Artigo – Precisamos perdoar – por Padre Reginaldo Manzotti*…

Um dos ensinamentos mais desafiadores que Jesus nos deixou foi o perdão. Muitas são as passagens nos Evangelhos que Jesus nos exorta a isso. Em uma específica, ele nos diz que devemos Leia mais »

Novembro Azul…

Leia mais »

Vestibular FACAL 2019…

Dê um clik para ampliar esta imagem Leia mais »

Venha pra TiConnect….

    Leia mais »

Proclamação da República…

InfoEscola A Proclamação da República Brasileira aconteceu no dia 15 de novembro de 1889. Resultado de um levante político-militar que deu inicio à República Federativa Presidencialista. Fica marcada a figura de Marechal Deodoro da Fonseca como Leia mais »

Category Archives: Pesquisa

PT apesar da derrota ainda saiu fortalecido das urnas…

Partido hegemônico no Brasil há quatro eleições presidenciais, o Partido dos Trabalhadores sofreu no último domingo sua primeira derrota eleitoral em disputas nacionais desde 2002 quando ascendeu ao Palácio do Planalto com Lula. Antes da eleição de Jair Bolsonaro neste domingo, o PT enfrentou uma série de problemas, primeiro a vitória apertadíssima de Dilma Rousseff em 2014 que deu a sensação de país dividido e deixou a presidente fragilizada para o seu segundo governo.

A operação Lava-Jato, iniciada em 2014, foi derrubando um a um entre petistas importantes, culminando na prisão do ex-presidente Lula em 2018. Antes disso, tivemos o impeachment de Dilma Rousseff em 2016 que deixou o país em sua maioria contrário ao PT. As eleições municipais foram suficientes para praticamente varrer o partido do mapa, sobretudo nas capitais onde o PT teve um desempenho pífio.

Quando todo o enredo se voltou contra o PT, muitos davam o partido como carta fora do baralho e apostava-se que a sigla não sobreviveria as eleições deste ano. Porém, o resultado foi absolutamente diferente. As urnas deste ano garantiram 56 deputados federais eleitos, tornando-se a maior bancada da Câmara dos Deputados, ficando com seis senadores e quatro governadores. Além do mais, Fernando Haddad, substituto de Lula na disputa presidencial, com poucos dias de campanha, ficou com 47 milhões de votos no segundo turno.

Mesmo com a derrota, o PT segue hegemônico na esquerda, sendo o maior partido do Brasil e o principal antagonista do governo Bolsonaro. De quebra, forjou em 2018 uma jovem liderança que poderá falar para o futuro do Brasil. Estando na oposição, o PT fará o que sempre soube com maestria que é contestar governos adversários, e terá fundamental importância na fiscalização do governo Jair Bolsonaro.

O PT fortalecido é sinal de que o presidente Jair Bolsonaro não terá vida fácil, pois terá uma oposição firme e contundente que ajudará a colocar limites em qualquer arroubo do presidente. A volta do PT para a oposição, a alternância de poder, e a manutenção do espaço do Partido dos Trabalhadores são absolutamente salutares para a nossa jovem democracia. (Edmar Lyra)

Datafolha para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 55%; Haddad, 45%…

G1

O Datafolha divulgou neste sábado (27) o resultado da última pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado na sexta-feira (26) e no sábado (27) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

O instituto afirma que, um dia antes da eleição, Jair Bolsonaro (PSL), mantém o favoritismo, mas a diferença dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu de 18 para 10 pontos percentuais, em nove dias, nos votos válidos.

A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de 95%, com margem de erro de dois pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 55%
  • Fernando Haddad (PT): 45%

No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 56% e Haddad, 44%.

Pesquisa Datafolha - 27-10 - Votos válidos no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1Pesquisa Datafolha - 27-10 - Votos válidos no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

Pesquisa Datafolha – 27-10 – Votos válidos no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos totais

Nos votos totais, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 47%

  • Fernando Haddad (PT): 39%

  • Em branco/nulo/nenhum: 8%

  • Não sabe: 5%

  • No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 48%, Haddad tinha 38%, os brancos e nulos somavam 8% e os eleitores que não sabiam eram 6%.

    Pesquisa Datafolha - 27-10 - Votos totais no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

    Pesquisa Datafolha – 27-10 – Votos totais no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

    Rejeição

    O Datafolha também levantou a rejeição dos candidatos. O instituto perguntou: “E entre estes candidatos a presidente, gostaria que você me dissesse se votaria com certeza, talvez votasse ou não votaria de jeito nenhum em”:

    Os resultados foram:

    Jair Bolsonaro

    • Votaria com certeza – 46%

    • Talvez votasse – 8%

    • Não votaria de jeito nenhum – 45%

    • Não sabe – 2%

    Fernando Haddad

    • Votaria com certeza – 38%

    • Talvez votasse – 9%

    • Não votaria de jeito nenhum – 52%

    • Não sabe – 2%

    Pesquisa Datafolha - 27-10 - Rejeição no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

    Pesquisa Datafolha – 27-10 – Rejeição no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 54%; Haddad, 46%…

G1

O Ibope divulgou neste sábado (27) a última pesquisa do instituto sobre a intenção de voto para o 2º turno da eleição presidencial. Segundo o instituto, Jair Bolsonaro (PSL) venceria se eleição fosse hoje. Mas a distância dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu.

Vamos ver agora a pesquisa com os votos válidos, que excluem os brancos, nulos e o percentual de eleitores indecisos. Um candidato é eleito no segundo turno se conseguir cinquenta por cento dos votos válidos mais um voto.

A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de noventa e cinco por cento, com margem de erro de dois pontos – para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 54%
  • Fernando Haddad (PT): 46%

Na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 57% e Haddad, 43% dos votos válidos.

Pesquisa Ibope - 27-10 - Votos válidos no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1Pesquisa Ibope - 27-10 - Votos válidos no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

Pesquisa Ibope – 27-10 – Votos válidos no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

Votos totais

Nos votos totais, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 47%
  • Fernando Haddad (PT): 41%
  • Em branco/nulo: 10%
  • Não sabe: 2%

Na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 50% e Haddad, 37%.

Pesquisa Ibope - 27-10 - Votos totais no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1Pesquisa Ibope - 27-10 - Votos totais no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

Pesquisa Ibope – 27-10 – Votos totais no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

Rejeição

A pesquisa também apontou o potencial de voto e rejeição para presidente. O Ibope perguntou: “Para cada um dos candidatos a Presidente da República citados, gostaria que o(a) sr(a) dissesse qual destas frases melhor descreve a sua opinião sobre ele”?

Jair Bolsonaro

  • Com certeza votaria nele para presidente – 39%

  • Poderia votar nele para presidente – 10%

  • Não votaria nele de jeito nenhum – 39%

  • Não o conhece o suficiente para opinar – 11%

  • Não sabem ou preferem não opinar – 1%

Fernando Haddad

  • Com certeza votaria nele para presidente – 33%

  • Poderia votar nele para presidente – 12%

  • Não votaria nele de jeito nenhum – 44%

  • Não o conhece o suficiente para opinar – 10%

  • Não sabem ou preferem não opinar – 2%

Pesquisa Ibope - 27-10 - rejeição no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1Pesquisa Ibope - 27-10 - rejeição no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

Pesquisa Ibope – 27-10 – rejeição no segundo turno da eleição presidencial — Foto: Arte/G1

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

  • Entrevistados: 3.010 eleitores

  • Quando a pesquisa foi feita: 26 a 27 de outubro

  • Registro no TSE: BR‐ 02934/2018

  • Nível de confiança: 95%

  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”

  • nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Datafolha para presidente: Bolsonaro, 56%; Haddad, 44%…

G1

O Datafolha divulgou, há pouco, o resultado da mais recente pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado ontem e hoje e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 56%

  • Fernando Haddad (PT): 44%

No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 59% e Haddad, 41%.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

  • Entrevistados: 9.173 eleitores em 341 municípios

  • Quando a pesquisa foi feita: 24 e 25 de outubro

  • Registro no TSE: BR-05743/2018

  • Nível de confiança: 95%

  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”

  • O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 57%; Haddad, 43%…

G1

O Ibope divulgou nesta terça-feira (23) o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado entre domingo (21) e terça-feira (23) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 57%
  • Fernando Haddad (PT): 43%

Na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 59% e Haddad, 41% dos votos válidos.

Pesquisa Ibope - 23-10 - Eleição presidencial no 2º turno — Foto: Arte/G1Pesquisa Ibope - 23-10 - Eleição presidencial no 2º turno — Foto: Arte/G1

Pesquisa Ibope – 23-10 – Eleição presidencial no 2º turno — Foto: Arte/G1

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos totais

Nos votos totais, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 50%

  • Fernando Haddad (PT): 37%

  • Em branco/nulo: 10%

  • Não sabe: 3%

Pesquisa Ibope - 23-10 - Eleição presidencial no 2º turno - votos totais — Foto: Arte/G1Pesquisa Ibope - 23-10 - Eleição presidencial no 2º turno - votos totais — Foto: Arte/G1

Pesquisa Ibope – 23-10 – Eleição presidencial no 2º turno – votos totais — Foto: Arte/G1

Rejeição

A pesquisa também apontou o potencial de voto e rejeição para presidente. O Ibope perguntou: “Para cada um dos candidatos a Presidente da República citados, gostaria que o(a) sr(a) dissesse qual destas frases melhor descreve a sua opinião sobre ele”?

Jair Bolsonaro

  • Com certeza votaria nele para presidente – 37%
  • Poderia votar nele para presidente – 11%
  • Não votaria nele de jeito nenhum – 40%
  • Não o conhece o suficiente para opinar – 11%
  • Não sabem ou preferem não opinar – 2%

Fernando Haddad

  • Com certeza votaria nele para presidente – 31%
  • Poderia votar nele para presidente – 12%
  • Não votaria nele de jeito nenhum – 41%
  • Não o conhece o suficiente para opinar – 14%
  • Não sabem ou preferem não opinar – 2%

Votação espontânea

O Ibope também apresentou a intenção de voto espontânea, quando o entrevistado aponta em quem pretende votar sem a apresentação dos nomes dos candidatos.

  • Jair Bolsonaro – 42%
  • Fernando Haddad – 33%

Na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 47% e Haddad, 33%.

Pesquisa CNT/MDA: Bolsonaro tem 57% dos votos válidos; Haddad, 43%…

Nova pesquisa do instituto MDA, feita a pedido da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada nesta segunda-feira 22, mostra o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, com 57% das intenções de voto, contra 43% do adversário, Fernando Haddad (PT). Os números dizem respeito aos chamados “votos válidos”, que desconsideram brancos, nulos e indecisos, assim como a apuração oficial da Justiça Eleitoral.

Está e a primeira pesquisa CNT/MDA neste segundo turno das eleições 2018, registrando uma diferença levemente menor do que a verificada na semana passada por institutos como Ibope e Datafolha, que traziam o capitão da reserva entre 58% e 59%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Entre os votos totais, Bolsonaro aparece com 48,8% e Haddad, com 36,7%. Brancos e nulos são 11% e os indecisos somam 3,5%.

Além da desvantagem de catorze pontos percentuais, o candidato do PT ainda tem pela frente, faltando apenas seis dias para o segundo turno, um alto índice de rejeição. De acordo com a pesquisa, 51,4% dos eleitores disseram que não votariam no ex-prefeito de São Paulo “de jeito nenhum”. Os que rejeitam Bolsonaro são 42,7%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 21 de outubro de 2018. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões do país. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança. A pesquisa está registrada no TSE, sob o número BR-00346/2018. (Veja)

DATAFOLHA: Bolsonaro 59%, Haddad 41%…

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (18) o resultado da mais recente pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado nesta e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 59%

Fernando Haddad (PT): 41%

 

No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 58% e Haddad, 42%.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos totais

Nos votos totais, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 50%

Fernando Haddad (PT): 35%

Em branco/nulo/nenhum: 10%

Não sabe: 5%

Rejeição

O Datafolha também levantou a rejeição dos candidatos. O instituto perguntou: “E entre estes candidatos a presidente, gostaria que você me dissesse se votaria com certeza, talvez votasse ou não votaria de jeito nenhum em”:

Os resultados foram:

Jair Bolsonaro

Votaria com certeza – 48%

Talvez votasse – 10%

Não votaria de jeito nenhum – 41%

Não sabe – 1%

Fernando Haddad

Votaria com certeza – 33%

Talvez votasse – 12%

Não votaria de jeito nenhum – 54%

Não sabe – 1%

Decisão do voto

Jair Bolsonaro

Está totalmente decidido a votar em… – 95%

Seu voto ainda pode mudar – 5%

Não sabe – 0%

Fernando Haddad

Está totalmente decidido a votar em… – 89%

Seu voto ainda pode mudar – 10%

Não sabe – 0%

Branco/nulo/nenhum

Está totalmente decidido a votar em… – 74%

Seu voto ainda pode mudar – 25%

Não sabe – 1%

Conhecimento do número do candidato

O Datafolha também perguntou: “Qual número você vai digitar na urna eletrônica para confirmar/ anular seu voto para presidente?”.

As respostas foram:

Jair Bolsonaro (PSL)

Menções corretas – 94%

Não sabe o número do candidato – 5%

Menções incorretas – 1%

Fernando Haddad (PT)

Menções corretas – 91%

Não sabe o número do candidato – 8%

Menções incorretas – 2%

 

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

Entrevistados: 9.137 eleitores em 341 municípios

Quando a pesquisa foi feita: 17 e 18 de outubro

Registro no TSE: BR-07528/2018

Nível de confiança: 95%

Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Datafolha para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 58%; Haddad, 42%…

G1

O Datafolha divulgou nesta quarta-feira (10) o resultado da primeira pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado nesta quarta, dia 10, e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 58%

  • Fernando Haddad (PT): 42%

Pesquisa Datafolha - Votos válidos, segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad — Foto: Arte/G1Pesquisa Datafolha - Votos válidos, segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad — Foto: Arte/G1

Pesquisa Datafolha – Votos válidos, segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad — Foto: Arte/G1

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Nos votos totais, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 49%

  • Fernando Haddad (PT): 36%

  • Em branco/nulo/nenhum: 8%

  • Não sabe: 6%

Pesquisa Datafolha - Votos totais, segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad — Foto: Arte/G1Pesquisa Datafolha - Votos totais, segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad — Foto: Arte/G1

Pesquisa Datafolha – Votos totais, segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad — Foto: Arte/G1

Pesquisa Ideia Big Data: Bolsonaro tem 54% dos votos válidos; Haddad, 46%…

Veja Online

Na primeira pesquisa eleitoral do segundo turno, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) lidera a corrida pelo Palácio do Planalto com 54% das intenções de votos válidos. O petista Fernando Haddad tem 46%. O levantamento foi feito pela consultoria de pesquisa Ideia Big Data em parceria com VEJA.

A pesquisa ouviu presencialmente 2.036 eleitores das cinco regiões do país entre a última segunda e esta quarta-feira. A margem de erro é de 2,67% pontos percentuais para mais ou para menos. O número de registro no TSE é BR-09687/2018.

Bolsonaro chegou ao segundo turno com a preferência de 46,03% do eleitorado (ou 49,2 milhões de votos). Haddad teve 29,28% dos votos válidos (31,3 milhões de votos).

Ao considerar as respostas totais dos entrevistados, Bolsonaro tem 48% das intenções dos eleitores, enquanto Haddad, 41%. Votos brancos e nulos somam 7%, enquanto indecisos ou que não responderam atingiram 4%.

“Esse segundo turno é pautado por duas candidaturas extremamente opostas. Será muito difícil conseguir votos dos adversários. Portanto, a busca será pelos poucos indecisos e a conversão do branco/nulo. O que torna mais difícil o caminho do candidato do PT”, avalia Mauricio Moura, sócio da Ideia Big Data.

Datafolha para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 40%; Haddad, 25%; Ciro, 15%; Alckmin, 8%…

G1

O Datafolha divulgou neste sábado (6) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. Desde a última pesquisa do instituto, divulgada no dia 4, e realizada nos dias 3 e 4 de outubro, o primeiro colocado, Jair Bolsonaro, oscilou um ponto para cima, e o segundo colocado, Fernando Haddad se manteve estável.

A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de 95%, considerando a margem de erro, de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa ouviu 19.552 eleitores entre quinta-feira (5) e sábado (2).

Votos válidos

  • Jair Bolsonaro (PSL): 40%
  • Fernando Haddad (PT): 25%
  • Ciro Gomes (PDT): 15%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
  • Marina Silva (REDE): 3%
  • João Amoêdo (NOVO): 3%
  • Alvaro Dias (PODE): 2%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Cabo Daciolo (PATRI): 1%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%
  • Vera Lúcia (PSTU): 0%
  • João Goulart Filho (PPL): 0%
  • Eymael (DC): 0%

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos totais

Nos votos totais, quando são considerados os brancos/nulos e os indecisos, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 36%
  • Fernando Haddad (PT): 22%
  • Ciro Gomes (PDT): 13%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
  • Marina Silva (REDE): 3%
  • João Amoêdo (NOVO): 3%
  • Alvaro Dias (PODE): 2%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Cabo Daciolo (PATRI): 1%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%
  • Vera (PSTU): 0%
  • João Goulart Filho (PPL): 0%
  • Eymael (DC): 0%
  • Em branco/nulo/nenhum: 6%
  • Não sabe: 4%

Acima, nos votos totais, são considerados os votos brancos e nulos e o percentual dos eleitores que se declaram indecisos.

Rejeição

O Instituto também perguntou: “Dentre estes candidatos a Presidente da República, em qual o (a) sr. (a) não votaria de jeito nenhum? Mais algum? Algum outro?”.

Neste levantamento, portanto, os entrevistados podem citar mais de um candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.

Os resultados foram:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 44%

  • Fernando Haddad (PT): 41%

  • Marina Silva (REDE): 31%

  • Geraldo Alckmin (PSDB): 24%

  • Ciro Gomes (PDT): 21%

  • Henrique Meirelles (MDB): 15%

  • Guilherme Boulos (PSOL): 15%

  • Cabo Daciolo (PATRI): 15%

  • Alvaro Dias (PODE): 15%

  • Eymael (DC): 14%

  • Vera (PSTU): 13%

  • João Amoêdo (NOVO): 12%

  • João Goulart Filho (PPL): 12%

  • Não sabe: 3%

  • Votaria em qualquer um/ não rejeita nenhum: 1%

  • Rejeita todos/ não votaria em nenhum: 2%

Simulações de segundo turno

  • Bolsonaro 45% x 43% Haddad (branco/nulo: 10%; não sabe: 2%)

  • Ciro 47% x 43% Bolsonaro (branco/nulo: 8%; não sabe: 2%)

  • Bolsonaro 43% x 41% Alckmin (branco/nulo: 13%; não sabe: 2%)

  • Alckmin 41% x 38% Haddad (branco/nulo: 18%; não sabe: 2%)

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

  • Entrevistados: 19.552 eleitores em 382 municípios.

  • Quando a pesquisa foi feita: 5 e 6 de outubro

  • Registro no TSE: BR-01584/2018

  • Nível de confiança: 95%

  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”

  • nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 41%; Haddad, 25%; Ciro, 13%; Alckmin, 8%…

G1

O Ibope divulgou neste sábado (6) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. Segundo o instituto, desde a pesquisa divulgada no dia 3, e realizada nos dias 1 e 2 de outubro, o primeiro colocado, Jair Bolsonaro, cresceu quatro pontos, enquanto Fernando Haddad, em segundo lugar, oscilou um ponto para baixo.

A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de 95%, considerando a margem de erro, de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa ouviu 3.010 eleitores na sexta-feira (5) e no sábado (6).

Votos válidos

  • Jair Bolsonaro (PSL): 41%
  • Fernando Haddad (PT): 25%
  • Ciro Gomes (PDT): 13%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
  • Marina Silva (REDE): 3%
  • João Amoêdo (NOVO): 3%
  • Alvaro Dias (PODE): 2%
  • Cabo Daciolo (PATRI): 2%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%
  • Eymael (DC): 0%
  • Vera (PSTU): 0%
  • João Goulart Filho (PPL): 0%

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos totais

Nos votos totais, os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 36%

  • Fernando Haddad (PT): 22%

  • Ciro Gomes (PDT): 11%

  • Geraldo Alckmin (PSDB): 7%

  • Marina Silva (REDE): 3%

  • Cabo Daciolo (PATRI): 2%

  • Henrique Meirelles (MDB): 2%

  • João Amoêdo (NOVO): 2%

  • Alvaro Dias (PODE): 1%

  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%

  • Eymael (DC): 0%

  • Vera (PSTU): 0%

  • João Goulart Filho (PPL): 0%

  • Branco/ Nulo: 7%

  • Não sabe/ Não respondeu: 5%

Acima, nos votos totais, são considerados os votos brancos e nulos e o percentual dos eleitores que se declaram indecisos.

Rejeição

O instituto também perguntou: “Dentre estes candidatos a Presidente da República, em qual o (a) sr. (a) não votaria de jeito nenhum? Mais algum? Algum outro?”.

Neste levantamento, portanto, os entrevistados podem citar mais de um candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.

Os resultados foram:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 43%

  • Fernando Haddad (PT): 36%

  • Marina Silva (REDE): 22%

  • Geraldo Alckmin (PSDB): 16%

  • Ciro Gomes (PDT): 15%

  • Henrique Meirelles (MDB): 10%

  • Alvaro Dias (PODE): 9%

  • Cabo Daciolo (PATRI) 9%

  • Guilherme Boulos (PSOL): 9%

  • Eymael (DC): 8%

  • João Amoêdo (NOVO): 8%

  • Vera (PSTU): 7%

  • João Goulart Filho (PPL): 6%

  • Poderia votar em todos (resposta espontânea): 2%

  • Não sabem ou preferem não opinar: 7%

Simulações de segundo turno

  • Ciro Gomes 45% x 41% Jair Bolsonaro (branco/nulo 11%; não sabe 2%)

  • Geraldo Alckmin 40% x 43% Jair Bolsonaro (branco/nulo 14%; não sabe 3%)

  • Jair Bolsonaro 46% x 36% Marina Silva (branco/nulo 15%; não sabe 3%)

  • Fernando Haddad 41% x 45% Jair Bolsonaro (branco/nulo 12%; não sabe 3%)

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

  • Entrevistados: 3.010 eleitores

  • Quando a pesquisa foi feita: 1º e 2 de outubro

  • Registro no TSE: BR-01537/2018

  • Nível de confiança: 95%

  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”

  • nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Datafolha Senado – Pernambuco, votos válidos: Humberto, 27%; Jarbas, 26%; Mendonça, 18%…

G1 PE

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (6) aponta os seguintes percentuais de voto para o Senado em Pernambuco. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Votos Válidos

  • Humberto Costa (PT): 27%
  • Jarbas (MDB): 26%
  • Mendonça Filho (DEM): 18%
  • Silvio Costa (Avante): 10%
  • Bruno Araújo (PSDB): 9%
  • Pastor Jairinho (Rede): 4%
  • Adriana Rocha (Rede): 2%
  • Eugênia (PSOL): 1%
  • Hélio Cabral (PSTU): 1%
  • Lídia Brunes (Pros): 1%
  • Albanise Pires (PSOL): 1%
  • Alex Rola (PCO): 0%

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

Votos Totais

Veja, abaixo, o resultado da pesquisa Ibope considerando os votos totais.

  • Humberto Costa (PT): 36%

  • Jarbas (MDB): 36%

  • Mendonça Filho (DEM): 25%

  • Silvio Costa (Avante): 14%

  • Bruno Araújo (PSDB): 12%

  • Pastor Jairinho (Rede): 5%

  • Adriana Rocha (Rede): 3%

  • Eugênia (PSOL): 2%

  • Hélio Cabral (PSTU): 1%

  • Lídia Brunes (Pros): 1%

  • Albanise Pires (PSOL): 1%

  • Alex Rola (PCO): 1%

  • Brancos/nulos – Vaga 1: 19%

  • Brancos/nulos – Vaga 2: 26%

  • Não sabe/não respondeu – Vaga 1: 7%

  • Não sabe/não respondeu – Vaga 2: 12%

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

  • Quem foi ouvido: 2.674 eleitores, com 16 anos ou mais, em 59 municípios

  • Quando a pesquisa foi feita: nos dias 5 e 6 de outubro

  • Registro no TSE: PE‐05100/2018

  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

  • 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

A pesquisa foi contratada pela TV Globo e Folha de S.Paulo.

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo