam sendo os principais adversários deles mesmos.

O suposto escândalo das mensagens inverídicas de WhatsApp, baseado em uma denúncia jornalística inepta, acabou sendo soterrado pelo próprio candidato petista Fernando Haddad, que se precipitou em divulgar uma fake news de primeira grandeza: avalizar a denúncia de que o general Mourão foi um torturador.

A denúncia fake deveu-se ao cantor Geraldo Azevedo, que disse em público, irresponsavelmente, que o General Mourão, vice de Bolsonaro, fora um de seus torturadores em 1969. O fato de o General ter apenas 16 anos na ocasião desmontou a alegação, que depois foi corrigida pelo próprio cantor.

O problema causado pela denúncia do jornal Folha de S. Paulo não justifica, porém, os arroubos retóricos de Bolsonaro em mensagem enviada aos manifestantes na Avenida Paulista, que revelam uma preocupante visão autoritária da relação de imprensa com o mandatário de um país.

O mesmo destempero que acomete o presidente Trump nos Estados Unidos – a quem Bolsonaro parece querer imitar – e o ex-presidente Lula. Os três líderes populistas aproveitam sua popularidade para incitar os militantes e apoiadores contra os órgãos de imprensa que os vigiam.

O papel da imprensa é justamente este, ser o vigia da sociedade.O presidente americano Thomas Jefferson entendeu que a imprensa, tal como o cão de guarda, deve ter liberdade para criticar e condenar, desmascarar e antagonizar.

Os petistas assumiram postura autoritária, exigindo em discursos inflamados, não apenas a anulação da eleição como a censura ao WhatsApp pelo menos até o fim do segundo turno. É inacreditável que o PT exija atitudes drásticas apenas com base em uma denúncia de jornal, sem que as autoridades abram investigações.

Até agora, os petistas desacreditavam as denúncias de jornal contra os seus, e, principalmente o ex-presidente Lula, e criticavam o que chamavam de rito sumário das decisões da Justiça na Operação Lava Jato. Anular uma eleição é decisão gravíssima que, como destacou a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, não pode ser tomada fora do tempo da Justiça “que não é o tempo da política”.

A percepção de parte da sociedade de que seu filho não tirou da cabeça a ameaça de fechar o Supremo, mas retratou um pensamento do próprio Bolsonaro, deu ares de verdade à ameaça, lastreada por pronunciamentos anteriores do candidato, igualmente destrambelhados.

O ainda candidato Bolsonaro, que acha que está com uma mão na faixa presidencial, terá que, além de fechar a boca e a de seus próximos, convencer-se de que o país não aceita um governo autoritário, nem bravatas retóricas que coloquem em risco a democracia.

Dificilmente a diferença que separa Bolsonaro de Haddad será descontada a tempo, mas a redução da distância, que deve ser confirmada ainda nesta semana pelo Datafolha, é um aviso de que o presidente, por mais votos que tenha, não tem um cheque em branco da sociedade. 

Antes de ser morta, menina demonstrou alívio com prisão do pai…

G1/ Correio da Bahia

A estudante Letícia Tanzi, 13 anos, morta a facadas pelo pai no interior de São Paulo, falou com amigos sobre seu alívio quando ele chegou a ser preso, em junho deste ano. Horácio Lucas Nazareno matou a filha logo após sair da prisão, onde cumpria pena por estupro cometido em 2010. Ele ganhou direito de recorrer em liberdade quatro meses depois, voltou para casa e cometeu o novo crime. O suspeito segue foragido. 

“Isso aconteceu em 2010. Ele estuprou a minha tia, que é especial, irmã da minha mãe. A irmã da minha mãe, a outra, fez o processo do meu pai. Demorou, demorou e ninguém fez nada. Só fez e parou. Aí, depois de sete, oito anos, nem sei, tavam falando que meu pai tava foragido. Não, eles vieram aqui, não acharam meu pai e falaram que ele tava fugido. Mas não tava, ele tava sempre aqui. Mas não vieram mais procurar. Aí foi preso sexta-feira”, diz Letícia, em áudio enviado para uma amiga na época em que o pai foi preso. O áudio foi divulgado pelo G1.

Continue lendo…

Antes de ser morta, menina demonstrou alívio com prisão do pai.

Ferreiras viram principal polo de oposição em Pernambuco …

Nas eleições de 2010 com a vitória de Anderson Ferreira para deputado federal, a família Ferreira iniciou um processo ininterrupto de crescimento político e eleitoral em Pernambuco, na eleição seguinte, André Ferreira confirmou o favoritismo e foi novamente o vereador mais votado do Recife, e em 2014, Anderson Ferreira triplicou sua votação sendo o quinto deputado federal mais votado, André, por sua vez, chegou à Assembleia Legislativa de Pernambuco como o quarto deputado estadual mais votado.

Dois anos depois, num passo mais ousado, Anderson Ferreira, enfrentando duas máquinas chegou ao segundo turno da eleição de Jaboatão dos Guararapes, derrotando o candidato governista que sequer chegou a segunda etapa. No segundo turno, Anderson saiu vitorioso contra Neco, e assumiu a prefeitura de Jaboatão dos Guararapes. No Recife, o PSC elegeu três vereadores, dentre eles Fred Ferreira que ficou entre os três mais votados da capital pernambucana.

Em 2018, já no campo da oposição, o prefeito Anderson Ferreira conseguiu garantir o retorno de Manoel Ferreira para a Assembleia Legislativa de Pernambuco com uma expressiva votação, mais de 50 mil votos, e a chegada de André Ferreira à Câmara dos Deputados com mais de 175 mil votos, sendo o terceiro deputado federal mais votado. O PSC novamente conquistou um expressivo resultado, com a eleição de cinco deputados estaduais, dentre eles Clarissa Tercio que atingiu mais de 50 mil votos, que é do segmento evangélico.

Em Jaboatão, Anderson viu seus principais adversários sucumbirem, com a derrocada de Elias Gomes para deputado estadual que perdeu obtendo 12 mil votos, de Betinho Gomes para deputado federal com apenas 20 mil votos, Neco ficou com apenas 14 mil votos, e ainda teve a redução da votação de Cleiton Collins que diminuiu signifcativamente sua votação em relação ao pleito anterior. O prefeito fez Armando aumentar seus votos em relação a 2014 e ainda possibilitou que Mendonça Filho fosse o mais votado da cidade.

No segmento evangélico, com a redução das votações de Adauto, Eurico e Cleiton, o grupo Ferreira igualmente consolidou seu protagonismo, uma vez que André foi mais votado que Eurico e Ossesio, e Manoel suplantou William Brigido e se aproximou da votação de Adauto. Como o grupo possui a prefeitura e uma bancada de deputados e vereadores ligados a Anderson, a força do prefeito ficou mais cristalizada.

No campo oposicionista, ninguém conseguiu um resultado tão expressivo, uma vez que Mendonça Filho saiu derrotado para o Senado, viu sua irmã e seu filho perderem a eleição para estadual e federal, respectivamente. O senador Fernando Bezerra Coelho, que comanda a cidade de Petrolina com Miguel Coelho, elegeu seus outros dois filhos, Fernando Filho e Antonio Coelho, mas ainda assim os votos deles foram aquém dos obtidos pelo grupo Ferreira.

Se a vitória de Paulo Câmara e de toda a Frente Popular foi incontestável e denotou a força do PSB, no campo oposicionista, é igualmente indiscutível que o grupo liderado pelo prefeito Anderson Ferreira saiu mais fortalecido das eleições deste ano e tem todas as condições de assumir o protagonismo da oposição em Pernambuco pelos próximos quatro anos. (Edmar Lyra)

Atropelamento mata Wellington Salvador em São Paulo…

Na manhã de ontem, enquanto pedalava sua bicicleta na cidade de Cubatão-SP, o jovem Wellington Salvador,aos 28 anos de idade, natural de João Alfredo e filho do casal Biu de Dôra Trajano e Reilza, foi atropelado por um veículo, sendo socorrido a hospital onde veio a óbito à noite.

O corpo de Wellington está sendo transladado para João Alfredo e será sepultado no Cemitério de São Bento, em Ribeiro Grande, zona rural oeste deste município.  O horário do sepultamento ainda não foi informado.

Acidente de moto mata o jovem Macksuel Araújo em Surubim…

Faleceu ontem em acidente de moto na rodovia PE-90 por volta das 22hs, nas proximidades do Restaurante Acácia em Surubim, o jovem Macksuel Maiky Mendes de Melo Araújo, 20 anos, casado, filho do casal  Massilon e Leleda Araújo, família bastante conhecida em João Alfredo, especialmente no bairro Asa Branca. Suel, como era chamado,residia em Surubim com a esposa, onde o fato ocorreu.

Assim que foi informada da tragédia, a polícia efetuou o levantamento cadavérico e encaminhou ao IML-Caruaru. A família espera a liberação do corpo para o sepultamento que será realizado a partir das 17hs deste domingo, no Cemitério de João Alfredo.

Caminho de Armando é radicalizar no guia eleitoral …

Em desvantagem nas duas pesquisas divulgadas do Ibope e Datafolha com nove pontos atrás de Paulo Câmara, Armando Monteiro precisa urgentemente de um fato novo para evitar que a fatura seja liquidada no próximo dia 7. As pesquisas eleitorais têm um forte impacto na classe política e também no eleitorado, que indeciso, tende a votar em quem vai ganhar no chamado voto útil.

Os dois levantamentos já sinalizam numericamente, ainda dentro da margem de erro, que Paulo Câmara já teria os 50% dos votos válidos mais um para ganhar a eleição no primeiro turno e por isso é imprescindível que Armando trabalhe no sentido de estancar o crescimento do atual governador nas pesquisas eleitorais, e a única forma que pode impactar neste sentido é radicalizar no guia eleitoral.

Críticas genéricas como Armando tem apresentado em seu guia eleitoral são insuficientes para quebrar a curva de crescimento de Paulo Câmara e de queda da rejeição do atual governador. Ficou latente com o início do guia eleitoral o franco favoritismo do governador com seu crescimento nas pesquisas e a diminuição da rejeição a um patamar aceitável para ser reeleito.

Reverter a desvantagem nas pesquisas certamente Armando não conseguirá, é preciso evitar que o governador vença na primeira etapa para ter alguma chance de vitória no segundo turno, e somente críticas contundentes no guia eleitoral, sobretudo nas inserções que têm maior apelo eleitoral, poderão mudar a tendência de vitória de Paulo Câmara no próximo dia 7.

A campanha de Armando não pode ficar esperando que fatores externos aconteçam para mexer no quadro, pois se a vantagem do governador continuar sendo ampliada, ainda que exista uma bomba na reta final pode ficar irreversível a desvantagem nas pesquisas a ponto de evitar a vitória de Paulo Câmara no primeiro turno. (Edqar Lyra)

Em Aliança, Paulo recebe apoio dos três principais grupos políticos da cidade…

Na noite desta quinta-feira (06), os três principais grupos políticos de Aliança, na Zona da Mata Norte, declararam apoio ao socialista. O prefeito da cidade, Xisto Freitas (PSD), o ex-candidato a prefeito Hilton Lira (PDT) e o ex-prefeito Azoka Gouveia (MDB) receberam Paulo Câmara para firmar o compromisso de apoiar a reeleição do socialista.

Ao visitar a cidade, o governador destacou que vai continuar trabalhando para garantir a melhoria de vida do povo pernambucano com investimentos em áreas importantes como educação, saúde, segurança e assistência social. Nos três encontros, o gestor falou sobre o que foi possível fazer nos últimos três anos e nove meses e o que poderá fazer a partir de 2019. “O gesto que recebemos de Aliança aumenta nossa responsabilidade. Essa unidade que a gente fez aqui neste município é muito importante para o futuro de Pernambuco, porque a gente ainda tem muita coisa para fazer por nosso Estado. Temos hoje uma educação de referência no Brasil, trabalhamos muito para ter água nas cidades, trabalhamos na saúde, para diminuir a violência e isso sem ajuda do Governo Federal.  A gente vem aqui para agradecer essa confiança e dizer que vocês podem ter certeza que a gente vai estar junto nos próximos quatro anos para melhorar a vida do povo daqui”, pontuou o líder socialista.

O primeiro ato foi realizado pelo prefeito Xisto Freitas em praça pública no Centro de Aliança. Na presença dos candidatos ao Senado da Frente Popular, Jarbas Vasconcelos (MDB) e Humberto Costa (PT), o prefeito ressaltou que Paulo Câmara deixou as contas estaduais equilibradas e pôde realizar inúmeras ações em seu governo. O desempenho da educação de Pernambuco e o compromisso com o funcionalismo público também foram pontos destacados pelo pessedista. “Aliança está com Paulo Câmara. A eleição é para governador de Pernambuco e o palanque é de Paulo Câmara. A política agora é do 40. Vamos eleger o 40”, frisou Xisto Freitas. Também participaram do ato o deputado federal André de Paula (PSD) e a candidata a deputada estadual Ana Flávia (PSB).

encontro com o ex-candidato a prefeito Hilton Lira. Na presença do seu grupo político, o pedetista destacou que Paulo Câmara foi o governador responsável pelo maior investimento em segurança pública em Pernambuco e que é o mais preparado para o futuro. “Estamos agora num momento difícil onde a gente tem duas propostas para Pernambuco e nós queremos continuar ao lado do povo e de um governador sério. Todo mundo vê que Paulo consegue manter Pernambuco longe da crise. Sou testemunha do investimento feito na segurança, com maior contratação de pessoal. Nós não podemos deixar a turma de Temer se apropriar do nosso Estado”, destacou.

A passagem por Aliança se encerrou em um encontro na residência do ex-prefeito Azoka Gouveia, que também fez questão de falar da importância da reeleição de Paulo Câmara. “Você tem feito uma administração de pulso e responsabilidade, apesar de toda crise que o Brasil está passando. Você tem sido atencioso conosco. É importante nesse momento pensar no estado de Pernambuco, que precisa se manter firme e forte. Conte conosco! Vamos trabalhar independente de política local. Vamos trabalhar para lhe reeleger”, cravou o ex-prefeito. (Blog Elielson)

FOTOS: Hélia Scheppa/PSB

Os candidatos a campeões de votos para deputado federal …

Com o início da propaganda eleitoral no rádio e na televisão, inicia-se também a temporada de busca pelo voto, tanto na majoritária quanto na proporcional. Com 25 vagas em disputa, a eleição para deputado federal tem a novidade de cinco chapas poderem eleger parlamentares, que são o chapão do PSB, o do PTB, e as chapinhas do PP, PSL e Patriota que podem chegar a completar as vagas na Câmara dos Deputados.

No pleito de 2014 os cinco mais votados foram Eduardo da Fonte, Pastor Eurico, Jarbas Vasconcelos, Felipe Carreras e Anderson Ferreira, mas somente Eduardo, Felipe e o Pastor Eurico tentarão a reeleição, enquanto Anderson é prefeito de Jaboatão dos Guararapes e Jarbas Vasconcelos será candidato a senador.

Dos nomes que tentam a reeleição, apenas Eduardo da Fonte e o Pastor Eurico deverão figurar entre os mais votados, e ambos estão sendo cotados para mais de 200 mil votos como tiveram em 2014. João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos, também é candidato a campeão de votos, com projeções de até 300 mil votos. Outro novato que poderá atingir a marca de 200 mil votos é André Ferreira, que substitui Anderson, e agora terá além do segmento evangélico, a retaguarda de prefeitos importantes que seu irmão não teve em 2014.

Ex-secretários de Paulo Câmara, Sebastião Oliveira e André de Paula estão sendo lembrados como nomes que podem passar dos 150 mil votos. Ambos tiveram, 116 mil e 100 mil votos, respectivamente, em 2014, e ampliaram de forma significativa as suas bases em relação ao pleito passado.

Por fim, a candidata Marília Arraes, que foi retirada da disputa para o governo de Pernambuco pelo seu partido, também é vista como um nome que pode atingir a marca de 150 mil votos. Como o quociente eleitoral foi de 180 mil votos em 2014 e poderá baixar para 170 mil, todos os nomes citados ajudarão de forma significativa as suas chapas a elegerem mais parlamentares na condição de puxadores de votos. (Edmar Lyra)

Alckmin em ato com oposição, sem Armando…

A previsão inicial era de que toda a chapa majoritária das oposições estivesse presente. O evento, marcado para as 19h de hoje na casa de shows Zé Matuto, em Petrolina, foi programado pelo grupo dos Coelho para ser o maior ato político da campanha no Sertão. O deputado federal Fernando Filho definiu a ideia da seguinte forma: “A insatisfação do povo sertanejo será emblemática nesse processo de transformação nos rumos do Estado. Por isso queremos fazer desse grande ato em Petrolina a arrancada para a vitória das oposições”. Refere-se aos lançamentos de sua candidatura à reeleição e da postulação de seu irmão, Antônio Coelho, à Assembleia Legislativa. Antonio reforçara a simbologia do ato: “A energia do povo sertanejo vai contagiar o Estado e sairemos daqui todos mais unidos para construir a vitória junto com o povo do Agreste, Zona da Mata e região metropolitana”.

Apesar disso, o senador Armando Monteiro Neto, que encabeça a chapa da coligação Pernambuco Vai Mudar, não estará presente. Ele não emitiu justificativa oficial, mas auxiliares confirmaram que ele não poderá comparecer. Como a coluna cantara a pedra, o presidenciável Geraldo Alckmin desembarca em Pernambuco, hoje, no final da tarde, para prestigiar a referida agenda. Na chapa das oposições, os dois candidatos ao Senado, Mendonça Filho e Bruno Araújo, tem ligação direta com o tucano. O democrata atuou como bombeiro diante do alarme de incêndio que instalou-se nas hostes oposicionistas quando Bruno chegou a devolver a indicação ao Senado, externando incômodo com a condução que Armando imprimira ao processo. Resultado: o petebista assinou nota, realçando a abertura de seu palanque a Alckmin. Embora o PTB nacional tenha estado entre os primeiros partidos a apoiar o candidato paulista ao Planalto, no Estado, Armando já pisou e repisou seu compromisso com o ex-presidente Lula, a quem visitou recentemente. (Renata Bezerra de Melo)

Humberto sobre Jarbas: O que nos unificou foi Pernambuco…

O senador Humberto Costa (PT), em participação ao Cidade em Foco, comandado pelo radialista Alberes Xavier, falou de sua expectativa para esta campanha ao lado de Jarbas Vasconcelos (MDB) para o Senado e comentou o seu relacionamento com Marília Arraes após a definição do apoio do PT ao PSB em Pernambuco.

Humberto disse ter boas expectativas em relação a candidatura ao Senado. “Minha expectativa é a melhor possível. Apesar de ser uma campanha curta, acho que nós temos todas as condições de ter uma grande vitória. É preciso, inclusive, que todos aqueles que gostam do PT e que querem a volta de Lula, tenham a plena consciência que só pela nossa unidade nós vamos conseguir o nosso objetivo”, disse.

Ao comentar sua relação com a vereadora do Recife, Marília Arraes, impedida de ser candidata a governadora pelo Partido dos Trabalhadores, o senador afirmou, “Pretendo conversar com a vereadora Marília Arraes, vou buscar dar apoio a ela no que for possível nesse projeto que ela vai abraçar que é o de ser deputada federal. Nós reconhecemos que ela fez um trabalho muito forte, muito bonito, mobilizando a nossa militância e é uma pessoa que tem muito futuro”, disse.

Na oportunidade, Humberto comentou o fato de dividir a chapa para o Senado Federal com Jarbas Vasconcelos que sempre militou em campos opostos ao do PT. “O que nos unificou foi Pernambuco. Na verdade, Pernambuco precisa de gente que esteja lutando para que o Estado volte a ter representatividade importante a nível nacional. Então, mesmo que ele tenha tido uma trajetória e eu outra, o que está nos unificando é lutar por Pernambuco”, explicou. (Magno Martins)

Em Congresso da UVP, Paulo Câmara critica falta de investimentos do governo federal…

No dia em que o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) foi oficializado pré-candidato ao Senado pela Frente “Pernambuco Vai Mudar”, encabeçada pelo senador Armando Monteiro Neto (PTB), pré-candidato ao Governo do Estado, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), criticou, neste sábado (28), a falta de investimentos do governo federal no Estado. O socialista, que é pré-candidato à reeleição, se reuniu com legisladores durante o Congresso da União de Vereadores de Pernambuco (UVP), que acontece em Gravatá, no Agreste.

Durante a sua fala, o governador antecipou o tom que deverá adotar na campanha, criticando as iniciativas do governo federal, já que o palanque do opositor Armando Monteiro Neto tem dois nomes que integraram o Executivo comandado pelo presidente Michel Temer (MDB): Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM), ex-ministros das Cidades e da Educação, respectivamente. 

Paulo Câmara falou da falta de compromisso do governo federal com o Nordeste, que impactou na piora de serviços públicos em outros Estados. “O Brasil pior do que está não vai ficar. A gente tem esperança de um Brasil melhor, com representantes legítimos que possam ter um olhar para o Nordeste. Para o desenvolvimento social, um olhar para frente. Isso nos motiva”, disse. Segundo o o socialista, a sua gestão consolidou a economia de Pernambuco para o futuro. 

Ao falar sobre os investimentos em infraestrutura no Estado, ele afirmou que obras como a Adutora do Agreste não tiveram recursos do governo federal em 2018. “Não tivemos um centavo este ano, mesmo assim estamos perto de colocar água para o povo do Agreste”, afirmou. 

Paulo Câmara foi ao evento acompanhado do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), e de comitiva de vereadores do Recife formada por Aderaldo Pinto, Felipe Francismar, Aline Mariano, Natália de Menudo, Eduardo Marques, Maguari, Davi Muniz, Benjamim da Saúde, Marco de Bria, Chico Kiko, Michele Collins e irmã Aimée. Os deputados estaduais Eriberto Medeiros (PP), Cleiton Collins (PP), Zé Mauricio (PP), Waldemar Borges (PSB) e Nilton Mota (PSB) também acompanharam a atividade, assim como o presidente do PSB-PE, Sileno Guedes.

‘Turma de Temer’

Na última terça-feira (24), o PSB-PE emitiu uma nota criticando “a turma de Temer”. “A ‘turma do Temer’, liderada pelo senador Armando Monteiro, deveria olhar esse Governo Federal que eles defendem. Não nos causa surpresa esse conflito entre eles. Isso é resultado de quem constrói arranjos de partidos apenas para fins eleitorais. É um ajuntamento de siglas desconectado da realidade do povo”, colocou o PSB, em resposta a declarações da Frente das Oposições sobre o comando do Palácio do Campo das Princesas. (Folha de Pernambuco)

Vereador assassinado em Carpina…

Portal OP9

O vereador e pré-candidato a deputado federal, Cosme Alves da Silva (PR), 45 anos, foi morto a tiros, na manhã de hoje, em Carpina, Mata Norte de Pernambuco. O vereador, também conhecido como “Nicó do Cimento”, estava em seu carro, na Associação de Moradores de Santo Antônio, na rua Bernardino de Campos, quando foi atingido por três tiros.

O vereador chegou a ser levado para Unidade Mista da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. Ainda não há informações sobre o autor dos disparos nem sobre a motivação do crime, mas a Polícia Civil já está apurando o homícidio. A investigação do assassinato ficará a cargo da delegada do município, Bárbara Fortes.

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo