Proclamação da República…

InfoEscola A Proclamação da República Brasileira aconteceu no dia 15 de novembro de 1889. Resultado de um levante político-militar que deu inicio à República Federativa Presidencialista. Fica marcada a figura de Marechal Deodoro da Fonseca como Leia mais »

Júnior de Dezim esclarece sua saída da chapa para a eleição da Câmara Municipal de João Alfredo…

A propósito da matéria publicada neste blog acerca da movimentação em torno da eleição para a renovação da mesa diretora da Câmara Municipal de João Alfredo, biênio 2019/2020, o vereador Júnior de Leia mais »

Cuba abandona programa Mais Médicos após declarações de Bolsonaro…

Veja O governo de Cuba informou nesta quarta-feira que está saindo do programa Mais Médicos devido às declarações “ameaçadoras e depreciativas” do presidente eleito Jair Bolsonaro, que anunciou mudanças “inaceitáveis” ao projeto governamental. O país caribenho tomou a Leia mais »

Decisão Futsal sub-14: Náutico x João Alfredo…

O esporte no município de João Alfredo tem crescido a cada dia. E o trabalho com as categorias de base tem sido um diferencial. O exemplo maior está na Seleção de Futsal Leia mais »

Diogo Prado tem recurso negado e perde cadeira de vereador em Carpina…

O vereador carpinense Diogo Prado (PSC) teve recurso negado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) na manhã dessa quarta (14). O parlamentar, que teve o mandato cassado pelo TRE por infidelidade Leia mais »

Category Archives: Educação

Dia do Jornalista…

Hoje é o dia oficial da profissão de jornalista. Esta comemoração foi criada pela Associação Brasileira de Imprensa como homenagem a Giovanni Battista Libero Badaró.

Giovanni Badaró foi médico e jornalista e foi assassinado no dia 22 de novembro de 1830, em São Paulo, por alguns dos seus inimigos políticos. O movimento popular que se gerou por causa do seu assassinato levou a que D. Pedro I abdicasse em 1831, no dia 7 de abril.

Foi só em 1931, cem anos depois do acontecimento, é que surgiu a homenagem e o dia 7 de abril passou a ser “Dia do Jornalista”.

O blog saúda neste 7 de abril, Dia Nacional dos Jornalistas, a todos trabalhadores e trabalhadoras que, nas redações de jornais e revistas, estúdios de rádio e TV, nas mídias eletrônicas, escolas e assessorias de imprensa; escrevendo, editando, desenhando, fotografando, filmando, ensinando, narrando ou apresentando notícias em todos suportes, exercem esta profissão que é um dos pilares mais visíveis da democracia.

Hoje:

7 de abril é o 97.º dia do ano no calendário gregoriano (98.º em anos bissextos). Faltam 268 para acabar o ano.

  • 451 — Átila, o Huno, saqueia a cidade de Metz e ataca outras cidades na Gália.

  • 529 — A primeira versão do Corpus Juris Civilis (uma obra jurídica fundamental) é publicada pelo imperador bizantino Justiniano.

  • 1141 — A imperatriz Matilde se torna a primeira governante da Inglaterra, adotando o título de “Senhora dos Ingleses”.

  • 1348 — Fundação da Universidade Carolina em Praga.

  • 1521 — Fernão de Magalhães chega a Cebu nas Filipinas.

  • 1541 — Francisco Xavier parte de Lisboa em uma missão nas Índias Orientais Portuguesas.

  • 1724 — Estreia de Paixão segundo São João, BWV 245 de Johann Sebastian Bach na igreja de São Nicolau, Leipzig.

  • 1767 — Fim da Guerra birmano-siamesa (1765-1767).

  • Continua…

Mendonça Filho anuncia suspensão da criação de cursos de Medicina por cinco anos…

Brasília – Entrevista com o ministro da Educação, Mendonça Filho e a secretária executiva do Mec, Maria Helena Guimarães (José Cruz/Agência Brasil)

A medida atende a uma reivindicação feita há tempos por entidades de classe. Associações se queixam do expressivo aumento das vagas de cursos de medicina, sobretudo depois da Lei dos Mais Médicos. 

Além da moratória, entidades de classe esperam também para amanhã a regulamentação de certificação de cursos de medicina. A proposta defendida pelo grupo é de que essa comissão externa, cujos integrantes seriam indicados pelo MEC, ficaria encarregada de estabelecer critérios mínimos de estrutura para cursos de Medicina que já estão abertos. 

“O mais importante é garantir a qualidade dos cursos e a certeza de que o médico saia da faculdade apto a fazer atendimento adequado do paciente”, disse o presidente da Associação Brasileira de Educação Médica, Sigsifredo Brenelli. 

Esse é um pedido antigo de associações de entidades médicas. Ela viria como uma espécie de ação combinada com a moratória. “A suspensão tem efeito para cursos futuros. A certificação feita por essa comissão ajudaria a verificar a qualidade das escolas abertas durante os últimos anos”, disse o presidente da Associação Médica Brasileira, Lincoln Lopes Ferreira. Embora esperada, nem Ferreira nem Brenelli tiveram a confirmação de que a comissão externa seria regulamentada. “Mas é nossa expectativa”, Ferreira. 

O presidente da AMB argumenta que algumas escolas não têm hospitais próprios. Nesses casos, alunos têm de acompanhar médicos de instituições ligadas ao curso. “Mas esses profissionais que estão atendendo não são professores, não têm necessariamente formação para ensinar”, lembrou. 

Para Brenelli, a comissão externa não entraria em conflito com o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) do MEC. “Teríamos um olhar diferenciado”, disse. “Quais seriam as diretrizes curriculares, o número de professores, os serviços de apoio”, disse. (Diário de Pernambuco)

Hoje:

5 de abril é o 95.º dia do ano no calendário gregoriano (96.º em anos bissextos). Faltam 270 para acabar o ano.

  • 823 — Lotário I é coroado Rei da Itália pelo Papa Pascoal I.

  • 1081 — Aleixo I Comneno é coroado imperador bizantino em Constantinopla.

  • 1242 — Durante a Batalha sobre o gelo do lago Peipus, as forças russas, lideradas por Alexandre Nevsky, repelem uma tentativa de invasão dos Cavaleiros Teutônicos.

  • 1536 — Entrada Real de Carlos V em Roma: o último triunfo romano.

  • 1614 — Na Virgínia, a nativa americana Pocahontas casa com o colono inglês John Rolfe.

  • 1621 — O Mayflower parte de Plymouth, Massachusetts, em uma viagem de volta para a Inglaterra.

  • 1632 — Guerra dos Trinta Anos: tropas suecas, comandadas por Gustavo II Adolfo, atravessam o rio Lech e confrontam as tropas na Baviera, que ficou conhecida como Batalha de Rain.

  • 1722 — O explorador holandês Jakob Roggeveen descobre a Ilha de Páscoa.

  • 1764 — Parlamento inglês aprova a Lei do Açúcar, substituindo a Lei do Melaço, criando novos impostos sobre o açúcar estadunidense.

  • Continua…

MEC vai cancelar diplomas de faculdades com irregularidades…

As faculdades investigadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito, instaurada pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), terão diplomas cancelados por determinação do Ministério da Educação (MEC). A investigação sobre irregularidades nas instituições de ensino teve início em 2016. A medida foi determinada pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres)/MEC e alcança 19 instituições investigadas. Outras cinco faculdades já possuem medidas cautelares específicas determinadas, tendo uma delas, a Escola Superior de Relações Públicas (ESURP), já sido descredenciada pelo Ministério. Pelo menos 1,3 mil diplomas serão suspensos.

O MEC diz que a determinação visa o cumprimento da legislação brasileira e reforça o compromisso para garantir a qualidade da educação do ensino superior no país. Além de proteger os interesses da sociedade, impedindo que ingressem no mercado de trabalho profissionais que possuem diplomas irregulares, e que não obtiveram a formação exigida para o exercício da sua profissão.

A Seres/MEC já determinou uma série de medidas cautelares sobre as instituições citadas na CPI da Alepe. Com base nas investigações, foram detectadas as seguintes irregularidades: oferta de cursos superiores fora do domicílio autorizado pelo MEC; estabelecimento de parcerias irregulares com entidades não credenciadas pelo poder público; a convalidação irregular desses estudos; e o registro de diplomas de cursos ofertados em circunstâncias irregulares.

As instituições deverão iniciar o cancelamento dos diplomas irregulares no prazo de noventa dias, por meio de procedimento administrativo interno que confira a eventuais estudantes afetados o exercício do direito ao contraditório e à ampla defesa. A medida deverá ser publicizada no Diário Oficial da União, em jornais de grande circulação e no sítio eletrônico da instituição. Os alunos que agiram de boa fé e se sentirem prejudicados pelos atos cometidos pelas instituições podem acionar a Justiça. (Diário de Pernambuco)

Hoje:

4 de abril é o 94.º dia do ano no calendário gregoriano (95.º em anos bissextos). Faltam 271 para acabar o ano.

  • 503 a.C. — Segundo o triunfo romano, o cônsul Agripa Menênio Lanato celebrou um ovação para uma vitória militar sobre os sabinos.

  • 1581 — Francis Drake é condecorado por completar uma circum-navegação do mundo.

  • 1796 — Georges Cuvier profere sua primeira palestra paleontológica na École Centrale du Pantheon do Museu Nacional de História Natural sobre a vida e restos fósseis de elefantes e espécies afins, fundando a ciência da paleontologia.

  • 1814 — Napoleão abdica pela primeira vez e nomeia seu filho Napoleão II como Imperador dos Franceses.

  • 1839 — Fundação da Escola de Farmácia de Ouro Preto, hoje vinculada à Universidade Federal de Ouro Preto, Brasil.

  • 1865 — Guerra de Secessão: um dia depois de forças da União capturarem Richmond, Virgínia, o presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln visita a capital confederada.

  • 1909 — Fundação do Sport Club Internacional, clube futebolístico do estado do Rio Grande do Sul.

  • 1925 — A Schutzstaffel (SS) é fundada na Alemanha.

  • Continua…

Hoje:

3 de abril é o 93.º dia do ano no calendário gregoriano (94.º em anos bissextos). Faltam 272 para acabar o ano.

  • 503 a.C. — Segundo o triunfo romano, o cônsul Públio Postúmio Tubertocelebrou uma ovação para uma vitória militar sobre os sabinos.

  • 801 — O rei Luís I, o Piedoso captura Barcelona aos mouros após um cerco de vários meses.

  • 1043 — Eduardo, o Confessor é coroado rei da Inglaterra.

  • 1493 — Cristóvão Colombo é recebido em Barcelona pelos Reis Católicos após a viagem de descoberta da América.

  • 1834 — Os generais da Guerra de independência da Grécia são julgados por traição.

  • 1862 — É publicado o livro Os Miseráveis do escritor francês Victor Hugo.

  • 1865 — Guerra de Secessão: as forças da União capturam Richmond, Virgínia, a capital dos Estados Confederados da América.

  • 1882 — Velho Oeste: Jesse James é morto por Robert Ford.

  • 1885 — É concedido uma patente alemã a Gottlieb Daimler por seu projeto do motor.

  • Continua…

Saiba como pedir isenção da taxa de inscrição do Enem 2018…

Começa hoje (2) às 10h o prazo para os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pedirem a isenção da taxa de inscrição da prova. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) espera que cerca de 4 milhões de pessoas peçam a isenção da taxa neste ano. O prazo termina no dia 11 de abril.

Em 2018, o Enem completa 20 anos e pela primeira vez o pedido de isenção da taxa de inscrição será feito antes do período de inscrição. Até o ano passado, os dois atos eram feitos simultaneamente. Também pela primeira vez, os candidatos que tiveram a isenção no ano passado e faltaram aos dois dias de prova terão que justificar a ausência para ter a gratuidade novamente.

Segundo a diretora de Gestão e Planejamento do Inep, Eunice Santos, o objetivo é garantir mais oportunidade para os jovens que necessitam da isenção, mas também garantir maior cuidado do dinheiro público e o desenvolvimento de uma consciência mais ética no cidadão. “Vamos fazer isso com mais critério e mais responsabilidade”, disse ela.

Para todos os casos de solicitação de isenção da taxa de inscrição, o participante deverá ter documentos que comprovem a condição declarada, sob pena de responder por crime contra a fé pública e de ser eliminado do exame. Se a solicitação de isenção for negada, ainda é possível recorrer da decisão, na Página do Participante, entre os dias 23 e 29 de abril.

A aprovação da isenção da taxa de inscrição não significa que o participante já está inscrito no Enem 2018. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano, pelo site do Enem.

Continua…

Hoje:

2 de abril é o 92.º dia do ano no calendário gregoriano (93.º em anos bissextos). Faltam 273 para acabar o ano.

  • 1453 — O sultão otomano Maomé II, o Conquistador inicia o cerco de Constantinopla (Istambul).

  • 1513 — O explorador espanhol Juan Ponce de León avista pela primeira vez a terra em que é hoje a Flórida.

  • 1800 — Ludwig van Beethoven estreia sua Sinfonia n.º 1, em Viena.

  • 1801 — Guerras Napoleônicas: Batalha de Copenhaga: os britânicos capturam a frota dinamarquesa.

  • 1851 — Rama IV é coroado rei da Tailândia.

  • 1900 — O Congresso dos Estados Unidos aprova a Lei Foraker, dando a Porto Rico um autogoverno limitado.

  • 1902 — É inaugurado em Los Angeles a Electric Theatre, a primeira sala de cinema dos Estados Unidos.

  • 1917 — Primeira Guerra Mundial: o presidente dos Estados Unidos Woodrow Wilson pede ao Congresso para declarar guerra à Alemanha.

  • 1930 — Após a misteriosa morte da imperatriz Zauditu, Haile Selassie é proclamado imperador da Etiópia.

  • 1945 — Brasil e União Soviética estabelecem relações diplomáticas.

  • 1972 — O ator Charlie Chaplin retorna aos Estados Unidos pela primeira vez desde que foi rotulado de comunista durante o macartismo no início dos anos 1950.

  • 1975

    • Guerra do Vietnã: milhares de refugiados civis fogem da província de Quang Ngai mediante o avanço das tropas norte-vietnamitas.

    • Concluída a construção da Torre CN em Toronto, Canadá. Ela atinge 553,33 metros de altura, tornando-se na época a mais alta estrutura do mundo.

  • 1976 — É concluída a elaboração da Constituição da República Portuguesa.

  • 1982 — Guerra das Malvinas: a Argentina invade as ilhas Malvinas.

  • 1989 — O líder soviético Mikhail Gorbachev chega em Havana, Cuba, para se encontrar com Fidel Castro em uma tentativa de melhorar as tensas relações entre os dois países.

  • 2002 — Forças israelenses cercam a Basílica da Natividade em Belém, no interior da qual palestinos armados se refugiaram; um cerco começa.

  • 2004 — Terroristas islâmicos envolvidos nos atentados de 11 de março de 2004 em Madrid tentam bombardear o trem de alta velocidade espanhol AVE perto de Madrid; o ataque é frustrado.

  • 2008 — Acontece pela primeira vez o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, decretado pela Organização das Nações Unidas no ano anterior, para repetir-se anualmente.

  • 2015

    • Terroristas do grupo Al-Shabaab atacam a Universidade de Garissa, no Quênia, matando pelo menos 148 pessoas e ferindo outras 79.

    • Irã e cinco outros países chegam a um acordo preliminar sobre o programa nuclear iraniano.

Hoje:

1 ou 1.º de maio é o 121.º dia do ano no calendário gregoriano (122.º em anos bissextos). Faltam 244 para acabar o ano.

  • 305 — Diocleciano e Maximiano, imperadores de Roma, deixam de governar.

  • 524 — Sigismundo, rei da Borgonha, é executado em Orleães após um reinado de oito anos e é sucedido por seu irmão Gundemaro.

  • 880 — Inaugurada a Igreja Nova em Constantinopla, servindo de modelo para as posteriores igrejas em cruz inscrita ortodoxas.

  • 1328 — Término das Guerras de independência da Escócia; pelo Tratado de Edimburgo-Northampton, o Reino da Inglaterra reconhece o Reino da Escócia com um Estado independente.

  • 1500 — Pedro Álvares Cabral toma posse da “Ilha de Vera Cruz” (atual Brasil) em nome do rei de Portugal.

  • 1576 — Estêvão Báthory, Príncipe da Transilvânia, casa com Ana Jagelão e eles se tornam co-regentes da República das Duas Nações.

  • 1625 — Armada luso-espanhola da Jornada dos Vassalos reconquista Salvador na Bahia aos holandeses.

  • 1707 — Entra em vigor o Tratado de União unindo o Reino da Inglaterra ao da Escócia para formar o Reino da Grã-Bretanha.

  • Continua…

História – Há 54 anos o golpe militar…

Por Orlando Brito – Blog Os Divergentes

Hoje, 31 de março, completam-se 54 anos do golpe militar de 1964 que tirou do poder o presidente João Goulart. A Revolução, como ficou conhecido o movimento, permaneceu no poder até 1985. Com a deposição de Jango, vários marechais e generais sucederam-se no comando do Palácio do Planalto. O primeiro foi o marechal Humberto Castello Branco, seguido pelo também marechal Arthur da Costa e Silva. Depois foi a vez de uma junta militar composta por um general, um brigadeiro e um almirante. Em seguida, os generais Garrastazú Médici, Ernesto Geisel e João Figueiredo presidiram o Brasil.

Durante os 21 anos do regime militar, o Congresso foi fechado duas vezes, houve cassação de mandatos de vários políticos, repressão às pessoas contrárias ao golpe, prisão de líderes, tortura em quartéis, mortes, banimentos, restrição às liberdades de reunião e livre expressão, com censura aos meios de comunicação. No período do general Geisel teve início o processo de distensão e abertura política, concluída nos tempos do general Figueiredo. Assim, muitos exilados do Exterior puderam retornar ao Brasil e reintegrar-se à vida política.

Em 1985, por fim, pudemos viver o período de redemocratização, com os civis voltando ao poder, a ocupar novamente o Palácio do Planalto. Essa imagem do amigo Evandro Teixeira entrou para história como uma das primeiras a dar face ao golpe militar de 1964. Evandro, à época fotógrafo do Jornal do Brasil, nos conta como conseguiu fazê-la:

– O Capitão Leno, que servia no Forte de Copacabana, era meu amigo dos jogos vôlei de praia no Posto 6, onde morávamos. Sabia que estava em curso o movimento para derrubar o governo de Jango. Era ainda a madrugada do dia primeiro de abril quando ele passou em minha casa e disse-me:

– Evandro, golpe está acontecendo nesse momento. Já estou fardado e indo para lá. Se você quiser, ajudo a entrar comigo. Fique do meu lado, quando eu bater continência para a sentinela, você se adianta e entra no quartel. Fique sério porque a situação é grave. Esconda sua câmara sob o colete e seja discreto. E assim fizemos. Antes, porém, de entrar no Forte, ainda no portão, observei essa cena aí, do soldado com fuzil das costas sob a chuva e, em primeiro plano, uma canhão de reboque. Fiz um ou dois clics e tirei o filme. Coloquei outro e entramos.

– Logo depois, já com os primeiros raios de sol, chegava o general Castello Branco, líder do movimento. No comando do quartel, todos queriam fazer uma foto com ele. E o mais interessante é que alguns coronéis, majores e capitães, achando que eu fosse fotógrafo do Exército, pediram que eu registrasse uma pose com o novo presidente do Brasil.

– Assim, que consegui fazer algumas fotos. Porém, por precaução, o meu amigo capitão Leno, deu-me um sinal com uma piscada de olhos, com receio de que eu – fotojornalista e civil – fosse descoberto e com certeza acabasse preso. Entendi o risco que eu corria e, sobretudo, a importância daquele momento. Dei-me por satisfeito e saí discretamente. Eu não podia imaginar que havia feito uma das primeiras imagens do golpe militar que militar que acabou governando o País por 21 anos.

– Só lamento que as fotos do marechal Castello tenham desaparecido nas mudanças de endereço que o JB teve ao longo de sua história. Uma grande perda.

Orlando Brito

Hoje:

31 de março é o 90.º dia do ano no calendário gregoriano (91.º em anos bissextos). Faltam 275 para acabar o ano. 

307 — Depois de se divorciar de sua esposa Minervina, Constantino casa com Fausta, a filha do ex-imperador romano Maximiano;
  • 627 — Início da Batalha da Trincheira, o cerco a Medina por parte dos inimigos de Maomé;

  • 1146 — Bernardo de Claraval prega seu famoso sermão em um campo de Vézelay, ressaltando a necessidade de empreender uma Segunda Cruzada. Luís VII está presente e se junta aos cruzados;

  • 1371 — Celebrado o Tratado de Alcoutim entre os reis D. Fernando e D. Henrique II de Castela, onde o soberano de Portugal compromete-se a manter boas relações com o rei de França;

  • 1492 — Os Reis Católicos, Fernando e Isabel, assinam o decreto de Alhambra ordenando a expulsão de todos os judeus da Espanha a menos que eles se convertessem ao Catolicismo;

  • 1774 — Guerra da Independência dos Estados Unidos: o Reino da Grã-Bretanha ordena que o porto de Boston, Massachusetts seja fechado;

  • Continua…

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo