domfernando

Arcebispo se manifesta publicamente contra reformas…

Do G1/PE O arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, se manifestou publicamente contra as reformas trabalhista e da Previdência Social, em tramitação no Congresso Nacional. Por meio dos sites oficiais Leia mais »

WhatsApp-Image-2017-04-25-at-13.03.12-300x168

Coren-PE interdita unidades de saúde nos municípios de Ferreiros e São Vicente Férrer …

Ontem (25/04), o Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco no uso de suas atribuições legais e regimentais interditou eticamente os profissionais de enfermagem de duas unidades de saúde, localizadas nos municípios de Leia mais »

senado

Senado vota hoje abuso de autoridade; projeto é alvo de críticas…

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) deve votar nesta quarta-feira (26) o substitutivo do senador Roberto Requião (PMDB-PR) que tipifica os crimes por abuso de autoridade. A proposta tem sido Leia mais »

195366,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0

Energia mais cara em Pernambuco a partir de sábado…

A tarifa para os consumidores da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) vai ficar mais cara a partir do próximo sábado, dia 29. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou o reajuste Leia mais »

censo_ibge_capacitacao_edit

IBGE abre concurso para mais de 24 mil vagas temporárias…

Foram abertas desde a última segunda-feira, 24, as inscrições para o concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O processo seletivo é para 24.984 vagas temporárias de níveis fundamental e Leia mais »

Category Archives: Informática

Aproveite as promoções de acesso à internet…

IMG-20160704-WA0002

IMG-20160704-WA0002

Ti Connect – Aproveite as promoções…

IMG-20160704-WA0002

IMG-20160704-WA0002

43% das escolas públicas têm banda larga, contra 80% das privadas…

192

192

Em 2014, só metade das escolas de educação básica no Brasil tinham acesso à internet de banda larga, segundo um estudo feito pelo Instituto Ayrton Senna, ao qual o G1 teve acesso. De acordo com os dados, a porcentagem de escolas públicas nessa situação em 2014 era de 42,7%, taxa menor que a registrada seis anos antes pelas escolas particulares, de 48,8%.

No ano passado, na rede privada, 80,2% das escolas já tinham acesso à internet de alta velocidade. Os dados foram levantados a partir das últimas sete edições do Censo Escolar.

Segundo os números do Censo, o Brasil tinha um total de 149.098 escolas públicas e 39.575 escolas privadas de educação básica em 2014. Embora as escolas privadas representem 20,9% do total de escolas no país, elas respondem por 33,3% do total de escolas brasileiras com internet de banda larga.

É possível notar, a partir do levantamento, que o investimento público em banda larga privilegia os estudantes do ensino médio. Na divisão entre o ensino fundamental e o ensino médio, 79,4% das escolas públicas de ensino médio tinham banda larga em 2014, contra 90,8% das escolas particulares. (G1)

Empresas de telefonia entram em guerra contra o WhatsApp…

download

download

Operadoras de telecomunicações no Brasil pretendem entregar a autoridades locais em dois meses um documento com embasamentos econômicos e jurídicos contra o funcionamento do aplicativo WhatsApp, controlado pelo Facebook, disseram à agência de notícias Reuters três fontes da indústria.

Uma das empresas do setor estuda também entrar com uma ação judicial contra o serviço, afirmou uma das fontes. O questionamento a ser entregue à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) será feito contra o serviço de voz do WhatsApp, e não sobre o sistema de troca de mensagens do aplicativo, disse a mesma fonte. A ideia é questionar o fato de a oferta do serviço se dar por meio do número de telefone móvel do usuário, e não através de um login específico como é o caso de outros softwares de conversas por voz, como o Skype, da Microsoft.

O argumento das operadoras é que o número de celular é outorgado pela Anatel e as empresas de telefonia pagam tributos para cada linha autorizada, como as taxas do Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (Fistel), o que não é feito pelo WhatsApp. De acordo com a consultoria especializada Teleco, as operadoras pagam R$ 26 para a ativação de cada linha móvel e R$ 13 anuais de taxa de funcionamento. Ontem, o ministro Ricardo Berzoini (Comunicações), defendeu a regulamentação do WhatsApp e também do Netflix no Brasil.(Reuters)

Windows 10 atrai milhões de usuários em primeiro dia de lançamento…

download

download

Cerca de 14 milhões de pessoas instalaram o novo sistema operacional Windows 10, da Microsoft, durante as primeiras 24 horas após seu lançamento – anunciou nesta sexta-feira a gigante tecnológica norte-americana, comemorando a resposta “surpreendentemente positiva”.

A empresa disse que seu novo sistema operacional para computadores, smartphones e outros dispositivos teve um grande impulso rumo à meta de ser instalado em 1 bilhão de dispositivos.

“Nos sentimos honrados e agradecidos por ver a resposta ao Windows 10”, escreveu o vice-presidente da Microsoft, Yusuf Mehdi, na quinta-feira.

“Vimos uma demanda inédita pelo Windows 10, com comentários e opiniões dos clientes surpreendentemente positivos em todo o mundo”.
 
O desafio é grande para a Microsoft, que lançou o sistema operacional tanto para computadores pessoais (PC), como para dispositivos móveis, smartphones e tablets.

A empresa espera, com este lançamento, ganhar adeptos no setor móvel, onde fica atrás do Android do Google e do iOS da Apple.

O Windows 10 — que fou um salto da Microsoft diretamente do Windows 8, que teve uma resposta fraca — está sendo oferecido como uma atualização gratuita para a maioria dos dispositivos, tornando acessível rapidamente para milhões de usuários.

Continua…

Empreendedor de Bom Jardim cria aplicativo da Fenearte 2015

677b72bd6f

677b72bd6f

O jovem empreendedor Fabiano Silva, do município de Bom Jardim, no Agreste Setentrional de Pernambuco, desenvolveu o aplicativo Fenearte.

O APP está disponível na loja do Google Play, onde o usuário ficará por dentro da programação da XVI Fenearte 2015, poderá acompanhar notícias e novidades exclusivas sobre a maior feira de artesanato da América Latina.

O objetivo do aplicativo é divulgar as riquezas do estado de Pernambuco na plataforma mobile. Clique no link e baixe. APP Fenearte.

Facebook testa app que exibe autor de ligações e dá informação sobre ele…

FACEBOOK-TESTA-APP-QUE-EXIBE-AUTOR-DE-LIGAÇÕES-E-DÁ-INFORMAÇÃO-SOBRE-ELE-300x124

FACEBOOK-TESTA-APP-QUE-EXIBE-AUTOR-DE-LIGAÇÕES-E-DÁ-INFORMAÇÃO-SOBRE-ELE-300x124

O Facebook escolheu o Brasil, além de Estados Unidos e Nigéria, para testar seu novo aplicativo, o “Hello”, que não só identifica quem são as pessoas responsáveis por chamadas de celular não identificadas como também exibe informações do perfil do sujeito na rede social. O app começou a ser testado quarta-feira (22) e funciona apenas em aparelhos equipados com o sistema operacional Android (Veja aqui).

O sistema do Google foi o escolhido para iniciar a experiência porque o iOS, da Apple, não permite que aplicativos interajam com ligações telefônicas. O Hello foi desenvolvido pela equipe responsável pelo “Messenger”, serviço de bate-papo do Facebook que cada vez mais se torna uma plataforma autônoma. Para acessá-lo, é preciso entrar com uma conta da rede social.

QUEM É – A partir daí, assim que o usuário receber uma ligação, o Hello identificará quem é o autor da chamada. “Bilhões de ligações são feitas todos os dias por celulares, e as pessoas frequentemente têm poucas informações sobre quem está ligando”, afirmou Andrea Vaccari, gerente de produto do Facebook. Dará também informações pessoais, como se é o aniversário dele ou em que empresa trabalha – isso só ocorre se o responsável pela ligação disponibilizar esses dados. “Quando você receber uma ligação, Hello irá mostrar a você informações sobre quem está ligando, mesmo que você não tenha o número salvo na sua agenda”, disse Vaccari.

DE ONDE FALA – O novo aplicativo também permite buscar pelo número de pessoas e estabelecimentos comerciais. “Se um amigo falar a você sobre um novo restaurante na vizinha, você pode usar o Hello para achar o horário de funcionamento, fazer uma reserva e obter rotas, tudo sem deixar o app”, explicou Vaccari. Além disso, o app permite bloquear números indesejados. Ao fim das ligações, surge na tela do celular uma cartela indicando se o contato possui ou não o Messenger instalado. Caso tenha, é possível iniciar uma conversa telefônica via internet com ele pelo app. (Fonte: G1) 

Desembargador derruba decisão que pedia bloqueio do WhatsApp…

download

download

O desembargador Raimundo Nonato da Costa Alencar, do Tribunal de Justiça do Piauí, suspendeu ontem (26) uma decisão de um juiz do estado que pedia a suspensão do WhatsApp no Brasil. A decisão foi tomada em razão de mandado de segurança impetrado por companhias de telecomunicações, a quem o magistrado havia ordenado o bloqueio do aplicativo de conversas.

A reportagem apurou que a decisão de Alencar favorece algumas teles, como GVT, Embratel e Claro -outras também entraram com mandados de segurança. Não está claro se todas as companhias citadas serão beneficiadas, mas a tendência é que futuras decisões sigam a mesma linha. O escritório de advocacia Opice Blum, que entrou com o mandado de segurança, não comentou o caso.

A ordem de suspensão do WhatsApp foi emitida pelo juiz Luiz Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina. Segundo Correia, o objetivo da ordem judicial, é forçar o WhatsApp a colaborar com investigações da polícia do Estado. O serviço de mensagens não estaria ajudando em investigações realizadas desde 2013 e que teriam relação com crimes (“graves”, diz o juiz, mas sem especificá-los) contra crianças e adolescentes.

O magistrado afirma que a decisão de direcionar os pedidos às teles, e não à companhia americana, foi feita depois de o WhatsApp se negar a fornecer esse tipo de informação, supostamente alegando não ter de cumprir a lei brasileira por não ter escritório aqui.

Em nota divulgada na quarta-feira (25), o Sinditelebrasil, associação que representa as teles, julgou a medida “desproporcional”, “já que, para conseguir informações de um número reduzido de pessoas, negadas pela proprietária do Whatsapp, decidiu-se suspender o serviço em todo o país”. A instituição também afirma que as companhias “não têm nenhuma relação com o serviço”.

O Facebook, que comprou o mensageiro no ano passado por US$ 19 bilhões, disse que não se pronunciaria porque as companhias atuam de modo separado. “A rede social não é legalmente responsável pelo serviço de mensagens”, diz a advogada Gisele Arantes, especialista em direito digital. “No documento, elas são empresas independentes.” (Folhapress)

Decisão de Juiz do Piauí manda tirar WhatsApp do ar em todo o Brasil…

fb-post

O Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí informou que o juiz Luiz Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, expediu decisão mandando que uma empresa de telefonia suspenda temporariamente em todo o Brasil o acesso ao aplicativo de troca de mensagens instantâneas WhatsApp.

Em nota para a imprensa divulgada nesta quarta-feira (25), o Núcleo de Inteligência diz que o mandado judicial foi expedido no dia 11 de fevereiro, após a empresa se negar a dar informações para uma investigação policial.

Nota Whattsapp (Foto: Divulgação)

Nota do Núcleo de Inteligência da Secretaria de
Segurança (Foto: Divulgação)

A informação também foi repassada pelo delegado geral do Piauí, Riedel Batista. “Existe um inquérito na Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) e a delegada precisou de informações contidas no WhatsApp para embasar o caso e o aplicativo se negou a dar. O juiz determinou que as informações fossem prestadas e mesmo assim o aplicativo se negou”, disse.

G1 procurou o WhatsApp para tratar sobre a decisão judicial, mas a empresa ainda não se pronunciou sobre o assunto.

A nota do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança disse que os os “processos judiciais que originaram as referidas decisões tiveram início desde o ano de 2013, mas até o presente momento data (25) os responsáveis pelo WhatsApp não acataram as ordens judiciais”. A nota afirmou também que o mandado judicial foi encaminhado para as operadoras de telefonia móvel para que seja cumprido. O documento foi assinado pelos delegados Alessandro Barreto Gonçalves, Éverton Ferreira Almeida e Daniel Pires Ferreira.

“A Polícia Civil não sabe de muita coisa, pois ela só deu encaminhamento ao mandado do juiz para os órgãos competentes. Não sabemos quando o aplicativo deverá deixar de funcionar e nem por quanto tempo”, disse o delegado geral, Riedel Batista.

Delegada diz que desde 2013 WhatsApp não vem colaborando com as investigações (Foto: Fernando Brito/G1)

Delegada Ana Kátia disse investigações ocorrem
desde 2013 (Foto: Fernando Brito/G1)

A delegada da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), Ana Kátia Esteves, em coletiva para a imprensa, disse que todas as empresas de telefonias foram notificadas sobre a suspensão do serviço ainda no mês de fevereiro deste ano. Ainda de acordo com ela, as empresas vêm descumprindo a ordem e cabe ao Núcleo de Inteligência o acompanhamento para o cumprimento das decisões judiciais.

“O procedimento de solicitação das informações junto ao WhatsApp vem desde 2013 quando o inquérito foi instaurado. A empresa não vem cumprindo as solicitações desde então, por isso, o juiz entrou com uma representação através da decisão judicial de suspensão do serviço no país.

Ainda segundo a delegada, se a decisão de tirar aplicativo do ar não for atendida, pode caracterizar-se crime de descumprimento de ordem judicial, mas “quem vai decidir é o juiz”, afirmou.

O juiz Luiz Moura Correia, autor da decisão, afirmou que não poderia dar informações sobre o caso já que o despacho se refere a um processo que corre em segredo de Justiça.

G1 PI

Promoção da TiConnect…

10923647_564873903656077_1832181706227621152_n

10923647_564873903656077_1832181706227621152_n

A melhor opção em internet na região…

10923647_564873903656077_1832181706227621152_n

10923647_564873903656077_1832181706227621152_n

Banda larga do Brasil tem velocidade média de 2,33 Mbps, diz Netflix…

images6

images6

A Netflix divulgou, nesta semana, o ranking de dezembro de velocidade média das operadoras brasileiras de banda larga. Com isso, a velocidade média das seis principais operadoras analisadas (GVT, Live TIM, NET Virtua, Algar e Oi Velox) em 2014 ficou em 2,33 Mbps.

No que diz respeito ao desempenho individual de cada operadora, a Live TIM foi a que apresentou melhor velocidade durante o ano passado, com média de 3,15 Mbps. O melhor mês para a operadora foi em dezembro, quando a Netflix constatou velocidade média de 3,44 Mbps.

Em segundo lugar no ranking está a GVT, com média de 3,14 Mbps, seguida da NET Virtua, com 2,62 Mbps. Algar, Telefonica e Oi Velox completam a lista, com médias de 2,11 Mbps, 1,48 Mbps e 1,43 Mbps, respectivamente.

A pior velocidade de 2014 foi registrada em julho de 2014, quando a Oi Velox teve média de 1,22 Mbps.

Olhar Digital, UOL

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo