Proclamação da República…

InfoEscola A Proclamação da República Brasileira aconteceu no dia 15 de novembro de 1889. Resultado de um levante político-militar que deu inicio à República Federativa Presidencialista. Fica marcada a figura de Marechal Deodoro da Fonseca como Leia mais »

Júnior de Dezim esclarece sua saída da chapa para a eleição da Câmara Municipal de João Alfredo…

A propósito da matéria publicada neste blog acerca da movimentação em torno da eleição para a renovação da mesa diretora da Câmara Municipal de João Alfredo, biênio 2019/2020, o vereador Júnior de Leia mais »

Cuba abandona programa Mais Médicos após declarações de Bolsonaro…

Veja O governo de Cuba informou nesta quarta-feira que está saindo do programa Mais Médicos devido às declarações “ameaçadoras e depreciativas” do presidente eleito Jair Bolsonaro, que anunciou mudanças “inaceitáveis” ao projeto governamental. O país caribenho tomou a Leia mais »

Decisão Futsal sub-14: Náutico x João Alfredo…

O esporte no município de João Alfredo tem crescido a cada dia. E o trabalho com as categorias de base tem sido um diferencial. O exemplo maior está na Seleção de Futsal Leia mais »

Diogo Prado tem recurso negado e perde cadeira de vereador em Carpina…

O vereador carpinense Diogo Prado (PSC) teve recurso negado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) na manhã dessa quarta (14). O parlamentar, que teve o mandato cassado pelo TRE por infidelidade Leia mais »

Monthly Archives: agosto 2018

Fragmento Bíblico…

Jarbas recebe apoio do Pastor Eurico…

Na manhã de hoje, o deputado federal e candidato ao Senado pela Frente Popular, Jarbas Vasconcelos (MDB), recebeu o apoio do Pastor Eurico (Patriotas), deputado federal e candidato à reeleição. “Fico muito feliz de poder ter ao meu lado uma pessoa com os valores e a trajetória do Pastor Eurico. Trabalhei ao lado dele nos últimos três anos e meio na Câmara Federal e vi de perto seu comprometimento e sua determinação em brigar por mais recursos e investimentos para Pernambuco”, disse Jarbas.

“Apoiar um homem com a trajetória de Jarbas, um político ficha limpa e que sempre honrou Pernambuco, é motivo de muita felicidade para mim. Vamos trabalhar com muita determinação, juntos, nessa eleição”, complementou o Pastor. (Magno Martins)

Entenda o que pode acontecer hoje com Lula no TSE…

O Globo

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, convocou para sexta-feira uma sessão extraordinária. A pauta oficial ainda não foi divulgada, mas ministros da Corte ouvidos pelo GLOBO informaram que, na ocasião, deverá ser julgado um pedido de liminar para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT ao Palácio do Planalto, seja impedido de participar do horário eleitoral. Há também rumores de que o tribunal aproveitaria para decidir sobre o registro de candidatura do petista.

Normalmente, a Corte se reúne nas terças e quintas-feiras. A convocação de sessões extraordinárias é rara. Entenda o que pode acontecer com o ex-presidente.

O que o TSE pode julgar na sessão de sexta-feira?

Ainda não há confirmação do tribunal, mas ministros da Corte informaram que poderá ser julgado o pedido de liminar para que o ex-presidente Lula seja impedido de participar do horário eleitoral gratuito, de fazer qualquer tipo de campanha e de participar de debates.

Ministros do TSE consideram importante definir logo se Lula poderá ou não participar do horário eleitoral, para que não haja eventual participação indevida do petista. O Horário Eleitoral começa nesta sexta-feira, para os candidatos a governador, e no sábado, para os presidenciáveis.

Quem pediu as liminares?

A Procuradoria-Geral Eleitoral e o partido Novo, logo depois que o PT pediu ao TSE o registro de candidatura de Lula.

A PGR quer que Lula seja impedido de usar dinheiro público na campanha, o que inclui a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV. O Novo quer que o ex-presidente seja proibido de fazer qualquer tipo de propaganda eleitoral, pública ou privada, pelo mesmo motivo.

O pedido de registro de Lula será julgado na sexta-feira?

Não há confirmação do tribunal, mas alguns ministros acreditam que o processo seja julgado na sessão. Nesse caso, os ministros analisariam se Lula pode ser candidato. Houve 17 impugnações contra a candidatura de Lula. Por lei, o prazo para a defesa se manifestar terminou nesta quinta-feira. A lei ainda define prazos para a produção de provas e alegações finais do candidato e do Ministério Público Eleitoral. No entanto, se considerar essas etapas desnecessárias, o relator, ministro Luís Roberto Barroso, pode considerar que o processo está pronto para ser julgado já na sessão de sexta-feira.

Por que os ministros julgariam o pedido de registro nessa sessão extraordiária?

Antes mesmo do PT ter apresentado o pedido de registro de Lula, ministros do TSE já diziam, nos bastidores, que estavam empenhados em definir ainda em agosto a situação do ex-presidente. O objetivo é evitar que o horário eleitoral gratuito no rádio e na TV comece com o quadro de candidatos indefinido. Para ministros do TSE, o processo eleitoral ficará conturbado se o petista aparecer no rádio e na TV pedindo votos – já que, ao final, ele será impedido de disputar a Presidência da República.

Qual a tendência para o resultado?

O TSE deve impedir o petista de concorrer com base na Lei da Ficha Limpa, que proíbe a candidatura de réus condenados por um tribunal de segunda instância. Lula foi condenado no caso do tríplex no Guarujá pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região.

O PT pode ficar sem a propaganda na TV?

Se a candidatura de Lula não for substituída pela de Haddad imediatamente, a Justiça Eleitoral entende que o partido não tem candidato. Com isso, o tempo do PT seria dividido por outros partidos, até a apresentação formal da candidatura de Haddad perante o TSE.

Lula vai poder aparecer no horário eleitoral se candidatura for cassada?

Se for declarado inelegível, o ex-presidente poderá ter sua imagem explorada no horário eleitoral por seu provável substituto, o atual candidato a vice, Fernando Haddad. Não há na legislação qualquer restrição ao uso da figura de um candidato inelegível na campanha de seu substituto.

A participação de Lula no programa de Haddad pode ser limitada?

Como esta é a primeira eleição geral sob a vigência da minirreforma eleitoral de 2015, não há clareza ainda sobre como o TSE vai se posicionar. Isso deve ocorrer somente depois que o tribunal for provocado a respeito. Na eleição municipal de 2016, alguns juízes e Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) interpretaram que as manifestações de apoio ao candidato devem ser limitadas a 25% do tempo de propaganda.

O que diz a defesa de Lula?

Na manifestação entregue ao TSE, os advogados de Lula insistem na tese de que o Brasil deve cumprir a recomendação do Comitê de Direitos Humanos da Organização da Nações Unidas (ONU) para que ele possa ser candidato na eleição presidencial deste ano. De acordo com a defesa, o ex-presidente é inocente e foi condenado sem provas, somente com base em delações premiadas.

Como será a decisão do plenário do TSE?

A decisão do TSE sobre o futuro de Lula será tomada por maioria de votos. O plenário do TSE tem sete ministros. São três oriundos do STF: a presidente Rosa Weber, o relator da Lava-Jato, Edson Fachin, e o ministro Luís Roberto Barroso; dois vindos do Superior Tribunal de Justiça (STJ): Napoleão Nunes Maia Filho e Jorge Mussi; e dois da advocacia: Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira.

A decisãode impedir a candidatura de Lula tem efeito imediato?

Há dúvidas quanto a isso. O TSE costumava esperar que a parte perdedora apresentasse um tipo de recurso chamado embargos de declaração para, somente depois desse segundo julgamento, aplicar sua decisão. Mas o tribunal — nos julgamentos recentes que cassaram os mandatos dos governadores do Amazonas e do Tocantins — os afastou dos cargos já após a primeira decisão do plenário.

O que Lula pode fazer se o TSE impedir sua candidatura?

Além dos embargos no TSE, pode apresentar recurso ao STF. Para isso, é preciso que alegue alguma questão constitucional. Mas só a apresentação de recurso ao STF não muda a decisão do TSE. É preciso que o STF dê uma liminar com efeito suspensivo, ou seja, invalidando os efeitos da decisão do TSE até o julgamento definitivo do pedido.

O que ocorre se TSE liberar o registro de Lula?

Ele poderá ser candidato e disputar a eleição. Da mesma forma que Lula numa eventual derrota no TSE, o Ministério Público Eleitoral (MPE) ou seus adversários ainda poderão apresentar recurso ao próprio TSE e, depois, ao STF.

Lula vai poder fazer campanha?

A legislação eleitoral diz que, enquanto não houver uma decisão da Justiça Eleitoral barrando uma candidatura, qualquer um pode fazer campanha.

Uma vez Lula barrado, o que ocorre?

O PT tem que escolher outro candidato para seu lugar. O substituto natural é Fernando Haddad, registrado como vice na chapa. A troca tem que ocorrer até 17 de setembro, 20 dias antes da eleição.

Guia eleitoral tem que emocionar para convencer o eleitor …

Começa nesta sexta-feira a propaganda eleitoral na TV e no rádio para governador e temos sete candidaturas postas, com Paulo Câmara, Armando Monteiro, Julio Lossio e Maurício Rands como os principais candidatos. Pernambuco vivencia um período atípico na nossa história, pois é a primeira vez que um grupo político tem doze anos ininterruptos de governo e que poderá chegar a dezesseis.

Outro fator interessante é que os dois governadores reeleitos em Pernambuco enfrentaram adversários diferentes, Jarbas Vasconcelos em 1998 derrotou Miguel Arraes, em 2002 Humberto Costa, enquanto Eduardo Campos derrotou Mendonça Filho em 2006 e Jarbas Vasconcelos em 2010 na sua reeleição. Pela primeira vez teremos a reedição de uma disputa pelo Palácio do Campo das Princesas.

Na busca pela reeleição, Paulo Câmara tem 5 minutos e 8 segundos de guia eleitoral, o dobro de Armando Monteiro, que tem 2 minutos e 40 segundos, e mais do que a soma de todos os candidatos a governador. Historicamente, os candidatos com maior tempo de televisão venceram a disputa em Pernambuco, com o ponto fora da curva de Eduardo Campos em 2006, que acabou vitorioso tendo o terceiro maior tempo dentre os principais nomes.

Naquela ocasião, Eduardo soube se comunicar de forma eficiente, levando suas propostas, mas principalmente mostrando emoção ao eleitor, apresentando uma esperança que contagiou eleitores do interior e depois da capital, fazendo o caminho inverso do estado construindo uma vitória do Sertão ao litoral.

O que irá permitir a oposição contrapor o favoritismo de Paulo Câmara será uma comunicação eficiente que leve esperança, que apresente clima de vitória, de sucesso e sobretudo de mudança. O eleitor só fará a opção pela oposição se enxergar no projeto oposicionista uma narrativa inteligente que faça o eleitor refletir e sinta confiança em mudar para uma alternativa que represente uma guinada para melhor.

Se o guia eleitoral for burocrático, sem propostas e sem emoção, será difícil para a oposição virar o jogo que neste momento se inicia favorável a Paulo Câmara que lidera todos os levantamentos divulgados até a presente data. Que comece o jogo, porque agora será vital para determinar o vitorioso na eleição rumo ao Palácio do Campo das Princesas. (Edmar Lyra)

Eriberto Medeiros disputará reeleição para deputado estadual…

O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Eriberto Medeiros, que havia registrado a sua candidatura para deputado federal, decidiu que será candidato a deputado estadual. Ele atendeu apelo de colegas, do seu partido e dos seus eleitores, que acreditam que o melhor caminho para a sua atuação política é seguir na Assembleia Legislativa de Pernambuco.

Hoje:

31 de agosto é o 243.º dia do ano no calendário gregoriano (244.º em anos bissextos). Faltam 122 para acabar o ano.

  • 1763 – Transferência da capital do Vice-Reino do Brasil de Salvador para o Rio de Janeiro.

  • 1888 – Primeiro assassinato atribuído a Jack o Estripador, em Londres.

  • 1915 – Primeira Guerra Mundial: Alemanha e Áustria dividem a Polônia em dois distritos: Varsóvia para a Alemanha e Kielce para os austríacos.

  • 1944 – Segunda Guerra Mundial: as tropas russas entram em Bucareste.

  • 1946 – Nascimento do Jornalismo literário.

  • 1951 – Surge o primeiro long-play (LP), apresentado pela empresa alemã Deutsche Grammophon.

  • 1957 – A Malásia declara sua independência.

  • 1962 – Trinidad e Tobago alcança independência do Reino Unido.

  • 1963 – Singapura declara a sua independência do Reino Unido.

  • 1980 – O sindicato polonês Solidariedade é formado.

  • 1990 – O tratado de unificação das duas repúblicas alemãs é assinado em Berlim.

  • 1991

    • Quirguistão alcança independência da União Soviética.

    • O Uzbequistão declara independência da União Soviética e passa a integrar a Comunidade dos Estados Independentes (CEI).

  • 1999 – Queda do voo LAPA 3142 da companhia aérea argentina LAPA, resultando em 65 mortes e ferindo 17 pessoas.

  • 2016 – Após tramitação de seu processo de impedimento, Dilma Rousseff é definitivamente afastada da presidência do Brasil.

Reflexão do dia…

Fragmento Bíblico…

Após 35 anos de mandatos, Cadoca desiste de disputar eleição em 2018…

Informei, há pouco, ao amigo Augusto Coutinho, presidente do Solidariedade, a decisão de não disputar este ano. Saio da eleição, sigo na política. Estaremos juntos na campanha para fortalecer o partido.

Pela primeira vez, depois de 35 anos de mandatos consecutivos, não disputarei nenhum cargo nas eleições 2018.

Mesmo tendo registrado a candidatura, dentro do prazo legal, e seguindo todos os trâmites através do Solidariedade (SD), meu partido, tomei a decisão de não concorrer.

Saio apenas da eleição. Sigo firme na atividade política, com ou sem mandato. Desde a época de estudante, na Faculdade de Direito do Recife, essa atividade sempre fez parte da minha vida e da minha história.

Vou me engajar na campanha para fortalecer o partido, apoiando a recondução do deputado Augusto Coutinho à Câmara Federal e a dos demais companheiros aos respectivos cargos.

Desisti de concorrer por motivos pragmáticos. A Reforma Política, pela metade, que foi feita cheia de remendos, é nociva e limita a competitividade.

Já houve alguns avanços, mas não o suficiente para eliminar, de uma vez por todas, vícios e reduzir custos em patamares aceitáveis.

No tempo em que estive no mandato de deputado federal, de 1999 a 2018, fui um defensor de uma transformação ampla no sistema político brasileiro, que considero exaurido e carente de uma ampla reestruturação.

Defendi e defendo o financiamento público exclusivo e o voto em lista flexível, o que permite, sem nenhuma dúvida, o fortalecimento dos partidos, na minha opinião um grande instrumento da política.

Mais uma vez, entretanto, o pragmatismo que impera no Congresso não possibilitou que tais propostas avançassem.

Infelizmente, não vejo para um futuro próximo perspectivas de mudanças efetivas, viabilizando a inovação necessária. Mas esse tema precisa ser enfrentado. É urgente!

Agradeço a todos os pernambucanos que me prestigiaram ao longo dos anos com o voto e a confiança. Vamos continuar nos encontrando, conversando, trocando ideias e contribuindo para mudar o Brasil.

Precisamos, afinal de contas, estar mais unidos do que nunca – pela importância crucial que se reveste as eleições deste ano.

O voto é um instrumento importantíssimo da democracia. Por mais decepções que o País tenha tido – em meio a uma onda de escândalos sem precedentes – não podemos nem devemos abrir mão dele.

É fundamental votar consciente, sendo cuidadoso na escolha de seus representantes. A tecnologia é uma aliada importantíssima para pesquisar a vida dos candidatos, saber o que pensam e o que defendem. A gente não pode, de forma alguma, abrir mão de um direito tão precioso. Vamos votar!!

Carlos Eduardo Cadoca

Audiência do JN: Ciro bateu Bolsonaro…

O Jornal Nacional marcou 31 pontos de audiência na Grande São Paulo na terça (28), quando entrevistou Bolsonaro. O número é menor do que o registrado na segunda (27), quando o telejornal fez sabatina com Ciro Gomes (PDT) e marcou 32 pontos, mesma média das quatro terças anteriores. 

No Rio, o JN de terça (28) chegou a 37 pontos, contra 35 pontos na segunda (27). Os números são da Kantar/Ibope. Em SP, cada ponto representa cerca de 201 mil pessoas. No Rio, em torno de 118 mil.  

No YouTube, o vídeo contendo a entrevista de Bolsonaro ao JN mais assistido registrava 1,5 milhões de visualizações 16 horas após a sua inclusão na plataforma. O mais acessado de Ciro contabilizava 732 mil visualizações passado um dia de sua transmissão ao vivo na Globo.  (Mônica Bergamo – FSP)

Surubim: Ricardo Costa e Marília Arraes formam dobradinha…

O deputado estadual e candidato à reeleição pelo PP, Ricardo Costa, anunciou a sua dobradinha com a vereadora do Recife e candidata à Câmara Federal pelo PT, Marília Arraes, no município de Surubim, no Agreste. Ambos os candidatos têm o apoio da vereadora Anabel Negromonte, que comanda um experiente grupo político na região.

Com a dobradinha em Surubim, Ricardo Costa consolida mais votos na cidade onde tem uma expressiva atuação. Já Marília, abre mais um forte espaço de votos. (Magno Martins)

Paulo Câmara: “Nosso lado está claro. É a favor do povo e de Lula”…

De volta à Zona da Mata Sul para mais duas edições do Prosa Política, a Caravana da Frente Popular de Pernambuco visitou, na noite desta quarta-feira (29), os municípios de Xexéu e Palmares. Recebido com carinho e entusiasmo pela população da região, o governador e candidato à reeleição Paulo Câmara (PSB) garantiu que não deixará o caminho do atraso chegar ao Estado, assim como ocorreu no Brasil sob o comando do presidente Michel Temer. Aos moradores do município, o líder socialista disse que vai continuar ao lado do povo, como sempre aconteceu com a Frente Popular. A candidata a vice-governadora Luciana Santos (PCdoB), os postulantes ao Senado, Humberto Costa (PT) e Jarbas Vasconcelos (MDB), além dos proporcionais Raul Henry (MSB/federal) e Clodoaldo Magalhães (PSB/estadual), acompanharam as agendas.

“A gente tem um lado muito claro a favor do povo, o lado do presidente Lula, que está no nosso palanque, nos apoia, quer continuar a ajudar Pernambuco como ele ajudou lá atrás com Eduardo Campos. Eu tenho certeza que o presidente Lula conhece o Nordeste, conhece Pernambuco, conhece o problema do povo, vai continuar a fazer parcerias que sejam efetivamente a favor do povo de Pernambuco. Não como quer fazer esse presidente que está aí: diz que manda dinheiro e não manda, diz que ajuda e não ajuda, diz que não persegue, mas persegue todo dia. Persegue porque sabe muito bem que a gente não vai abaixar a cabeça para governo ruim, para governo que prejudica o povo”, enfatizou o líder socialista.

Ao público da região, Paulo destacou que o compromisso da Frente Popular é trabalhar por um Pernambuco melhor e poder mudar a realidade de uma crise que não começou no Estado, mas foi provocada nacionalmente.  “Vamos fazer com que as coisas erradas sejam mudadas para que esse presidente que está lá possa se despedir. Temos consciência do nosso papel, por isso Pernambuco tem lado, o governador Paulo Câmara tem lado, os senadores Humberto e Jarbas têm lado e vamos trabalhar ao lado do povo. E o lado de lá, vocês sabem quem são as pessoas que estão do lado de lá, a turma do Temer está toda lá. A turma do Temer quer fazer em Pernambuco o que fizeram no Brasil, mas a gente não vai deixar”, cravou Paulo Câmara.

O senador Humberto Costa também destacou a tentativa da oposição de colar a imagem de Paulo Câmara à de Temer, destacando que a oposição recorre a todo tipo de política para prejudicar a imagem da Frente Popular. “Vejam como esse presidente é odiado no Brasil. Em vez de dizer que quem está com ele, Temer diz que é o adversário quem o apoia. Mas o povo sabe. O palanque de lá tem três ex-ministros de Temer. Nosso palanque é o do trabalho e da unidade”, lembrou.

Jarbas Vasconcelos, por sua vez, falou do compromisso da Frente Popular para fazer Pernambuco continuar avançando e destacou que, mesmo sendo discriminado pelo governo federal, Paulo Câmara nunca deixou de brigar pelos interesses do Estado. “Paulo fez muito e quer fazer mais. Se Pernambuco avançou foi graças a sua bravura e vontade política. Ele, mesmo perseguido, nunca se sentiu sem condições de ir a Brasília lutar por Pernambuco”, frisou.

 Em Xexéu, o prefeito Eudo Magalhães (PSB)  destacou o esforço em manter o Estado de pé num momento de tantas crises e retaliação do governo federal.  “Ele tem dado demonstração da sua responsabilidade. Falta dinheiro, mas não faltam compromissos e ele tem honrado seu trabalho nos quatro cantos do Estado”, pontuou Eudo, que também anunciou a adesão do ex-candidato a prefeito Gel de Marcos (DEM), que disputou a eleição pela oposição. Na ocasião, o democrata declarou que se integra ao projeto socialista em Pernambuco e também na cidade.

Já em Palmares, o prefeito Altair Júnior (MDB) destacou que nesses últimos anos Pernambuco conseguiu se destacar dos demais estados do País em virtude da capacidade de Paulo Câmara. “Diante de tantas dificuldades e de estados que não conseguem pagar sua folha, Pernambuco consegue manter estado de pé”, comentou, lembrando ainda que é preciso eleger Humberto Costa e Jarbas Vasconcelos para ajudar Paulo a gerir no segundo mandato.

Também participaram das agendas o prefeitos de Ribeirão, Marcelo Maranhão, e os ex-prefeitos Enoelino Magalhães (Palmares) e João Carvalho (Joaquim Nabuco). (Edmar Lyra)

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo